sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

DEFESA DOS SISTEMAS DE ENSINO

Conversei hoje com um profissional da área de educação sobre essa discussão entre os colégios de Garanhuns a respeito dos sistemas de ensino (ver texto abaixo intitulado Anúncio Polêmico). Segundo o professor esses sistemas têm sido a grande novidade na educação brasileira, fato comprovado por avaliação do PISA e do MEC. “Escolas e municípios que utilizam sistemas, tiveram melhor desempenho nas suas avaliações”, frisou..
Na opinião desse educador os sistemas têm grandes vantagens, como as enumeradas abaixo:

- Unificação de conteúdos de forma, com isso o aluno tem maior competitividade.

- Melhor e maior acompanhamento pedagógico.

Dinâmica educacional mais moderna.

Formação integral do aluno.

Material de qualidade e atualizado (enquanto o livro tradicional leva 4 anos para atualização, os livros usados nos sistemas são atualizados em tempo real)

 Menor custo do material.

Mais conteúdo para os alunos.

Melhor acompanhamento para os pais.

Apoio as escolas participantes.

Não interferências nas propostas educacionais das entidades parceiras, muito pelo contrario, fortalecimento dessas propostas.

- Por esses e tantos motivos, os Sistemas de Ensino se apresentam como a boa e grande noticia educacional no nosso País que infelizmente tem apresentado vários fracassos nessa área.

Um comentário:

  1. Totalmente inteligível e aceitável que este blog, patrocinado por dois colégios ligados a sistemas de ensino, defendam seus clientes... Como idealizador e criador da campanha SER HUMANO do Colégio CMA, sinto-me no direito de defender a comunicação como fator preponderante de democracia e valorização das opiniões alheias. Em nenhum momento se atinge colégio A ou B, ou mesmo Sistemas Educacionais. Este anúncio, veiculado no Jornal FolhaVox como direito de resposta ao mesmo, em razão da sua edição anterior conter matéria errônea, citando o CMA como utilizador de Sistema de ensino. A despeito da matéria, O CMA, tradicional e respeitável instituição de ensino, mostra a manutenção do seu foco tradicional numa trajetória vitoriosa nos últimos 55 anos, perante uma tendência que, como o jornalista Roberto defende, tem suas vantagens - os sistemas-. Aos ilustres diretores e proprietários de escolas, nosso profundo respeito e reconhecimento pelos avanços. Em relação ao mesmo Duda Mendonça, citado pelo Roberto, abstenho-me de comentá-lo pois o mesmo não é a melhor referência do marketing de varejo. No marketing Político ele não é o mais ético também. Marketing Político e Educacional são vertentes bem diferentes. Há 15 anos milito nas duas... Abraços. Marcelo Jorge

    ResponderExcluir