SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 30 de novembro de 2013

A ARTE DA POLÍTICA

Cena do passado recente

Em 2010 estava todo mundo no mesmo palanque: Lula, Eduardo, Dilma e Armando Monteiro. E cada um desses personagens só encontrava qualidades no outro. Este ano as coisas começaram a mudar e em 2014 a mudança será ainda maior. Por conta das eleições e dos interesses, que agora são outros.

Eduardo já começou a encontrar defeitos em Dilma e tenta convencer o povo brasileiro que se chegar à presidência da República fará melhor do que ela. A petista revida usando a máquina, está na ofensiva para atrair deputados, governadores e prefeitos. O pacote de bondades da presidenta é do tamanho do Brasil.

Armando continua aliado do PT, mas no seu discurso já começou a encontrar defeitos no Governo de Pernambuco. Segundo o petebista a educação deixa a desejar e Eduardo não pode criticar o número excessivo de ministros, porque tem 29 secretários no Estado.

Por enquanto é só o ensaio. Quando vier a campanha e os programas eleitorais no rádio e televisão, os ataques serão mais duros. Isso é política.

4 comentários:

  1. A Arte da Canalhice isso sim!!! Depois da eleição todos estarão juntos, mas "Dividindo o Brasil em mil Brasis, pra melhor assaltar de ponta a ponta", como diz a música do grande Zé Ramalho.

    ResponderExcluir
  2. Um bom político que se preze não tem nem amigos, nem inimigos, pois os amigos de hoje podem ser os inimigos de amanhã, e vice-versa !!!!

    ResponderExcluir
  3. José Fernandes Costa30 de novembro de 2013 23:38

    Por tudo isso, continuo com Dilma. - Vale acrescentar que Armando Monteiro NUNCA recebeu um voto meu. E não receberá, nem pra síndico do edifício onde moro. - 2. Se Dilma era boa pra Eduardo e hoje já não presta, como entender esse "jogo"? - Fico fora do "jogo" e voto na presidenta DILMA./.

    ResponderExcluir
  4. Nossa Garanhuns, infelizmente continua esquecida pelo atual governo do estado, durante 8 anos recebeu pouquíssimos investimento, em comparação as grandes cidades do estado.

    ResponderExcluir