DEMISSÕES EM SÃO BENTO DO UNA

Carla, de São Bento do Una, informa que a Prefeitura fechou o Núcleo de Assistência Jurídica do município, demitiu os funcionários e suspendeu os serviços das pessoas carentes. “O prédio onde funcionava o núcleo o dono já tomou por falta de pagamento e as pastas e documentos das pessoas que eram assistidas foram todas amontoadas no CRAIS”, complementou a são-bentense.

Há notícias também que a prefeita Débora Almeida (PSB) demitiu a única médica que fazia partos em São Bento do Una, Dra. Dea Costa (foto). A profissional publicou o ato no seu Facebook pessoal. Outro médico, Ecio da Silva, também foi afastado.

Após essas demissões o diretor do Hospital Municipal, Dr. Wilky, também entregou o cargo. “Tá o maior rebuliço na cidade por conta dessas demissões”, revelou a nossa fonte.

16 comentários:

  1. Tbm foi fechado o NASF, o SAD, os PSF odontológicos, o ambulatório municipal e muito mais! Desde o mês novembro as farmácias dos PSF e do hospital não são abastecidas! O eletrocardiograma esta para ser fechado pois fazem 14 meses de não pagam os serviços! E são bento melhor a cada dia!

    ResponderExcluir
  2. Foi para isso que os vereadores deram VOTO DE APLAUSO a secretaria de saude?
    Caro vereadores, voto de aplauso se da qd merece!
    Precisa primeiro mostrar servico!

    ResponderExcluir
  3. Caro Roberto, segundo o portal da transparência a divida contraída pela secretária de saúde já chega a quase três milhões de reais!quase a metade do valor recebido por ano do FNS!
    QUEBRARAM A SAUDE DE SAO BENTO!

    ResponderExcluir
  4. Sou morador do santo Afonso e a mais de quatro mede não consigo pegar meu remédio no posto de saude! Já fui três vezes no hospital acompanhando pessoas e nenhuma das vezes conseguimos tomar a bezetassil!
    Falta tudo em nosso município!

    ResponderExcluir
  5. Roberto Almeida, e uma vergonha o que ta acontecendo aqui! Espalharam outdoor na cidade dizendo que SAUDE NAO SE BRINCA, SE INVESTE, só que das palavras para a pratica falta muito! Acabaram com a saude de são bento

    ResponderExcluir
  6. E lamentavel ver a saude de são bento assim! Que saudade de pe aldo!

    ResponderExcluir
  7. Como e que se diz que se investe tanto em saude e são bento só anda p trás! Hj em nosso município morre três vezes mais crianças menores de ano do q na gestão passada! Em que sera q estão investindo?

    ResponderExcluir
  8. Quando não se tem competência dá nisso, ou pior, porém a culpa infelizmente são dos eleitores, apesar de ninguém ter escrito na testa quem é. Sugiro a essa Prefeita vir aqui a Garanhuns, quem sabe ela aprende a Governar sua cidade.

    ResponderExcluir
  9. É assim que os Almeidas agradecem tudo que Sr. Joaquim Costa (pai de Déa e Écio), fez com Zé Almeida, se não fosse sua ajuda, ele não seria o que é hoje. Mas pelo visto eles não sabem o que é retribuição!

    ResponderExcluir
  10. A saúde de São Bento do Una já estava na UTI, agora então o paciente morreu!

    ResponderExcluir
  11. Cadê o Dr. Washington, o Fera, não está vendo isto não¿ Antes da Prefeita vir fazer um estágio em Garanhuns para aprender a governar, primeiro tem que ensinar o eleitor de São Bento do Uma a votar, para escolher melhor os seus governantes!

    ResponderExcluir
  12. A saúde pública brasileira hoje é um caos total.Se o problema fosse somente em São Bento do Una era uma beleza total.

    Estes e outros problemas vem desde dezembro de 2008.Dr. Adib Jatene criou o CMPF, chamado de imposto do cheque, justamente, para tirar a SAÚDE PÚBLICA brasileira da UTI.Na época o PT sem visão do Mundo votou contra.

    Em dezembro de 2008 o PSDB votou contra a sua prorrogação.Na época o PT era a favor. Todos os dois partidos foram irresponsáveis com a Saúde Pública do povo pobre.Foram 40 bilhões anuais retirados da saúde.

    Todas as cidades pequenas e médias estão sentindo essa realidade.Em Garanhuns também não é diferente.Uma nora minha viajou da cidade até Garanhuns e de lá passou por Caruaru e foi parar em Olinda Recife para descansar o seu filhinho.Tudo porque não se tinha leito hospitalar.

    O mais médicos é apenas uma paliativo.Se fosse um grande programa e tivesse o apoio total da população o Ministro da Saúde do Brasil não teria sofrido um derrota tão grande em São Paulo.

    Eu nunca vi um congresso nacional brasileira tão fraco e medíocre. Vamos jogar no colo deles o caos pela SAÚDE PÚBLICA DO BRASIL. Foram eles sim que criaram essas e outras situações.Pelo interior afora a Saúde vai mau sim senhor. Somente em Pernambuco podemos agradecer aos Senadores Marco Maciel, Sérgio Guerra e José Jorge.Faltou apenas 4 votos para a prorrogação da CPMF.

    Somente os prefeitos sabem como é difícil fazer SAÚDE PÚBLICA sem DINHEIRO! Não vamos desistir do Brasil!

    ResponderExcluir
  13. Caro anônimo do dia 29 as 18:14, trabalho na saúde, e conversando há pouco tempo com alguns vereadores sobre este voto dado a secretária de saúde, me responderam que foi bem dado naquele inicio de gestão em que o poder ainda não tinha subido a cabeça, pois pelo menos ela conversava e saudava os funcionário , coisa que o anterior não fazia. E me disse que se fosse hoje não daria mais.

    ResponderExcluir
  14. Além do caos na saúde, São bento vive outros graves problemas: as creches (iniciadas na gestão de Pe. Aldo) não servirão a crianças pequenas conforme determina a legislação, mas serão ocupadas por anexos de escolas; as casas do Minha Casa Minha Vida, que também foram iniciadas por Pe. Aldo, foram entregues ser que houvesse ligação de água e luz, entre outros problemas...

    ResponderExcluir
  15. PREFEITURA DE SÃO BENTO DO UNA EXPLICA REAL MOTIVO DA NÃO RENOVAÇÃO DE CONTRATO DE ALGUNS SERVIDORES:

    Em virtude de alguns boatos que circulam pelas redes sociais e em blogs onde a expressão “DEMISSÃO” e seus derivados têm sido usados de forma errada, a Prefeitura de São Bento do Una esclarece:

    1. Em nenhum momento a Secretaria Municipal de Saúde demitiu médicos e/ou outros profissionais. O que aconteceu de fato foi a não renovação de alguns contratos por causa da constante diminuição dos repasses do Governo Federal. No entanto, todos os profissionais foram informados que haveria essa interrupção nos trabalhos, mas que era em caráter provisório;

    2. Muitos dos servidores que participaram das reuniões para falar da não renovação do contrato demonstraram compreender a atual situação.

    3. Com relação a direção do Hospital Municipal Maria Tereza Mendonça, a saída do ex-diretor foi de acordo mútuo entre ele e a Secretaria Municipal de Saúde, tendo em vista que o hospital precisa de um profissional com maior disponibilidade de tempo, garantindo assim a preocupação com a saúde dos nossos cidadãos. Em breve será indicado um novo diretor administrativo.

    A Prefeitura de São Bento do Una, como a maioria dos municípios do país, enfrentam uma crise sem precedentes, mas em momento algum se absteve da responsabilidade com a população. Tão logo os repasses sejam regularizados, os serviços de saúde serão normalizados.

    Situação do Núcleo de Práticas Jurídicas – O NPJ não teve suas práticas encerradas como se afirmam nos blogs e redes sociais. Está apenas passando por uma reformulação já que deixará de ser vinculado à Procuradoria Jurídica e passará a integrar a Secretaria de Trabalho e Ação Social. O Núcleo passará a funcionar no prédio da Prefeitura na Praça Historiador Adalberto Paiva, nº. 1, Centro. A propriedade onde funcionava o NPJ está com os alugueis em dias, o contrato com o locador já foi renovado e está sendo estudado qual serviço será ofertado lá.

    ResponderExcluir
  16. Estamos entregue às traças! Que Deus tenha piedade de nós e dessas antas desses eleitores que a colocaram no poder. Desse mal, eu não não sofro, com muito orgulho!

    ResponderExcluir