SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 30 de julho de 2014

ZÉ DA LUZ ACONSELHA NOVA POSTURA A SIVALDO

Zé da Luz (PHS) já decidiu os candidatos que vai apoiar na eleição deste ano. Em Garanhuns ficará com Sivaldo Albino (PPS) para estadual e Fernando Monteiro (PP) na disputa por uma vaga na Câmara Federal. Os dois fazem parte da Frente Popular e apoiam Paulo Câmara ao Governo do Estado e Fernando Bezerra Coelho ao Senado.

Em Caetés, onde foi prefeito três vezes, José Luiz Sampaio e seu grupo vão pedir votos para Marcantônio Dourado (PSB) e Fernando Monteiro. Ele explicou que os vereadores, suplentes e seus correligionários no município têm uma ligação antiga com o socialista, daí o estadual ser diferente do que será apoiado em Garanhuns.

Fechado com Sivaldo, Zé da Luz defende por parte do vereador uma oposição equilibrada ao prefeito Izaías Régis (PTB), evitando o denuncismo a qualquer custo e as picuinhas. “O povo não gosta disso”, pontuou o representante do Partido Humanista.

“Devemos cobrar o que foi prometido em campanha e fiscalizar, fazendo uma oposição civilizada ao ponto de reconhecer pontos positivos da gestão”, defendeu o ex-prefeito que elogia, por exemplo, a modernização da iluminação pública de Garanhuns por parte do atual Governo Municipal.

Zé da Luz acredita que tem condições de reforçar a votação de Sivaldo em Garanhuns e conseguir apoios em diversas outras cidades do Agreste, a exemplo de Capoeiras. “Tive perto de 800 votos lá em 2010 e acredito que posso conseguir parte disso para Sivaldo este ano”, salientou. 

Ele anunciou também que irá montar comitês de Sivaldo e Fernando Monteiro no Recife e pretende dar uma boa votação a seus candidatos na capital.

O ex-prefeito de Caetés pretende passar os meses de agosto e setembro morando em Garanhuns e se deslocando por toda região, para ajudar na eleição de Sivaldo e Fernando Monteiro. Pelas suas contas o vereador do município pode chegar à Assembleia até com 25 mil votos. “Mas vamos trabalhar para ter mais de 30 mil e garantir o mandato”, frisou José Luiz Sampaio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário