PREFEITURA DESISTE DE EXPULSAR VENDEDORES DE FRUTAS E VERDURAS DA COHAB II


Pelo menos até a eleição os vendedores de frutas e verduras da Avenida Deolinda Valença, na Cohab II, podem continuar vendendo seus produtos sem serem importunados por fiscais da prefeitura.

Semana passada, como foi divulgado por nós, funcionários do município estiveram no local e deram um “ultimato” aos comerciantes para saírem do local.

Angustiados, eles procuraram a vereadora Betânia da Ação Social que lhes deu deu apoio,  após ser informada da situação.

Até com o padre da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus a vereadora falou.

A notícia do blog foi parar no programa “Arraiá do Gláucio Costa”, na Rádio Marano, dando mais força ainda à luta dos vendedores.

Segundo um repórter da cidade, o pré-candidato a prefeito Silvino Duarte chegou a telefonar para Izaías Régis para falar sobre o problema.

Depois de toda repercussão, a prefeitura recuou, os fiscais não pressionaram mais os pequenos comerciantes.

Hoje a vereadora Betânia da Ação Social foi festejada pelos vendedores de frutas e verduras como uma heroína. Pelo menos por enquanto eles vão poder continuar tirando o dinheiro do sustento com seus pequenos negócios.

Há informações de que o prefeito Izaías Régis anunciou a intenção de construir uma praça para localizar os vendedores.

Até o dia 15 de novembro é difícil, mas já se sabe que eleição faz milagres.

*A foto que ilustra a matéria foi tirada à distância. Mas dá para ver que em vez de proibir as pessoas de trabalhar o Governo Municipal devia primeiro se preocupar em melhorar o local. A Cohab II com os loteamentos em volta é maior do que Calçado, mas não tem sequer uma praça. 

Um comentário:

  1. QUE A VERDADE SEJA DITA E RESTABELECIDA PARA QUEM QUISER E A QUEM INTERESSAR POSSA, SENÃO VEJAMOS: Com seu poder de articulação e por ser uma pessoa muito respeitada perante os feirantes da COHAB II, a ex-vereadora Andréa Nunes foi quem ARTICULOU todas as conversas dos vendedores com o prefeito e com o funcionário da prefeitura, Piquê, que é o diretor de abastecimento. Depois de três reuniões chegou-se a um denominador comum: os feirantes vão continuar com suas bancas no mesmo local onde estão e quando for começar a construção da praça eles não poderão mais permanecer por lá.


    No entanto, o local escolhido e sugerido por Andréa Nunes para, posteriormente, os vendedores se deslocarem pra lá e a construção da CENTRAL DE ABASTECIMENTO começar foi acordado e respeitado por todos os presentes, pois a escolha caiu para a RUA 39, próximo à construção de uma igreja e vai ficar em definitivo o ponto de venda para todos os feirantes do bairro da COHAB II. Resumo da história: todos ficaram satisfeitos com o acordo e encontraram o caminho correto através do diálogo aberto entre os feirantes, o prefeito, o diretor de abastecimento da prefeitura e a incansável e legítima representante dos feirantes, Andréa Nunes.

    P.S1.: - Aliás, diga-se de passagem que, quando assumiu o cargo de vereadora, Andréa Nunes teve como seu PRIMEIRO requerimento, justamente a construção da praça da COHAB II, obra que já foi iniciada juntamente com o recapeamento asfáltico da Avenida Deolinda e o novo asfalto do loteamento Manoel Camelo. Todas essas três obras, eis a vetdade restabelecida, foi um pedido e cobrança da ex-vereadora ao prefeito Izaías Régis que foram prontamente atendidas e já estão em pleno andamento e que serão terminadas, ainda este ano. Da qual Andréa agradece de público ao prefeito Izaías pela dignidade estrutural que ele deu à COHAB II.

    P.S2.: - Já o possível futuro ptefeito Silvino Andrade, desde já, assumiu um compromisso com a também possível futura vereadora Andréa Nunes de construir uma Central de Abastecimento ou um tipo de MINI CEASA naquele bairro.

    P.S3.: - É bom que se diga e fique bem claro que isso NÃO quer dizer que outras pessoas também lutaram pela causa, em absoluto!!!

    P.S4.: - Esta é a grande vantagem de uma imprensa livre e democrática que nos dar a chance de você contar o caso como o caso foi...

    ResponderExcluir