domingo, 19 de julho de 2015

PERNAMBUCANAS FAZEM HISTÓRIA NO PAN-AMERICANO DE TORONTO NO CANADÁ

A nadadora Joanna Maranhão, que antes de começar os jogos de Toronto no Canadá, gravou um contundente vídeo dizendo que não representaria no pan as pessoas que aplaudiam Eduardo Cunha, atitude que levou extremistas de direita a hostilizarem nas redes sociais, conquistou a medalha de bronze na prova 400m medley com um tempo de 4m38s07.

Etiene Medeiros fez mais bonito ainda. conquistou o primeiro ouro feminino do Brasil na natação na prava dos 100 metros costas, com um tempo de 59s61, record da prova, e de quebra ainda ganhou outro nos 50 metros livre.

A sertaneja YaneMarques foi arrasadora neste sábado. A pernambucana, que já havia sido medalha de ouro no Pan de 2007, dominou os eventos disputados no Canadá e levou o bicampeonato do pentatlo moderno - ainda foi medalha de prata em Guadalajara 2011. No total, a atleta brasileira somou 1348 pontos e ficou à frente da mexicana Tamara Vega, com 1347 pontos, ganhadora da prata, mas a modalidade só foi decidida em um fim emocionante

Um comentário:

  1. Quero ver esses mamadores de verbas públicas ganharem alguma medalha é nas olimPiadas do Rio de Janeiro. Eu na qualidade de servidor público recebo meu salário oriundo de verbas públicas, mas faço o máximo, trabalhando até fora de horário, esse povo aí só faz receber rios de dinheiro do governo para aparecer uma vez na vida nas olimPiadas e mesmo assim a maioria deles perdendo e jogando avalanches de verbas públicas pelo ralo.

    ResponderExcluir