Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

GARANHUNS: VERDE QUE TE QUERO VERDE


Por Altamir Pinheiro

Dentre todos aqueles bons secretários que compõem a equipe de governo do prefeito de Garanhuns, um se destaca com muita propriedade. Trata-se do atuante professor RENATO MATTOS, que há pouco mais de oito meses, comanda a pasta da SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS. Apesar desse tempo exíguo, o colaborador de Izaías Régis, juntamente com vários órgãos e sua equipe de trabalho, juntos, elaboraram um projeto de lei que institui, em definitivo, a política ambiental e o desenvolvimento sustentável para o município de Garanhuns. O projeto confeccionado é arrojado, moderno, bem amarrado no campo da sustentabilidade e muito abrangente. Não é à toa que no seu bojo vem composto com 139 artigos, que respeitando as competências da União e do Estado, irá fixar objetivos e normas básicas para administração da qualidade ambiental, da proteção, controle, desenvolvimento do meio ambiente e melhoria da qualidade de vida de nossa população.

Pois bem!!! Para garantir a preservação do meio ambiente, toda e qualquer atitude conta. A ajuda com a conservação vai desde pequenas ações na sua própria casa até projetos ambientais desenvolvidos pelo poder público ou as chamadas ONG’s. Pela grande importância do meio ambiente para a sobrevivência da nossa região, é necessário que todos tenham a consciência socioambiental e percebam o quanto é fundamental cuidar da natureza. E é por isso que, cada dia mais, empresas, organizações, entidades, prefeitos e grupos de andarilhos que debatem nos parques como o Pau Pombo e  dos Eucaliptos, praças e logradouros do nosso município, se reúnem em prol desta causa. Para se ter uma ideia, basta ver o volume de lixo que tem crescido assustadoramente. Diante deste quadro, cabe a cada um repensar sua participação na preservação do meio em que vivemos e nas possibilidades que temos de reduzir os impactos do nosso dia a dia na natureza. É o momento de pensar globalmente e agir localmente na nossa Garanhuns, pois, por menor que seja a nossa contribuição, ela é fundamental.

No tocante ao Projeto de Lei 063/2015, trabalhado e afeiçoado pela equipe do  secretário RENATO MATTOS, como também  assinado e  encaminhado pelo prefeito Izaías Régis, para apreciação e votação da Câmara de Vereadores, representa avanço das políticas de ordem ambiental instituindo ao município de Garanhuns mecanismo de controle e fiscalização a serem utilizados em prol da causa verde. No projeto, o cardápio está bem variado: consta das licenças obrigatórias para a construção de postos de revenda de combustíveis, inclusive, licenças estas, no caso específico de atividades que utilizem combustíveis sólidos, líquidos ou gasosos para fins comerciais ou de serviço fica obrigatória à manifestação PRÉVIA e autorização por parte da SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS. O leque é vasto para empreendimentos e atividades sujeitos ao licenciamento ambiental, como o beneficiamento de minerais; Fabricação de pilhas e baterias; Secagem e salga de couros e peles; Tratamento, transporte  e disposição de resíduos e tantas outras atividades correlacionadas. Aliás, tratando-se de posto de gasolina, o código ambiental de Garanhuns, coaduna-se muito bem com uma lei de autoria do vereador Gersinho, aprovada na Câmara que reza o seguinte em seu artigo primeiro: “Os postos de venda de derivados de petróleo, de etanol e gás natural, só poderão ser instalados na área urbana do município a uma distância mínima de 1.000(mil) metros de um posto para outro”.


Finalmente, diante das leis ora citadas, esperamos que o poder público do município de Garanhuns cumpra com a sua parte e com o rigor necessário que a causa ambiental exige. Nada de  facilitar as coisas para os compadres, amigos e correligionários. Afinal de contas, o pau que bate em Chico bate em Francisco também...

*Foto: Reproduzida do Blog de Anchieta Gueiros

4 comentários:

  1. tou contigo ALTAMIR tambem sou verde.

    ResponderExcluir
  2. Se Garanhuns ouvisse o altamir e o secretario tambem............. garanhuns seria outra. Com certeza

    ResponderExcluir
  3. Admiro este pensamento "verde" mas acho bem mais necessário pensar em replantio de árvores pois nosso município está sentindo o calor nos últimos dias que também é pela falta de mais árvores e pela derrubada de muitas pela população desinformada, vamos incentivar o plantio de árvores e o cultivo e preservação das já existentes.

    ResponderExcluir