Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quarta-feira, 19 de julho de 2017

EVENTO "CANGACEIRO" MOVIMENTA EXU NO FIM DE SEMANA

Por Junior Almeida

Começa a partir de quinta feira (21), e vai até domingo (23) o maior evento do país que trata dos temas cangaço, messianismo, coronelismo e assuntos ligados ao Nordeste. Exu, terra natal do Rei do Baião e Serrita, berço do vaqueiro Raimundo Jacó, primo de Luiz Gonzaga e homenageado na tradicional Missa do Vaqueiro, recebem durante quatro dias a 18a Edição do Cariri Cangaço, que com mais esse evento chega a sua 21a cidade sede.

Já estão confirmados mais 250 pesquisadores de 14 estados do Brasil, e o público esperado nos quatro dias de evento é de 4 mil pessoas, isso sem contar com o público de 70 mil pessoas esperadas na tradicional festa que homenageia o vaqueiro Raimundo Jacó. Todos os hotéis e pousadas de Exu municípios vizinhos estão com lotação esgotada. O blog ouviu a dona de uma pousada da “terra de Gonzaga”, que se mostrou muito animada com o evento, lembrando que desde março que pessoas de vários lugares do Brasil já tinham entrado em contato para reservar vaga em seu estabelecimento.

Comerciantes das duas cidades já se preparam para receber os turistas e pesquisadores, pois sabem que os visitantes ao participarem dos eventos literários e culturais, vão deixar um bom dinheiro nos bares, restaurantes e todo tipo de comércio local.

O advogado cearense, Manoel Severo Barbosa, curador do Cariri Cangaço, não esconde a satisfação de estar à frente de um evento tão grandioso e tão importante para a cultura nordestina, e se arrisca a dizer que em Exu e Serrita “nunca houve um evento que reunisse temáticas tão fortes, como cangaço, Luiz Gonzaga, Bárbara de Alencar, aboio, Raimundo Jacó e Missa do Vaqueiro.

Severo diz ainda, que assim como Exu e Serrita, que com esse evento cultural literário vão ter os seus fatos “revelados”, ao grande público, muitas cidades do Nordeste têm muitas histórias interessantes que precisam ser conhecidas por mais e mais pessoas.


Em Pernambuco mesmo, a região do Agreste Meridional, nós temos Garanhuns com a hecatombe, temos Serrinha do Catimbau, onde Lampião atacou, ou mesmo Bom Conselho e Águas Belas, que eram nos tempos do cangaço, pouso seguro de Virgulino e seus cabras. Precisamos contar isso as pessoas, aos mais novos. Disse Severo Barbosa.

A programação completa do evento você acessa aqui

*Fotos: 1- Pesquisador Lourinaldo Teles, de Calumbi -PE; 2- Logomarca do evento; 3- Helena Câncio, da Fundação padre João Câncio e Severo Barbosa, curador do Cariri Cangaço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário