SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 21 de julho de 2015

A SEGURANÇA DO FIG PRECISA SER GARANTIDA

O  Festival de Inverno de Garanhuns sempre se caracterizou por ser uma festa marcada pela alegria, pelas apresentações  culturais  e por ser realizado em paz. Lamentável, assim, que na segunda-feira, em plena Praça Mestre Dominguinhos, alguém tenha furado o esquema de segurança do evento e atingido um homem e uma mulher com disparos de arma de fogo.

Ruim para a imagem da cidade e do FIG.

Que a partir de agora a segurança seja ainda maior, que se tenha ainda mais cuidado na revista dos que entram na Praça, para que um fato como esse não volte a se repetir.

Lembro que teve um ano de Festival de Inverno que a Polícia entrou em greve. Mesmo assim os shows aconteceram sem nenhuma anormalidade.

É assim que tem de continuar. Um Festival de Inverno pra cima, sem brigas ou incidentes de qualquer natureza que ponham em risco da vida das pessoas.
A Fundarpe, o Governo do Estado e a Prefeitura do Município que tomem as providências possíveis para apurar o que realmente ocorreu e que a segurança do evento seja realmente garantida.

Numa festa do porte do FIG podem ocorrer fatos como o registrado nesta segunda-feira. Mas cabe às autoridades se antecipar para evitá-los. O povo de Garanhuns e de Pernambuco merece uma resposta urgente e eficaz dos governos.

3 comentários:

  1. Todos os polos precisam de revistas.

    ResponderExcluir
  2. É preciso uma preocupação muito maior com os próximos Festivais, o que aconteceu ontem esvaziou o festival em 5 minutos, foi uma vergonha, eu estava um pouco longe do fato mais foi uma onda de boatos que todos correram e eu fui embora como a maioria das pessoas que estavam ali. Só volto ao Festival quando melhorarem a segurança, foi um caos na hora dos disparos, poderia ter morrido muita gente a li. Neide da Luz Santiago

    ResponderExcluir
  3. A agora vão conseguir impedir demais que alguém entre armado ali dentro! Principalmente quando a atração principal era um corja de traficantes apologistas da criminalidade ídolos de toda a bandidagem do Brasil. Se não quisessem crimes a ocorrência de crimes os primeiros a serem barrados seriam as atrações. É impressionante a ingenuo-imbecilidade de alguém que acha que a policia pode impedir que dentre uma aglomeração gigantesca ninguém entraria armado. Quem é bandido entra armado onde quiser e policia nenhuma vai impedir.

    ResponderExcluir