ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

O BOM EXEMPLO DE UMA DISTRIBUIDORA DE SÃO PAULO

A Associação Brasileira de Revendedores de GLP (gás de cozinha), através do seu presidente, Alexandre Borjaili, não para de denunciar os abusos praticados pelos revendedores, principalmente com relação ao preço do produto. Hoje mesmo recebemos um e-mail do Sr. Alexandre, endereçado também a outros jornalistas do país, deputados e senadores. Desta vez, além das críticas, o dirigente classista destaca o exemplo da distribuidora Consigaz, de São Paulo. Segundo ele, a empresa é sinônimo de qualidade, respeitada no mercado por abastecer os consumidores com botijões novos, dentro de rígidos critérios de segurança ao preço de R$ 33,99, possivelmente o menor praticado no Brasil.

3 comentários:

  1. Meu Amigo Roberto Almeida, infelismente aqui em Garanhuns, existe um cartel no gas de cozinha e nos combustíveis e ninguém faz nada,onde estão as autoridades competentes? Sabe Deus, que coisa triste. Mário Antonio Leite dos Santos.

    ResponderExcluir
  2. José Fernandes Costa14 de dezembro de 2011 20:41

    O nosso grande mal é que quase todos os comerciantes querem levar vantagem em tudo. E o povo vai pagando a conta sem denunciar e sem reclamar. - Mas, convenhamos, esse povo é muito "esperto", também. Havendo chance, mete a mão! - Muitos e muitos acham bem mais cômodo botar todas as culpas nos outros. - Temos exemplos dessa "esperteza", com fartura. - Todos os dias tem falcatruas nos jornais. Que NÃO é só dos que lidam com o dinheiro público. - Contudo e por oportuno, vale lembrar um dos furtos mais recentes: uma funcionária do Tribunal de Justiça de Brasília, que cuidava dos depósitos judiciais, estava fazendo a "farra" em cima do dinheiro dos litigantes. Juntamente com coleguinhas e, possivelmente, com funcionários do Banco do Brasil e/ou da Caixa Econômica Federal, estava desviando para contas privadas da quadrilha, os depósitos feitos à disposição das partes ganhadoras das lides. Até que uma advogada não mais se conformando com tantas desculpas "furadas", fez a denúncia ao Tribunal. E assim foi descoberto. - Mas o danado é que ninguém vai pra cadeia por esses furtos. Sempre há brechas nas leis. E desse modo, os processos vão acumulando-se, até caírem no esquecimento. - Aí são arquivados./.

    ResponderExcluir
  3. Meu comandante kd o comentário primeiro? João da Cruz.

    ResponderExcluir