ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

sábado, 18 de setembro de 2010

UM TIRO NO PÉ

Os programas eleitorais na televisão dizem muito da campanha política. Especificamente com relação à sucessão do presidente Lula, os marketeiros de José Serra continuam cometendo erros primários. Neste sábado, no horário de José Serra, o nome da candidata adversária, Dilma Roussef, foi citado pelo menos 10 vezes. Chegaram ao ponto de incluir o depoimento de uma popular perguntando, de forma a desqualificar a candidata: "Quem é Dilma"?. Essa preciosidade tem pelo menos três leituras: 1) Os tucanos demonstraram soberba e tentaram humilhar o oponente, que aliás é uma mulher. É quase certo que o povão não gosta disso; 2) O PSDB de José Serra bate cabeça com os fatos: As pesquisas mostram que a maioria dos brasileiros já sabe que Dilma é a candidata de Lula e há 15 dias da eleição lidera todos os levantamentos feitos junto ao eleitorado com folga; 3) A insistência em citar o nome da adversária e seu próprio programa, chegando ao ponto de insinuar "esta mulher não é ninguém" revelou grosseria, desespero e incompentência.
Posso estar errado, mas acho que jogadas desse tipo representam um "tiro no pé". Desse jeito não tem revista Veja nem Jornal Nacional que salvem a oposição da derrota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário