Festival Viva Dominguinhos

Festival Viva Dominguinhos
A valorização da música regional

quinta-feira, 6 de abril de 2017

MAIORIA DOS INTERNAUTAS APOIA ATITUDE DE IZAÍAS

Izaías numa audiência com o governador Paulo Câmara

A decisão do prefeito Izaías Régis (PTB) de não estar presente na chegada do governador Paulo Câmara (PSB) a Garanhuns, nesta quinta-feira, incendiou os debates nas ruas e nas redes sociais.

Nos principais grupos do face de Garanhuns, dezenas de moradores da cidade fazem questão de dar sua opinião. Alguns criticam o gestor, mas a grande maioria apoia sua decisão, considerando que o socialista em mais de dois anos de mandato fez muito pouco pela cidade.

“Discordo da atitude do nosso gestor,  porque devemos fazer o diferente. Um gestor do município o outro estadual, bom seria ele fazer diferente e não se omitir em receber”, opinou Auxiliadora Siqueira.

Já Mourinha do Forró, conhecido cantor e músico da cidade aplaudiu a atitude de Izaías.  “Muito bem prefeito, tá certo o senhor. Esse governador tá acabando nosso estado", comentou,

“Isso é o mínimo que ele pode fazer. Tá certo prefeito!",  avaliou André Carvalho.  

A garanhuense Ana Flávia Gomes pegou pesado: “Muito bem, esse belo governador não tem o que fazer aqui. Ou melhor, veio ver as belas m*** que ele fez, por nós pelo amor de Deus, o fato é que as eleições estão chegando aí tem que colocar as promessas em prática pra nunca cumprir...”

Segundo o jornalista Magno Martins, o prefeito de Garanhuns não vai estar com o governador porque aqui na cidade ele vai prestigiar os principais adversários políticos do PTB.

É importante lembrar também que Izaías Régis foi reeleito com 70% dos votos e pesquisa recente feita em todo Estado mostra que Paulo Câmara é reprovado por 74% dos eleitores. Se for candidato no próximo ano, hoje conta com apenas 6% das intenções de voto, atrás de Armando Monteiro (22%) e Mendonça Filho (12%).

Se em Pernambuco a desaprovação a Câmara é de 74%, em Garanhuns é muito maior. Talvez semelhante a do Recife ou da região de Petrolina, que ficou na faixa dos 90%.

Pragmático, Izaías sabe que não tem nada a perder ao se distanciar de Paulo Câmara, um governador que definitivamente não está agradando.


A população de Garanhuns, que não gosta de gente subserviente, em sua maioria parece estar ao lado do prefeito com relação a atitude tomada de não receber o socialista.

Um comentário:

  1. ESSA ATITUDE DO PREFEITO DE NÃO RECEBER O GOVERNADOR POR QUESTÕES PARTIDÁRIAS E DE CUNHO PESSOAL, INFELIZMENTE, DEMONSTRA QUE É UM PREFEITO QUE NÃO ESTAR A ALTURA DE GARANHUNS.

    ResponderExcluir