SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

EM LAJEDO ANIMAIS RECEBEM TRATAMENTO VIP

Nathália Simões, veterinária de Lajedo, visita os animais dos carroceiros da cidade mensalmente. Sua presença e acompanhamento são considerados de extrema importância para manter ativos e com saúde os animais de tração. Assim, a profissional reservou a última sexta-feira para consultadas dos animais novos e veteranos, na sede dos carroceiros do município.
A veterinária ausculta o intestino e pulmões, verificando a existência de catarro e se há necessidade de vitaminas para prevenção de doenças como a babesiose (doença causada pelo carrapato que atinge as células do sangue) se proliferando em toda corrente sanguínea, ocasionando até a morte do animal.
Depois dos diagnósticos em todos os animais, entre burros, cavalos e éguas, Nathália orientou os proprietários e carroceiros a aplicar vitaminas e, em alguns casos, remédios para eliminar os carrapatos, responsáveis prejudiciais à saúde das espécies.
Além desses cuidados, os carroceiros participarão nos próximos dias de uma palestra com estudantes de veterinária da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Na oportunidade receberão orientações, vistoria da saúde dos animais e planejamento para melhorar a alimentação de maneira mais rentável para os carroceiros.
DIA DO FARMACÊUTICO - Dia 20 de janeiro é o Dia Nacional do Farmacêutico, profissional que está presente nos municípios e de grande importância para a saúde. Em Lajedo, foi organizada uma semana de programação para atender o público, começando nesta última segunda-feira, na Central de Abastecimento Farmacêutico – CAF ao lado do Hospital Municipal.

Gestores, enfermeiros, diretores e secretários foram convidados para participar de uma palestra sobre a farmácia básica do SUS, sistema Hórus e sobre a legislação dos medicamentos quanto ao Ministério da Saúde. O ministério e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA fornecem os medicamentos através da legislação municipal e estadual, são os chamados RENAME (Relação Nacional de Medicamentos Essenciais), pelo qual o município fica atento a abrangência dos remédios que pode fornecer ao paciente, sempre através de receita e cartão do SUS. Visto que, nem toda a medicação está dentro da competência do município, o Estado é responsabilizado por esse fornecimento.

Todo município deve obedecer uma lista de medicamentos que é revisada a cada 4 anos pelo Ministério da Saúde, mudando mediante demanda dos medicamentos. Dessa forma, todo medicamento ou curativo só é dispensado pela farmacêutica tanto da CAF, quanto os que saem das ESF – Estratégia Saúde da Família (postos de saúde) através de protocolos fiscalizados pelo Ministério da Saúde, ANVISA e Tribunal de Contas.

Na CAF em Lajedo, duas profissionais são responsáveis pelo fornecimento dos medicamentos. A farmacêutica, Elis Marie está representando Lajedo no evento regional realizado esta semana em Caruaru com os municípios vizinhos.
O atendimento ao público na CAF é feito de segunda a sexta com a profissional Carla, e a outra profissional Elis atende nas segundas, quartas e sextas-feiras. Ultra profissional, Elis atende às segundas, quartas e sextas-feiras. (Da Assessoria de Imprensa). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário