Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

AQUECIMENTO GLOBAL - O PLANETA EM ALERTA

Por Adelson do Vale

O derretimento das calotas de gelo nos continentes dos oceanos gelados tem uma resposta simples: o aquecimento global! O planeta Terra está em alerta, cientistas e ambientalistas de todo o mundo há muito tempo vem alertando e ao mesmo tempo pressionando os governos a criarem leis que proíbam o uso do carvão e do petróleo nas usinas e indústrias, pois se essas práticas não forem abandonadas, as consequências serão desastrosas.

E, no entanto,  a saída para reduzir o aquecimento global está na busca por uma energia renovável 100% limpa, o sol e o vento podem gerar energia sem agredir o meio ambiente, e se nada for feito pelo nosso planeta há uma grande catástrofe anunciada, e neste caso não tem como ser evitada. Os Continentes Gelados estão derretendo numa rapidez já mais vista em todos os tempos, o nível dos oceanos está subindo rapidamente, e toda região abaixo do nível do mar podem ser invadidas pelas águas dos mares.

Em termos gerais, será necessário a conservação das florestas e replantio nas áreas devastadas e ainda boas práticas para uma agricultura e pecuária moderna sendo adotadas novas tecnologias no campo, para que haja equilíbrio ambiental, quanto a recuperação dos solos compactados pelo pisoteio do gado, e reflorestar as áreas que foram degradadas.

A Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, que ocorreu no Rio de Janeiro no período de 3 a 14 de julho de 1992 e que ficou conhecida por Eco-92, foi uma conferência realizada com Chefes de Estado e organizada pelas Nações Unidas, com o objetivo de debater os problemas ambientais. Após o encontro foi deixado um protocolo de intenções, chamado de Protocolo de Quioto, tendo 8 países se comprometido em reduzir até 50% a emissão de gás poluentes na atmosfera.  Vinte anos depois isso não aconteceu, ficando apenas na intenção.


Depois da Rio-92 outras conferências aconteceram, propostas por desenvolvimento sustentável e ainda energia 100% limpa foram  discutidas, mas pouco ou quase nada foi feito para combater o aquecimento global.

Nenhum comentário:

Postar um comentário