terça-feira, 30 de abril de 2013

MAIS UM REFORMA NO HOSPITAL DOM MOURA

Vários setores do Hospital Regional Dom Moura começam a passar por reformas. As Emergências Geral e Pediátrica, Bloco Cirúrgico, Central de Material e Esterilização (CME), Farmácia, Laboratório, Almoxarifado e o SAME (Serviço de Arquivo Médico) estarão recebendo melhorias, pela empresa PROJETEC Engenharia, que venceu a licitação efetuada pela Secretaria de Saúde de Pernambuco, orçada em quase R$ 3 milhões.

Os serviços estão sendo planejados desde o ano passado, mas a licitação só aconteceu no mês de março deste ano. A primeira etapa da reforma deve ficar pronta em 60 dias, e o serviço completo, próximo ao final do ano.

A diretora do HRDM, Karla Freitas, afirma que os atendimentos continuarão a ser feitos, pois os setores que passarão por reformas serão relocados dentro da mesma estrutura do hospital, não deixando de funcionar nenhuma área, podendo ainda, em acordo feito com o município, ocupar o antigo Hospital Municipal temporariamente, para utilizar como emergência, mas existe a possibilidade de não ser preciso.

"É grande a procura diária pelos serviços do hospital, e não poderíamos deixar de oferecê-los a esta população, principalmente a mais carente, que é a grande demanda e quem mais precisa. Estamos relocando os serviços e o pessoal para dar continuidade, e mesmo diante de uma reforma interna, o hospital continua prestando seu serviço à comunidade do Agreste Meridional" - Afirmou a gestora da Unidade de Saúde, que completa: "Ao final dos serviços da reforma, teremos um hospital ainda mais completo, com melhor estrutura, com mais condições de responder aos anseios da população. Este é o pensamento da Secretaria de Saúde e do Governo do Estado" - finaliza Karla Freitas. (Texto da Assessoria de Imprensa da 5ª Região de Saúde).

OPINIÃO

Ninguém vai ser idiota de ser contra reformas no Hospital Dom Moura. Todo serviço que se fizer lá tirando aquelas cadeiras rasgadas e imprestáveis, melhorando a emergência a pediatria e outros setores é muito bem-vinda para a população.

O problema é que desde que me entendo por gente assisto reformas no Hospital Regional. Roberto Magalhães, Joaquim Francisco, Miguel Arraes, Jarbas Vasconcelos, Carlos Wilson e Eduardo Campos investiram bastante na unidade de saúde garanhuense.

Minha inteligência não alcança, porém, porque essa grana toda não resulta numa melhoria efetiva do HRDM. Ninguém pense que falo sem conhecer a realidade. Alguns anos atrás um grande amigo meu foi parar por lá com um crise de apendicite. Passou 24 horas sentado numa cadeira desconfortável demais para o tamanho da sua dor e quando um médico humanitário resolveu tocar no homem era tarde demais. Ele morreu.

Esse que vos escreve esteve o mês passado no Dom Moura. Com uma bruta infecção já estava começando a desidratar. O que é um perigo em pessoas com mais de 50 anos. O pessoal foi gentil comigo sem precisar me identificar como jornalista, não esperei tanto para ser medicado e saí de lá curado.

Mas tenho algumas críticas: faltavam leitos, a cama em que o atendente pretendia me botar não tinha colchão, as cadeiras apropriadas para aplicação de soro estavam rasgadas e em redor o quadro era desolador. Pessoa pobres de dinheiro e de espírito sem outra alternativa, sem direito a nenhum luxo ou um pouco de decência.

Nas mais de duas ou três horas de hospedagem no Hospital vi entrar gente que levou facada, que teve AVC, muitos acidentados de motos e problemas de saúde de todo tipo de moradores de Caetés, Capoeiras, Jupi, São João, Garanhuns e todas as cidades próximas.

O Dom Moura passou por reformas com o Capitão Udson, Emília em sua passagem pela unidade conseguiu até UTI e um Centro de Urgência Odontológica. Agora é a vez de Dra. Karla fazer também sua reforminha. Que não é pequena assim, afinal de contas são R$ 3 milhões.

Será que o problema do Hospital Regional é falta de reforma, falta de investimento? Tenho minhas dúvidas. O HRDM é complicado. É um gigante que tem quase 700 funcionários, médicos que ganham mal, são enganados pelo Estado e se vingam passando a perna no Governo.

A demanda é um negócio de louco. Quando a saúde do Governo Municipal avançar mais e as duas UPA (além do SAMU) estiverem funcionando quem sabe ameniza um pouco.

É preciso mais comprometimento, mas investimento nas pessoas e em equipamentos, porque o dinheiro aplicado nas paredes não resulta em muita coisa para o paciente.

Necessário também que essas reformas sejam feitas não para dar uma satisfação ao povo ou ao CREMEPE, com a intenção de fazer mídia no jornal, no rádio e na TV.

Quanto tiverem sensibilidade para pensar no povo, na mulher pobre, na criança carente, no homem da periferia da periferia, R$ 3 milhões vão valer por 15.

Espero que um dia seja assim e todo mundo receba um tratamento decente, que é um direito de quem vive sustentando as mordomias da maior parte dos políticos brasileiros. (Roberto Almeida).

14 comentários:

  1. o que já gastaram daria para se construir outro hospital!!

    ResponderExcluir
  2. Seria melhor construir um NOVO HOSPITAL, pois o HDM é um saco sem fundo, ninguem ver melhoria nunca, é dinheiro jogado no lixo, investe 3 milhões e o povo quando precisa de uma emegência tem que ir pra Caruaru e Recife, por falta de estrutura. Até quando isso vai ocorrer?.
    FALTA POLÍTICOS COMPROMETIDOS COM GARANHUNS, QUE NUNCA REIVINDICARAM NOVOS HOSPITAIS PARA CIDADE. SÓ BESTEIRA DE PSF.

    ResponderExcluir
  3. Numa época de vacas magras e destetadas
    as tetas deste Hospital não param de crescer
    haja gente a mama-las. A reforma se dará na conta
    bancária de alguns mamadores.
    Zezinho do Parque Fênix

    ResponderExcluir
  4. Não se justifica atender mal a população alegando baixos salários. Afinal, os médicos do Dom, ao meu ver, não ganham tão mal assim (algo em torno de 5.000,00 por um plantão semanal - TEORICAMENTE!!! - de 24 horas. Pior são os demais profissionais, inclusive os de nível superior (exceto os médicos que não sabemos em que nível estão, onde se incluem enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, etc...) com uma carga horária de 30 horas semanais por um salário de 1.700,00!!! Eis aí a desvalorização dos profissionais de saúde!!!

    ResponderExcluir
  5. 3 milhões não da pra nada de outra vez gastaram metade disso na reforma do telhado

    ResponderExcluir
  6. Os médicos são enganados pelo Estado? Roberto, todos os profissionais tem livre arbítrio. Os médicos se vingam é passando a perna no povo. Fábio - Boa Vista

    ResponderExcluir
  7. PENSE NUM TELHADO MILIONÁRIO?
    SE NA SUA OPNIÃO 3 MILHÕES NÃO DÁ PRA NADA, ENTÃO SERIA MELHOR CONSTRUIR UMA OUTRA UPAE OU UM HOSPITAL MUNICIPAL. POIS É ISSO QUE SE GASTA NA CONSTRUÇÃO DE UM.
    GENTE VAMOS CAIR NA REAL..

    ResponderExcluir
  8. amigo Roberto fui Fucionário do Hospital regional Dom moura durante 5 anos e todos os anos que passei por lá sempre teve reforma se as reformas que ja foram feitas neste Hospital e foce feitas para cimas ja estava no minimo uns 500 andares e muito dinheiro jogados fora precisamos e de Cardiologistas, neuro Cirulgião, Neuro pediatra; e muito mais não e só em paredes e os diretores comeres dinheiro publicos temos em garanhuns a melhor maternidade do agreste só falta proficionais competentes.

    ResponderExcluir
  9. MEU PREZADO E AMIGO, ROBERTO ALMEIDA.

    TUDO O QUE VOCÊ DISSE ACIMA E CONVIVEU AO MESMO TEMPO DOS VELHOS PROBLEMAS DO HOSPITAL DOM MOURA NADA MAIS TENHO A ACRESCENTAR A NÃO SER COMPLEMENTAR A FRASE FINAL DE SEU TESTEMUNHO:

    ATÉ HOJE EU NÃO ENTENDI O PORQUÊ DAQUELE AUMENTO DADO AOS PARLAMENTARES EM 2010 NO PERCENTUAL DE 81,62% EQUIPARANDO OS SEUS SALÁRIOS AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA E AO MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E COM EFEITO CASCATA EM TODO O PAÍS. NO BRASIL EM QUE EXISTEM MILHARES DE DESIGUALDADES SOCIAIS E SALARIAIS E UMA SAÚDE DE QUALIDADE PARA POUCOS!

    VOCÊ FALOU POR TODOS NÓS! PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  10. Caro Roberto. Pertinente o seu comentário a respeito das reformas do HRDM. Assistimos nos últimos anos inúmeras reformas no hospital e, passado pouco tempo, novamente são anunciadas reformas, num "continuum" sem fim. Nada disso seria necessário se após cada reforma existissem equipes de manutenção a postos para impedir a degradação, e isto não existe no estado, logo, algum tempo após uma reforma, vem outra reforma e assim sucessivamente, como se os recursos fossem infinitos, deixando, inclusive de se comprar equipamentos de ponta para atender a população. Alguém já pensou que o HRDM, pela sua dimensão, deveria ter um serviço de imagem? com Tomografo ou RM? Ultrassonografia em 3D, e que fossem atraídos ao serviço mais especialistas nas diversas áreas? O país negligenciou por décadas a prevenção, hoje tem que gastar na cura, ademais, uma emergência sempre tem que estar a frente da vala comum do atendimento a população. Forte abraço.

    ResponderExcluir
  11. Mais uma reforma como todos os anos pelo menos duas vezes ao ano se reforma o telhado do DOM MOURA e outras dezenas de reformas e nunca fica bom. É a mesmice é a dança das cadeiras. "A vez é minha de me dar bem". Quem será preso desta vez? as eleições estão chegando e é necessário muito dinheiro. Como Dom Moura é a casa de mãe joana e tornou-se uma lavanderia a olhos vistos. Mais um escândalo esta por vir.
    Jonas

    ResponderExcluir
  12. TODOS OS SECRETÁRIOS DE SAÚDE DO AGRESTE MERIDIONAL DEVEM EXPLICAÇÕES AO POVO.

    DE 2002 ATÉ AGORA MUDOU O QUE NA SAÚDE BRASILEIRA E NO INTERIOR?

    POR QUE SE FALOU TANTO E SE FEZ POUCO EM TANTO TEMPO?

    POR QUE OS MÉDICOS NÃO ESTÃO DANDO MAIS PLANTÕES EM FINAIS DE SEMANA NA MAIORIA DOS MUNICÍPIOS?

    EM LAGOA DO OURO EXISTIAM PELE MENOS UM MÉDICO DE PLANTÃO EM FINAIS DE SEMANA E HOJE NÃO TEM MAIS ,POR QUÊ?

    POR QUE NÃO FORAM FEITOS MAIS INVESTIMENTOS NA SAÚDE DE 2002 ATÉ HOJE NOS HOSPITAIS EM VÁRIAS CIDADES DO INTERIOR?

    DURANTE A CAMPANHA POLÍTICA SAEM MEIO MUNDO DE CANDIDATOS A VEREDORES FALANDO DE SAÚDE E SÃO ELES QUE ENGARARAM O POVO PROMETENDO ISTO E AQUILO E POR QUE DEPOIS DAS ELEIÇÕES ESSAS PESSOAS SUMIRAM DO MAPA?

    POR QUE TEM PESSOAS CHEGANDO DE MADRUGADA PARA MARCAR UMA CONSULTA?

    É ESSA A SAÚDE QUE QUEREMOS? ISTO É QUALIDADE OU IRRESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES MUNICIPAIS,ESTADUAIS E FEDERAL? DE QUEM SÃO AS CULPAS,MINHA, SUA OU NOSSA?

    QUM FOI O MELHOR MINISTRO DA SAÚDE DO BRASIL? POR QUE O PT FOI CONTRA A CRIAÇÃO DO CPMF (COMISSÃO PROVISÓRIA SOBRE MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA) E DEPOIS ERA A FAVOR?

    POR QUE NÃO ENCONTRARAM MEIOS DE MELHORAR A SAÚDE NO BRASIL? TEM MUITOS MÉDICOS REVOLTADOS NO BRASIL INTEIRO PORQUE A SAÚDE DE 2002 ATÉ HOJE SOMENTE PIOROU>>>>>>>>>> DE MAL A PIOR>>>>> DE QUEM É A CULPA?

    ResponderExcluir
  13. Este blog deveria ter um link de compartilhamento para o face-book

    ResponderExcluir
  14. Falar do HRDM pars quem não está na administração é fácil. Parem pra pensar são atendimentos de todas regiões circunvizinhas, possuímos uti totalmente equipada imcomparavel a qualquer outra da cidade, emergência com sala vermelha para pacientes graves, duas ambulâncias para transporte de pacientes inter hospitalar, sistema de regulação de leitos on line, CME com todos aparelhos e máquinas novas, enfermeiros em todos setores, inclusive com gerentes setoriais, realização de treinamentos para enfermagem, serviço de nutrição com nutricionista todos os dias, psicólogos, serviço social, dentre tantas outras...

    ResponderExcluir