SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

JORNAL FAZ REVELAÇÕES SOBRE PETROBRÁS

Nova personagem das últimas denúncias contra a Petrobrás, a ex-gerente Venina Velosa da Fonseca fez parte de um conselho de administração criado pela companhia em 2008 para administrar a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Segundo reportagem dos jornalistas Ricardo Brandt e Fausto Macedo, do jornal O Estado de S. Paulo, ela integrou o grupo entre 7 de março de 2008 e 21 de junho de 2009.
Enquanto esteve na função, Venina atuou como braço direito de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal, que presidia o conselho. O terceiro integrante do grupo era Carlos Cosenza, atual diretor de Abastecimento. Os três passaram a ser responsáveis por contratos bilionários da obra da refinaria, alvo central da Operação Lava Jato, que eram de responsabilidade da Petrobras.
O jornal fez um levantamento com base em 70 atas – de um total de 123 – e concluiu que o conselho também abriu concorrências incluindo empresas investigadas na Lava Jato e assumiu um contrato de R$ 4,2 milhões com a Companhia Pernambucana de Saneamento de Pernambuco (Compesa), uma estatal de Pernambuco, que à época era governado por Eduardo Campos (PSB), morto em agosto em um acidente de avião.
Segundo afirmou Paulo Roberto Costa em delação premiada, Campos era um dos beneficiários do esquema de propina em contratos armado na Petrobras. O esquema, segundo ele, cobrava de 1% a 3% em propina para cada contrato. O custo inicial da obra era estimado em R$ 2 bilhões. Hoje, já ultrapassou R$ 20 bilhões e ainda não foi concluída. Sob o comando de Costa, o conselho aprovou R$ 201 milhões em aditivos contratuais para empresas investigadas e autorizou adiantamento de pagamentos milionários.
Em 11 de fevereiro de 2009, foi aprovada a transferência de 18 contratos da obra, que eram de responsabilidade da Gerência de Engenharia, para o conselho onde atuava Venina e Costa. Os contratos somavam valores como R$ 1 bilhão, 8,7 milhões de euros e US$ 4 milhões, todos com consórcios formados por empresas investigadas pela Polícia Federal, como Odebrecht, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa e Galvão Engenharia.

2 comentários:

  1. Quem tem telhado de vidro, não joga pedra em telhado alheio. Gato escondido com o rabo de fora. Essa senhora Venina Velosa da Fonseca, está enrolada também e faz acusações como se nunca existisse a Petrobrás. Nós o povo brasileiro sim,podemos falar, mas a senhora tenha a Santa paciència. Não queira assim como tantos, enganar o povo.

    ResponderExcluir
  2. São Paulo elevará as tarifas de trem e do metrô no alvorecer de 2015.
    Em 6 de janeiro, passarão de R$ 3,00 para R$ 3,50. Taxa percentual de 16,67%.

    Já aumentou o açúcar,sabão,arroz,farinha,feijão,farinha de trigo,fuba,cuscuz, sal, tempero,melancia,inhame,macaxeira, leite,tomate,cenoura,pimentão, abóbora, goiaba, maçã, uva,carne, pão, bolacha, água,macarrão,refrigerantes,etc.

    Subirá mais uma vez energia, água encanada,botijão,gasolina,roupas, sandálias, roupas,geladeiras, fogões e outros acessórios.

    Subiu feito foguete de canhão estourando no ar os salários dos homens e mulheres que mais trabalham pelo povo só que ninguém vê e ninguém sente: ministros,presidente,governadores e vices,prefeitos e vices, senadores, juízes, procuradores, chefes,secretários,assessores do congresso e dos estados em 26,34%.

    A única diferença é que os deles quando sobem de 4 em 4 anos chegam atingir o mínimo R$ 7.039,87 e dos trabalhadores em 4 anos sobem apenas R$ 235,00.

    Em 2011 era de R$ 545,00 e os de deputados R$ 26.723,13.
    Hoje o salário vai para R$ 780,00 e dos Deputados vai para R$ 33.763,00.

    Para governar bem e tirar os verdadeiros ladrões ocultos do dinheiro suado e sofrido do povo brasileiro de dentro das empresas estais e privadas que em conluio arrecadam bilhões e por debaixo do pano e do tapete dão aos políticos profissionais e viciados para comprar o povo para se elegerem e depois eles fazem as festas e mais festas com o meu e o teu dinheiro chorado e exprimido com a inflação levando tudo no final do mês.

    Ou a polícia federal, promotores,justiça brasileira, procuradores, juízes, ministério público tenham piedade desse povo pobre que vive com um salário mínimo,que passa fome,que vive com uma bolsa família de R$ 140,00 mensal e que está doente nas portas dos hospitais aguardando a chegada de um médico que não tem.

    0h Justiça brasileira orai por nós, defenda-nos das mãos dos guelras que se locupletaram e ainda continuam se locupletando do dinheiro do nosso povo.

    0h justiça brasileira orai por nós pequeninos que nascem hoje e crescem esperando um Brasil melhor com mais saúde de qualidade,mais educação de qualidade,mais trabalho que não tem,com mais agricultura familiar que não tem mais no Nordeste porque a terra está nas mãos de poucos e ninguém quer mais plantar e produzir...

    Que saudade do João o Batista do Figueiredo que dizia doutores,plante que o João garante.Hoje,doutores ninguém diz mais isso.Os prefeitos somente fazem festa e mais festa, não fazem nada para gerar trabalho para os eleitores e a juventude tá indo embora,doutores!

    Mas de 4 m em 4 anos aparecem comprando essa gente pobre e faminta! Que Deus ilumine os guardiões da Lei e que na virada de mais um ano eles possam continuar lavando a alma do povo brasileiro que continua sendo suja pelos dutos e jatos do óleo negro brasileiro.

    FHC fostes vós que criastes o instituto da reeleição para a perpetuação dos políticos viciados na compra do voto do povo brasileiro sim!

    ResponderExcluir