Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

ASSEMBLEIA DE DEUS PROÍBE JOVENS DE NAMORAR

Um documento redigido pela Igreja Assembleia de Deus de Pernambuco chama atenção por um trecho no qual decreta que os jovens não estão "autorizados" a namorar. O documento é assinado pelo pastor Ailton José Alves e pela coordenação do Departamento Adolescente da igreja.

Uma foto que mostra o trecho em questão tem circulado nas redes sociais e gerado polêmica. Enquanto alguns defendem que o texto não é verdadeiro, outros questionam até que ponto vai o poder da igreja nesse campo pessoal. Procurada para esclarecer a questão, a assessoria de comunicação da Assembleia de Deus de Pernambuco confirmou que o documento existe, mas disse que não irá se pronunciar sobre a proibição.

O texto que se destaca e tem gerado discussões diz o seguinte: "Adolescentes componentes da união, NÃO ESTÃO AUTORIZADOS A NAMORAR. Os que insistirem devem ser encaminhados ao Presbítero e ao Coordenador da área que já estão devidamente orientadas como proceder".
Documento da Assembleia de Deus

Igreja diz que usou o termo errado - Através de sua assessoria, a Assembleia explicou apenas que o uso do termo "não estão autorizados" foi usado de maneira incorreta. O correto, para eles, seria afirmar que os jovens devem ser desaconselhados a namorar com o intuito de evitar situações de promiscuidade, ou até mesmo uma gravidez indesejada.

Outro esclarecimento é que o documento não é distribuído aos fiéis da igreja. Ele é de uso interno e tido como base para orientar pais que estejam notando um comportamento inadequado de seus filhos. Tais orientações, por exemplo, são mais comuns em tempos de grandes festividades ­ como o Carnaval como forma de alerta para as possíveis "tentações.


Fontes: NE.10/ http://www.pulpitocristao.com (texto e foto)

5 comentários:

  1. José Fernandes Costa15 de fevereiro de 2017 20:57

    Essas igrejas são mais sujas do poleiro do pato!! - E ainda vêm querer dizer quem deve ou não namorar... - NÃO é desse modo que lidamos com adolescentes... - Quando um casal de jovem decide transar, pouco lhe interessa opiniões de igrejas... Ainda mais porque pastores em geral não têm qualquer autoridade pra impor comportamentos, que eles são os primeiros a descumprir... Falar é uma coisa... A prática é outra bem diferente... - E as histórias que conheço das igrejas NÃO são exemplos de coisa nenhuma... - NEM evangélicos, NEM católicos... Ponho todos numa peneira e, ao peneirar, NADA se aproveita.... 2. São mínimas as exceções !! /.


    ResponderExcluir
  2. DEVE-SE fazer o que? Se não namorar eles irão fazer o que? Este pastor ele é ENDEUSADO pelos fieis desta igreja. Só se fala o nome dele na rádio que pertence a esta comunidade. Talvez ele queira fazer feito muçulmano quando o filho ou a filha nascem já é escolhido o companheiro. Vamos devagar que a vida não é bela e colocar mais dificuldade... é um absurdo.
    Jonas feliciano

    ResponderExcluir
  3. concodo com o pastor Ailton, O ADOLESENTE NÃO ESTA PREPARADO DEVIDO A IDADE No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei 8.069, de 1990, considera criança a pessoa até 12 anos de idade

    ResponderExcluir
  4. No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei 8.069, de 1990, considera criança a pessoa até 12 anos de idade

    ResponderExcluir
  5. No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei 8.069, de 1990, considera criança a pessoa até 12 anos de idade incompletos e define a adolescência como a faixa etária de 12 a 18 anos de idade (artigo 2o), e, em casos excepcionais e quando disposto na lei, o estatuto é aplicável até os 21 anos de idade

    ResponderExcluir