segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O CASO MURDOCH E A VEJA

Na Inglaterra um jornal com 168 anos de história usou de métodos ilegais para fazer reportagens e fechou as portas. Teve gente que perdeu o emprego e foi para a cadeia. No Brasil a Revista Veja faz coisas semelhantes e tem gente achando que está certo. Uns por desinformação, outros porque são reacionários, fanáticos e sacanas mesmo. Abaixo a opinião de dois jornalistas sobre os atos de espionagem da publicação da Editora Abril.


Brizola Neto, sobre a espionagem da Veja:

A VEJA É A CIA OU A KGB DO JORNALISMO?

Li o o que saiu na internet da matéria da Veja sobre o ex-ministro José Dirceu. Afora a o ódio político da revista, não há nenhum fato que possa ser configurado como algum ato ilícito. E, como não é servidor público, não caberia – mesmo que fosse verdade – saber se lhe pagaram uma diária de hotel. Conversar com deputados, senadores ou ministros é direito de qualquer um, inclusive de Dirceu.

Agora, não é direito de ninguém obter, de maneira clandestina, as imagens de um circuito privado de TV de um hotel, feito para a segurança dos hóspedes e visitantes e não para ser cedido a ninguém para bisbilhotar quem entra e sai.

Supondo-se, claro, que sejam imagens do circuito privado do hotel, não de alguma câmera secreta instalada por um “araponga” a serviço da revista.

De uma forma ou outra, espionagem e violação. Tal como fez o jornal de Murdoch com telefones na Inglaterra, a Veja “grampeou” um corredor de hotel.

Um empresa – a Editora Abril – que usa estes métodos, que mais pode fazer com a vida privada – e até a íntima – de pessoas conhecidas, na política ou em outras áreas?

Seja qual for a razão ou motivo, salvo uma investigação policial fundamentada e devidamente acompanhada pelo Ministério Público e pelo Judiciário, pessoas podem ser colocadas sob este nível de vigilância.

Ou a revista se acha a CIA ou a KGB do jornalismo?

Não, sei, mas que é caso de polícia, é.

Luís Nassif, sobre a espionagem de Veja:

A MARCHA DA INSENSATEZ

“Veja chegou a um ponto sem retorno. Em plena efervescência do caso Murdoch**, com o fim da blindagem para práticas criminosas por parte da grande mídia no mundo todo, com toda opinião esclarecida discutindo os limites para a ação dá mídia, ela dá seu passo mais atrevido, com a tentativa de invasão do apartamento de José Dirceu e o uso de imagens dos vídeos do hotel, protegidas pelo sigilo legal.

Até agora, nenhum outro veículo da mídia repercutiu nenhuma das notícias: a da tentativa de invasão do apartamento de Dirceu, por ficar caracterizado o uso de táticas criminosas murdochianas no Brasil; e a matéria em si, um cozidão mal-ajambrado, uma sequência de ilações sem jornalismo no meio.

Definitivamente não sei o que se passa na cabeça de Roberto Civita e do Conselho Editorial da revista. Semana após semana ela se desmoraliza junto aos segmentos de opinião pública que contam, mesmo aqueles que estão do mesmo lado político da publicação. Pode contentar um tipo de leitor classe média pouco informado, que se move pelo efeito manada, não os que efetivamente contam. Mas com o tempo tende a envergonhar os próprios aliados.

Confesso que poucas vezes na história da mídia houve um processo tão clamoroso de marcha da insensatez, como o que acometeu a revista.

PS: Reinaldo Azevedo, convertido em porta-voz da revista para justificar a violação injustificável, está recebendo o espírito do DOPS. Vejam o que ele postou no blog que a revista lhe dá: “Veja Estourou o aparelho de José Dirceu! O aparelho que ele montou em pleno regime democrático para conspirar contra a democracia.”

O Delegado Sérgio Paranhos Fleury não produziria uma frase melhor.

**Caso Murdoch – Escândalo de escutas ilegais feitas por jornalistas da Inglaterra que levou ao fechamento do “New of the Word”, um veículo de comunicação impresso com 168 anos de história. Profissionais foram demitidos, outros foram processados e alguns condenados à prisão.

Só para completar: Rogério Tonatto,  gerente do Naoum Plaza Hotel, de Brasília, acionou a Polícia Federal para investigar a Revista Veja. É que foram divulgadas imagens do estabelecimento que não pertencem ao circuito interno do mesmo. O funcionário suspeita que a publicação usou um grampo ilegal para conseguir as imagens.

"A Veja não faz mais reportagens. A Revista fabrica semanalmente escândalos para tentar desestabilizar um governo eleito pela maioria do povo brasileiro. Não importa que para isso tenha que mentir, omitir, distorcer e de utilizar métodos policiais. Uma redação nunca pode ser transformada numa delegacia de polícia. Cada um tem objetivos completamente diferentes, se bem que ambos devem servir à sociedade e não a interesses de grupos ou oligarquias". (Roberto Almeida).

28 comentários:

  1. É isso mesmo Roberto, é deprimente.....

    Um lixo de noticiarios essa Veja, uma gang de conservadores reacionários que odeiam tudo que é de progresso ao povo e diferente do raciocinio tacanha da Veja. O site Wikileaks que mostra os documentos secretos do governo dos EUA, dizendo que a Veja mentiu tbm ao dizer que o PT tinha ligaçoes com as FARC. Eles fabricam "MAterias Bombasticas" atraves de mentiras e meiass verdades. Não é atoa que ela sempre perde processos na justiça. Mas revista pode falar o ela quer, desde que tenahm responsabilidade, mas eles só querem lucrar e prejudicar o governo do PT. Eles deveriam se assumir e tirarem essa mascara de cordeiros. E ainda dizem que no Brasil existe censura aos meios de comunicaçoes.... RIDICULOS CRETINOS!!!

    ResponderExcluir
  2. Repito sem pensar a Veja me decepcionou, o que ela poderá fazer então para pegar outras manchetes, o reporter tentou sim invadir e roubar e implantar algumas coisas no quarto do Dirceu, que não é sAnto de início de passagem não o é. mais fazer isso é demais

    ResponderExcluir
  3. É, quando se mexe com o Dirceu mexe-se com Lula. Lula é deus, logo, é "imexível".

    ResponderExcluir
  4. Parabéns aos Profissionais da VEJA, são valentes, destemidos e vão expor todo o fétido chorume daqueles que tem o PODER e de fato nos Governam. Ainda há esperança.

    ResponderExcluir
  5. O pior é que o resto da mídia sempre fica com receio de seguir as pistas que a VEJA revela. Não por inveja, mas por solidariedade aos petralhas, pois como todos sabemos, há 30 anos a esquerda controla as redações dos jornais, TVs e rádios. A VEJA é a única exceção, por isso é atacada por petistas, jornalistas e blogueiros chapa-branca.

    ResponderExcluir
  6. A pretensão de José Dirceu um dia foi ser presidente da república sucedendo Lula. Sua ambição, no entanto, foi frustrada pela cassação de seu mandato e supensão dos seus direitos políticos durante o escândalo do mensalão. assim mesmo, continuou a exercer sua influência dentro do governo por trás dos bastidores e claro com o consentimento de Lula, sua alma gêmea. Acreditando que sairá ileso do processo que corre no STF intensificou suas ações dentro do PT e do governo com a concordância de alguns baba ovos do congresso e dos ministérios. Dirceu se tornou então o conspirador geral de união e desafia a autoridade de presidente Dilma. A pergunta que fica é. Lula sabe de tudo e é cumplice? Dirceu ficou furioso, pois viu sua tramoia ser revelada e decidiu partir para o contra-ataque com inverdades que é sua principal caracteristica. Ele esperneia, mas não desistirá de conspirar. Cabe ao STF por um fim na trajetória política de um dos maiores farsantes que a política brasileira já conheceu. Veja cumpriu seu papel ao revelar uma da mais graves conspirações contra a nossa incipiente democracia. O povo espera que a justiça cumpra seu dever constitucional.

    ResponderExcluir
  7. VEJA não invadiu lugar nenhum! Quem sabe um dia a ala profissional da Polícia Federal o faça. Afinal, a reportagem de capa, com efeito, não relata um caso de política, mas um caso de polícia.

    ResponderExcluir
  8. A capa da revista já diz tudo pois é tendenciosa desonesta com o objetivo de destruir alguém seja de que jeito for. José Dirceu foi julgado? Foi condenado? Pela mídia e o efeito manada de que fala o jornalista Nassif. Os comentaristas não se preocupam em vê essas coisas sabê que o mesmo crime foi cometido na Inglaterra e lá se deram mal porque a democracia é sólida e o povo tem consciência das coisas, não é um bando de maria vai com as outras. Ora meus senhores vocês são os analfabetos políticos de Brech os crimes não são praticados somente por políticos também por advogados, médicos, juízes, empresários, jogadores de futebol, donas de casa e jornalistas. Todos os criminosos devem ser punidos mesmo os do quarto poder lembrando ainda que esses políticos que temos de vereador a presidente da república foi o povo que elegeu assim os eleitores são também responsáveis pelos maus políticos.

    ResponderExcluir
  9. Sei que a Veja fabrica muito, isso é fato. Mas pra que ela não precise fabricar, é só vir aqui, na terra de Lula, pra ver que belezinha que Zé da Luz, que já foi do PT deixou aqui. Aqui se vende merenda, se vende combustível da frota pública, não tem médico, e o dinheiro da prefeitura daqui, só serve para pagar o luxo da família mandatária e agregados. A VEJA aqui em Caetés, ia se fartar, não precisaria inventar nada.

    ResponderExcluir
  10. Cláudio Vitório Dos Santos30 de agosto de 2011 07:12

    José Dirceu é a típica face da impunidade. Faz tudo o que sempre fez, trambicagens. Ele é o “político brasileiro” em seu estado bruto, sem meias palavras. Ao agir nos “bastidores”, peita a sociedade e suas leis. Sendo o S.T.F. um tribunal político, este senhor já tem um salvo conduto para quaisquer trambicagens que lhe venham à cabeça. Parabéns à Veja, por mostrar este delinquente em ação.

    ResponderExcluir
  11. Crime é crime seja praticado por político, padre, policial ou jornalista.

    ResponderExcluir
  12. Emn qualquer país civilizado esse indivíduo estaria preso. E mais, seria execrado pela população por tudo o que fez, não só na vida “profissional”, como também na pessoal.
    Fica difícil imaginar como é que se portam os vizinhos desse ser completamente amoral.
    Conseguimos medir o nível de civilização e cultura de um povo pela maneria como eles tratam os canalhas. E o Brasil, infelizmente, em sua grande maioria, foi reprovado vergonhosamente. Parabens a VEJA por ter cortado na carne as falcatruas desse meliante conhecido nas paginas policiais como zedirceu.

    ResponderExcluir
  13. NO ESCURINHO DO CINEMA30 de agosto de 2011 07:30

    O nosso ‘James Bond’ da matéria não aprendeu direito as lições de Sean Connery. Nos filmes o heroi namorava com as espiãs e se dava bem. Já o nosso galã, não foi bem sucedido na tarefa. Teve um péssimo desempenho. Mudou o enredo, mas o desempenho continua pífio.

    ResponderExcluir
  14. NÃO VEJA QUE É MELHOR ESSA REVISTA É COMPLETAMENTE SUJA E IMORAL A VERGONHA DO JORNALISMO BRASILEIRO ATÉ NA CADEIA EXISTE UM CÓDIGO DE CONDUTA MENOS NAS MENTES CRIMINOSAS DESSA REVISTA.

    ResponderExcluir
  15. O JOSÉ DIRCEU, TEVE UMA VIDA VOLTADA PARA O CRIME,FALCATRUAS e CANALHICE.CONSEGUIU SE ESCONDER NA ORGANIZAÇÃO CRIMiNOSA DENOMINDADA PT, ONDE CONSEGUIU ATÉ O MOMENTO A IMPUNIDADE DA JUSTIÇA BRASILEIRA. UMA VERGONHA......

    ResponderExcluir
  16. a veja é muito muito suja estão fazendo uma campanha no tuíter contra ela e é preciso fecha o nariz e tapar esse esgoto

    ResponderExcluir
  17. O Brasil deve agradecer a reveista VEJA pelas reportagens investigativas. O PT é uma organização criminosa e popularizou a corrupção. Deveríamos protestar todos os meses contra a corrupão. Quem tem que fazer faxina somos nós.

    ResponderExcluir
  18. A VEJA são os olhos e os ouvidos da sociedade correta, que clama por justiça diante de tanta bandalheira. JOSÉ DIRCEU já era para estar no xilindró há muito tempo. Mas o que vemos é a impunidade e a prescrição do processo. Onde está a justiça desse país ? Essa justiça somente vemos em veja. Que Deus proteja os corajosos jornalista dessa excelente revista..

    ResponderExcluir
  19. A conduta desse quadrilheiro é um escárnio à sociedade. Ele se vangloria e persiste comandando os esquemas dentro e fora do governo. Tudo à vista de todos. Parece que a sociedade somente enxerga quando a VEJA enxerga.Esse impostor está pouco se lixando para a lei ou para a justiça.O que aconteceu até agora de punição para suas cafajestices ?

    ResponderExcluir
  20. Esse indivíduo nunca saiu do governo. É um grande parasita da nação. Com suas canalhices sempre se deu bem.

    ResponderExcluir
  21. O Cacciola foi caçado em Montecarlo, preso, extraditado e mantido na prisão por 4 anos por gestão fraudulenta e desvio de dinheiro, que teria gerado um prejuízo de 1,5 bi aos cofres públicos. Tirando o mérito da prisão, se foi justa ou não, quanto de prejuízo esse TERRORISTA DEDO-DURO do José Dirceu já causou aos cofres públicos nesses anos todos e com todas essas negociatas? E o MENSALÃO do Lulla, quanto já nos custou? Sr. Joaquim Barbosa, 20 anos para esse CHEFE de QUADRILHA ainda é muito pouco

    ResponderExcluir
  22. A imprensa "oficial" tenta desqualificar a Veja que em dois meses derrubou dois ministrosa corruptos, não invertamos as coisas: o criminodso é Zé Dirceu, o chefe dos 40 ladrões. Que ele seja varrido na faxina de Dilma. Fora os corruptos de esquerda, direita...

    ResponderExcluir
  23. EITA BRASIL HIPOCRITA, QUANDO PROIBEM É DITADUDA, QUANDO LIBERAM É INSENSATEZ. PARECE QUE NINGUEM PODE MEXER COM LULA E AMIGOS, MESMO ELES ESTANDO ERRADOS, OU SEJA, A DIREITA NÃO PODIA ROUBAR OS COFRES PUBLICOS, A ESQUERDA PODE. AH SE ESSES POLITICOS MORASSEM EM ALGUM PAÍS ISMALICO, SERIA UNS SEM A MÃO ESQUERDA, OUTROS SEM A MÃO DIREITA E AINDA TERIA AQUELES SEM AS DUAS MÃOS. EX. PREFEITOS DAS CIDADES PERNAMBUCANAS.

    ZÉ MARIA.

    ResponderExcluir
  24. a veja é escrota vendida aos interesses americanos.

    ResponderExcluir
  25. A (não)Veja é o esgoto da imprensa brasileira. Quando abrir sua páginas, é melhor tapar o nariz.

    ResponderExcluir
  26. O jornal inglês é responsável dentre outras coisas, pela morte do brasileiro Jean Charles de Menezes, no metrô de Londres. A Veja com os mesmos artifícios desse jornal, será que também não tem sangue de inocentes em suas páginas?

    ResponderExcluir
  27. José Fernandes Costa30 de agosto de 2011 18:16

    A revista Veja NÃO faz jornalismo. Faz gangsterismo, banditismo na "grande" imprensa. -Isso é uma verdade que não exige prova. Roberto Civita é um grande crápula. É o chefe da quadrilha da Veja./.

    ResponderExcluir
  28. No twiter cresce o movimento contra Veja, a revista que perdeu a vergonha e a credibilidade dos brasileiros conscientes.

    ResponderExcluir