Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

MARCOS PATRIOTA DARÁ CHOQUE DE GESTÃO EM JUPI

Marcos Patriota é um empresário bem sucedido na área da construção e chegou aonde está graças a muito trabalho e vocação para os negócios. Este ano, disputou um cargo político pela primeira vez e estreou bem, se elegendo prefeito de Jupi com 5.503 votos (59,32%), contra 3.774 (40,68%) de Edjânia, sobrinha da atual governante do município, Celina Brito.

Filiado ao DEM, Marcos teve na vice a ex-primeira dama Rivanda Freire, viúva do ex-prefeito Betinho.

Patriota toma posse como prefeito no próximo domingo, dia 1º, às 17h. Antes, às 15h, será celebrada uma missa na Igreja Matriz, com sua participação.

À noite, na Praça do Rosário, show para a população do município e cidades vizinhas com Fulô do Mandacaru, Matheus Moraes e Forró Vumbora.

Em entrevista exclusiva ao blog, o democrata disse como está a situação do município que vai administrar e revelou as prioridades de sua gestão. Confira.

R.A. – Qual é a situação do município de Jupi no momento?

PATRIOTA – A Previdência Municipal está quebrada, com zero em caixa para pagamento dos aposentados. Quanto ao salário de dezembro dos servidores e débitos com fornecedores espero que a prefeita honre os compromissos. Mas só vou saber a real situação quando assumir o mandato.

R. A. – Como estão os setores de Educação e Saúde, tão importantes para qualquer município?

PATRIOTA – A saúde não existe, o povo está desassistido nesse setor. A educação também não está lá essas coisas, tanto que o município perdeu muitos alunos para outras cidades. Vamos investir nos professores, ofertar capacitação e oferecer melhores condições de trabalho.

R.A. – Já que existem esses problemas o que o Sr. irá fazer? Terá de tomar alguma medida de impacto?

PATRIOTA – Sim. Terei que entrar tomando medidas para equacionar as questões mais graves. Vamos precisar contratar, fazer a saúde funcionar, colocando médicos para atender as pessoas. Tentaremos trazer água da Compesa para Jupi. Há oito anos que a cidade não é abastecida pela companhia estatal.

R.A – E a segurança pública? Jupi também sofre os problemas de violência que atingem muitas cidades de Pernambuco?

PATRIOTA – O problema da violência também é preocupante em nosso município. Vamos precisar conversar com o governador Paulo Câmara e pedir maior efetivo policial. Como prefeito vou agir instalando câmeras de monitoramento. É preciso dar segurança as pessoas porque a verdade é que hoje muitos vivem um clima de medo.

R.A. – O Sr. é jovem, bem sucedido como empresário e deve estar pensando em fazer a diferença como prefeito... Talvez queira até ir mais longe na política...


PATRIOTA – Vou trabalhar para arrumar a cidade de Jupi, deixar o município com todos os setores funcionando,  em benefício da população. Queremos planejar as ações, dar um choque de gestão e quem sabe fazer uma administração modelo. Vamos procurar, eu,  a vice-prefeita e equipe dar o bom exemplo e cumprir os compromissos assumidos na campanha. Vamos nos espelhar nos bons gestores, como Izaías Régis e Armando,  que se revelaram bons administradores em Garanhuns e Caetés.
O cartaz para a festa da posse

Um comentário:

  1. Se a educação está assim "Não lá essas coisas" porque Jupi está em primeiro lugar na educação, no Agreste Meridional, e entre os 159 à nível nacional? Ou não está?

    ResponderExcluir