ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

segunda-feira, 22 de abril de 2013

DOM MOURA VIRA A GENI DE GARANHUNS

O Hospital Dom Moura de Garanhuns não toma jeito. Depois de ter uma ex-diretora e alguns funcionários envolvidos num escândalo nacional, agora surgem denúncias muito sérias dos médicos que trabalham na unidade. Segundo os profissionais do HRDM, faltam recursos humanos, há sucateamento dos equipamentos do bloco cirúrgico, sobrecarga de trabalho e – o mais grave – eles sofrem intimidação da Polícia Militar durante os atendimentos. “A insatisfação é geral. Lamento o dia em que entrei no Hospital Dom Moura, desabafou um médico.

Se os médicos reclamam, a população não fica atrás, uma senhora de nome Socorro Godoy enviou uma carta ao radialista Pereira Filho, publicada no blog do Combate, denunciando descaso no Hospital Regional, quando do atendimento do seu tio, um senhor com 72 anos de idade.

O Dom Moura, meus caros leitores, virou a Geni de Garanhuns, apanha de todo lado. Para quem não sabe ou está esquecido, Geni é o personagem de uma música de Chico Buarque, um travesti, que apesar de salvar uma cidade é alvo da fúria da população devido a sua homossexualidade.

No caso do Hospital não há preconceito envolvido, é que a Unidade de Saúde é problemática mesmo e chegou a um ponto em que está desagradando a quase todo mundo.

Para ficar mais por dentro do assunto leia na íntegra a nota do SIMEPE, divulgada no Blog V&C Garanhuns:

Representantes das entidades médicas de Pernambuco, Simepe e Cremepe, estiveram na reunidos com os médicos do Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, para discutir sobre os problemas que os profissionais e pacientes tem enfrentado diariamente na unidade de saúde.

Na ocasião, os médicos relataram sobre o déficit de recursos humanos, principalmente de pediatras e cirurgiões gerais, escalas incompletas, sucateamento dos equipamentos no bloco cirúrgico, escassez de insumos e sobrecarga de trabalho.  Além disso, também expuseram que por diversas vezes  são constrangidos e sofrem tentativas de intimidação pela Policia Militar, durante os atendimentos. “A insatisfação é geral. Lamento o dia em que entrei no Hospital Dom Moura”, desabafou um dos médicos.

A presidente do Cremepe, Helena Carneiro Leão, esclareceu que as denúncias serão analisadas  junto ao relatório de fiscalização do Hospital Dom Moura, na plenária do Conselho, a ser realizada na próxima segunda-feira (22/04). Ainda de acordo com a presidente, a interdição ética de alguns setores será levada à pauta da plenária, quando os conselheiros irão decidir a melhor decisão a ser tomada.

Em relação às tentativas de intimidação sofridas pelos médicos, o diretor de comunicação do Simepe, Silvio Rodrigues, orientou que esses casos sejam repassados a Defensoria Médica do Sindicato, para que junto ao corpo jurídico da instituição seja tomada as medidas cabíveis.

Durante a tarde, os representantes das entidades médicas conversaram com a diretora administrativa da unidade de saúde, Carla Freitas, e questionou sobre as queixas dos profissionais e a situação estrutural do Hospital. Em seguida, foram ao Ministério Público de Pernambuco/ Regional Garanhuns, onde repassaram os problemas instalados no Hospital Regional Dom Moura ao promotor Alexandre Bezerra. Na opinião do vice-presidente do Simepe, Fernando Cabral, o promotor se mostrou sensível às demandas apresentadas, inclusive se comprometendo a solicitar a Comisssão de Saúde, uma audiência pública  na Assembleia Legislativa. “Ainda esta semana será enviado ao MPPE cópia do relatório da fiscalização do Hospital”, acrescentou.

Simepe


Confira agora a reclamação de Socorro, no Blog Combate:

Boa noite Pereira Filho, estou aqui como uma cidadã, decepcionada com a saúde, do nosso país, mais especificamente, da nossa cidade de Garanhuns. Hoje tive a triste experiência de ir ao Hospital Regional Dom Moura, com o meu tio, de 72 anos de idade. Ele está numa situação em que não tem condições de andar, está com muita febre e não tem sequer condições de engolir o medicamento, não fala, não anda e simplesmente não foi atendido, porque o plantão do médico já tinha acabado, ele foi embora e não o atendeu. O outro médico que segundo informações de alguns funcionários, estava vindo de Maceió e provavelmente só ia chegar amanhã. Ou seja, meu tio e todos aqueles pacientes que chegavam lá, só seriam atendidos AMANHÃ? Tive que trazê-lo pra casa, mesmo sem atendimento, pois ele estava lá, num corredor, em cima de uma maca que nem colchão tinha. Gente, onde ficam os direitos humanos? Desde a criação da Constituição Federal, em 1988, que a saúde passou a ser direito de TODO CIDADÃO BRASILEIRO. E ainda digo mais segundo o princípio doutrinário do SUS, a Universalidade, É garantia constitucional de acesso de toda a população aos serviços de saúde, em todos os níveis de assistência, sem preconceitos ou privilégios, de qualquer espécie. Ainda de acordo com a Lei 8.080/90, a saúde é um direito FUNDAMENTAL do ser humano, que deve ser garantido pelo Estado (AGUIAR, 2011). Mas sabe qual o problema? A população, não reclama gente, até quando nós vamos aceitar de braços cruzados essa falta de respeito com o ser humano? Eu sei que muitos de nós têm plano de saúde, mas e quem não tem? Hoje, infelizmente, foi com uma pessoa da minha família, mas e quando uma coisa dessa acontece com pessoas que nem tem ideia do direto de tem? 

Gostaria de denunciar esse descaso, para que ele se tornasse público, pois nós precisamos lutar por nossos direitos, se não o fizermos, nunca obteremos mudanças! 

Agradecida, Socorro Godoy.

7 comentários:

  1. O Sr. Comandante do Batalhão da Polícia Militar aqui na nossa cidade, deve esclarecer essas intimidações que passam ou passaram alguns médicos do HRDM, todos sabemos que maus profissionais existem em todas as profissões, portanto na minha opinião a grande maioria dos policiais não cometem esses desatinos, são pessoas decentes, no entanto essas acusações devem ser imediatamente apuradas, até porque esses maus profissionais amanhã poderão precisar desses médicos, para eles próprios ou seus familiares. Tenho certeza que nem o comandante aqui em Garanhuns nem o Comandante Geral da Polícia Militar, muito menos o EXMo Sr. Secretário de Defesa Social, não corrobora de forma nenhuma com abusos de maus policiais, intimando quem quer que seja. Cabe uma punição exemplar nesses maus policiais. O nosso prefeito que faz até agora um ótimo governo deve ser informado desses atos, e também interferir na solução desse grave problema.José Carlos de Lira Centro

    ResponderExcluir
  2. Isso é reflexo da falta de políticos comprometidos com a saúde no Agreste Meridional, infelizmente, na região alguns postos de saúde da familia não funcionam como deveriam, sempre faltam médicos, conforme as reclamaçãoes que ouvimos diariamente nas rádios da cidade, quem tem condições financeiras vai para atendidmento particular com planos de saúde em Clínicas e Hospitais privados e quem não tem?.
    Ao tentar marcar um exame ou uma consulta pelo SUS, tem que dormir na fila, e muitas vezes a quantidade ofertada de fichas não supre a demanda da população, ISSO É A REALIDADE DO COTIDIANO!
    O HOSPITAL DOM MOURA, está sobrecarregado, temos que lembrar que vem pacientes de toda a região inclusive até de Alagoas, por isso o Governo do Estado tem que fazer mais investimentos, Pois até quando as pessoas serão transferidas para Recife e Caruaru?
    A UPA especialidades de Garanhuns não tem previsão para funcionar, e a população fica a mercer da própria sorte.
    Todos os anos a demanda aumenta e os pacientes não tem para onde correr a verdade é essa.
    Os políticos da nossa região tem que reivindicar melhorias ao Ministério da Saúde, pagamos impostos bastante, temos o direito de ter o minimo de dignidade.
    Lutem por novas UPAS 24h, Hospitais de Referência em Alta Complexidade, Hospitais da Mulher, Clínicas de especialidades, façam alguma coisa para o povo mais carente da região.
    Sofia Andrade

    ResponderExcluir
  3. é uma pena que a saúde em Garanhuns esteja passando por essa lamentável falta de poder público e onde vamos parar com tanta falta respeito ao cidadào que o único a sofrer com o que é mais sagrado que é a nossa saúde! Isso é uma vergonha!

    ResponderExcluir
  4. Qual o real motivo da mesma fugir? Quem não deve não foge...

    ResponderExcluir
  5. caro roberto se Garanhuns esta nesta situaçao de saude e os 21 municipios que tambem nao tem nada os politicos das cidades vizinhas fazem politicas atraves do Hospital Regional Dom Moura de Garanhuns isto todo mundo sabe so que os diretores que entram na direçao do Hospital sao indicado por politicos por isto nosso hospital e a Direçao nao tem força poque quem manda sao os politicos os politicos se envolve ate nas empresas tercerizadas so entra quem eles querem o Hospital Dom Moura precisa se livrar destas forças de politicos e o Governo Estadual precisa combrar dos Senhores Prefeitos dos 21 municipios colocarem Medicos e andar com suas proprias pernas mais eles nao fazem isto por que porque aqui em Garanhuns tem o VELHO E SOFRIDO HOSPITAL REGIONAL DOM MOURA a casa dos prefeitos dos municipios vizinhos onde todos os vereadores das cidades vizinhas tem seu carrinho o famoso FIAT UNO que e o carro que suporta andar dentros dos sitios atraz da queles que precisa de um Medico e cade o Ministerio Publico para Fiscalizar as PREFEITURAS DAS CIDADES QUE SOBREVIVE DO VELHO DOM MOURA isto ninguem ver AGORA METRALHAR O SOFRIDO DOM MOURA e outra os proprios MEDICOS QUE USA O SOFRIDO DOM MOURA PRA FAZER POLITICA eu quero ver se na EPOCA DE CAMPANHA ELEITORAL FALTA MEDICOS VER SE TODOS ELES NO CUMPRE SEU PLANTAO porque claro eles atende e se prende com os municipios atraz de um contrato em uma prefeitura e ir so receber e nao cumpri os plantoes nem atende nas cidades e nem no Hospital Regional dom Moura caro roberto vc sabe que tudo isto e verdade Obrigado e se faltou alguma coisa complete por favor O VELHO DOM MOURA VIVE MUITO CANSADO DE SER METRALHADO e ninguem ver o outro lado da historia DESABAFO DE UM EX FUCIONARIO DO VELHO E SOFREDOR DOM MOURA ELE SOZINHO AINDA ELEGE MUITO PREFEITOS E VEREADORES DA REGIAO POR ISTO OS MUNICIPIOS NUNCA VAO TER MEDICOS SE TEM O VELHO DOM MOURA OBRIGADO PELO O ESPAÇO publique por favor acho que estou certo.

    ResponderExcluir
  6. Precisamos de mais Hospitais isso é óbvio, no entanto com todos os problemas, não fosse o Dom Moura, eu não sei o que seria da gente. Vamos fazer críticas construtivas, os profissionais que ali trabalham merecem o respeito de todos nós, deficiências há, contudo existe também,o lado bom. Vamos melhorá-lo, acho que com o olho do nosso prefeito e suas ações junto ao Secretário de saúde e ao próprio Governador, vamos ter um pouco de calma, que aos poucos irar melhorar.Vamos aguardar.

    ResponderExcluir
  7. Sr. Edmar, o que está se discutindo é isso, é que o HOSP. DOM MOURA, está sobrecarregado, SUPERLOTADO! devido a falta de investimento na saúde de Garanhuns, as pessoas estão recorrendo ao Hospital devido a falta de atendimento onde deveria haver.(PSF, POLICLÍNICA, UPA, HOSPITAL MUNICIPAL QUE NÃO EXISTE MAIS E ETC.). E muitas vezes sendo tranportado para Recife por falta do atendimento que deveria haver em nosso municipio.
    Vamos torcer para que ou Governo estadual, ou Governo Federal intervenha nessa situação de forma positiva, o que não pode é Garanhuns e os nossos representantes políticos ficarem esperando que caia do céu, sem tomar nenhuma iniciativa.
    A população está cansada, queremos ATITUDE! dos orgãos responsáveis.

    ResponderExcluir