Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

O SIMPLISMO DO ATAQUE AOS DIREITOS HUMANOS


Willian Deyvson Braga Galdino*

Diante da cada vez maior falta de bom senso por parte daqueles que usam as redes sociais, venho me abstendo de tecer quaisquer comentários acerca de temas polêmicos.
No entanto, hoje resolvi sair um pouco desta linha, e me ater ao recrudescimento por parte de algumas pessoas, que motivadas pela onda de insegurança que vivenciamos em nosso país, atacam as organizações que promovem a execução da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Pois bem, se os amigos antes de teclarem baboseiras se ativessem a estudar a história mundial, saberiam que os dirigentes das nações que emergiram como potências no período pós-guerra, liderados por Estados Unidos e União Soviética, estabeleceram, na Conferência de Yalta, em 1945, as bases de uma futura paz mundial, para evitar guerras e promover a paz e a democracia, e fortalecer os Direitos Humanos.
E por que fortalecer os direitos humanos? Simples, porque aproximadamente 6.000.000 milhões de pessoas foram brutalmente torturadas e assassinadas em campos de extermínio, por terem cometido o "crime" de nascerem judias, ciganas, eslavas, homossexuais. Seis milhões de pessoas, covardemente exterminadas, sem direito a defesa, e que muitas vezes, encontraram na morte o repouso para seu sofrimento.
Então amigos, não confundam a defesa de um seu conhecido esquerdista maconheiro a preservação da integridade física de um criminoso, com a defesa de "direitos humanos". Ao criminoso a aplicação correta da lei, não mais que isso.
E para terminar, não consigo me imaginar votando em um "palhaço" (que me desculpem os profissionais circenses), que para todos os problemas do país aponta a necessidade do uso da truculência e do desenfreado armamentismo. Um Presidente da República deve unir a nação, combater as mazelas econômicas e sociais, e não viver de frases feitas e idéias alucinadas.

P.S: Perdão pela foto utilizada no texto.

*Willian Deyvson é advogado e atua profissionalmente na Prefeitura de Lajedo.

2 comentários:

  1. Ele pediu para não falar baboseira e foi só o que escreveu nesse textículo.

    ResponderExcluir
  2. Meu Caro Willian Galdino: - A foto é bem ilustrativa da infelicidade que as vítimas do nazismo e do fascismo sofreram... E ao fim, restaram mortas pela brutalidade de bestas-feras, como Hitler, Mussolini & Cia. - Quem sabe, como você bem frisou, mortas, pondo fim a um sofrimento terrível. – 2. Não tem por que você pedir desculpas pela ilustração! - Quanto a pedir desculpa aos palhaços profissionais, isso é bem cabível, sempre que se faz essa comparação! – 3. Eu não consigo entender como alguém tem a insanidade de aplaudir um réptil nocivo como o tal do Bolsonaro (ou Bolsordinário)! - Só alguém igual a esse traste Bolsordinário é capaz de pregar o voto em favor de um réptil tão rasteiro! - PARABÉNS pelo texto! - É ISSO! /.

    ResponderExcluir