Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

PAULO CÂMARA DIZ QUE RECIFE FAZ MELHOR CARNAVAL


Abrindo, oficialmente, o Carnaval do Recife, o governador Paulo Câmara, ao lado da primeira-dama, Ana Luiza, e acompanhado do prefeito Geraldo Julio, prestigiou, nesta sexta-feira (21), o início dos festejos de Momo na capital pernambucana. 

O governador circulou pelo Marco Zero, onde é realizada tradicionalmente a abertura, conversou com foliões e turistas e assistiu às apresentações. Com o tema “A criança, o circo e a cultura popular”, o espetáculo contou com elementos circenses e com a diversidade da produção cultural, que faz parte da identidade da cidade e dos recifenses. Este ano, os homenageados do carnaval são o Maestro Edson Rodrigues e o centenário Bloco das Flores.

“O nosso Carnaval é o melhor do Brasil porque é o povo, com a sua alegria e irreverência, quem faz a festa. Hoje, na abertura do Carnaval do Recife, mais uma vez os pernambucanos mostraram como gostamos de nos divertir: em paz e com aquela animação própria da nossa gente. Circulei pela Praça do Marco Zero, conversei com foliões de todos os cantos do Estado e com alguns turistas, que ficaram encantados com a festa de cores e com os ritmos que embalam a folia. O prefeito Geraldo Julio e a Prefeitura do Recife estão de parabéns por proporcionarem uma estrutura tão bonita e organizada. Esperamos que o carnaval siga assim até o último dia”, afirmou Paulo Câmara.

A primeira parte do espetáculo contou com a apresentação de cerca de 300 crianças e adolescentes, que chegaram ao Palco do Marco Zero pelo Passeio Rio Branco. O cortejo foi feito ao som de 100 músicos da orquestra do Maestro Ademir Araújo. As crianças e adolescentes fazem parte de grupos e escolas de dança populares, além de agremiações carnavalescas e cerca de 70 circenses. Em seguida, o multiartista Antônio Nóbrega comandou a festa no palco, com um repertório exclusivo para o abre do carnaval.

O prefeito do Recife explicou que o circo, tema do carnaval da cidade, tem tudo a ver com a alegria e espontaneidade do folião recifense. A expectativa, disse Geraldo Julio, é de fazer um grande carnaval. “Tenho certeza de que vai ser o maior carnaval da história do Recife. Os hotéis estão praticamente 100% ocupados, tivemos mais de 110 voos extras no nosso aeroporto, todas as festas até agora bateram recorde de público. A festa está pronta, com o apoio do Governo do Estado. Agora, é a vez de o folião fazer essa grande festa que é o Carnaval do Recife”.

O prefeito fez questão de destacar, ainda, que 99% da grade de programação dos polos de animação no Recife é composta por artistas pernambucanos. “Estamos valorizando a nossa cultura, a nossa arte, o frevo, o maracatu, enfim, todos os ritmos”, pontuou.

Foto: Heudes Regis

3 comentários:

  1. Todas as manifestações populares fazem parte da cultura.A cultura vem de fora para dentro e penetra no seio da sociedade.A sabedoria vem de dentro para fora e qualquer um pode ser um sábio.

    Querer macular o carnaval é um erro grosseiro de todo e qualquer administrador público.Antigamente,quando os 2 blocos desfilavam pelas principais ruas e praças da cidade de Lagoa do Ouro era uma alegria total.

    A família Monteiro e a família Alves da Silva cujos patriarcas dominaram por muitos anos Lagoa do Ouro faziam questão de organizar os seus blocos carnavalescos e assim os filhos da terra podiam brincar o seu carnaval em casa sem gastar muito dinheiro.

    Em 1994 na qualidade de secretário municipal de governo do ex-prefeito Marquidoves Vieira Marques tentei alavancar o carnaval e consegui.

    A prefeitura doou a banda e os 4 foliões,VALDEREDO FRANÇA,COSME DE SOUZA MONTEIRO, PEDRO BASÍLIO E BATATINHA toparam em organizar um dos melhores carnavais de Lagoa do Ouro. Foi um êxito total.Mas em 1995 meia dúzia de pessoas que nunca fizeram nada por Lagoa do Ouro a não ser fofocar acabaram com o carnaval e no ano seguinte tiraram das mãos do quarteto o carnaval e até hoje carnaval em Lagoa do Ouro não existiu mais.

    Brinquei 6 anos carnaval em Recife. Durante o dia a FREVIOCA do ex-prefeito e governador Jarbas Vasconcelos puxavam os grandes blocos carnavalescos e durante à noite as pessoas que podiam procuravam os bailes no Náutico,Santa Cruz,Sport e Clube Português,etc.

    ResponderExcluir
  2. 0 RECIFE CAPITAL DO FREVO.0s prefeitos vão e os governadores idem,mas a tradição não pode e nem deve se acabar.

    0s milhões e bilhões que são gastos pelos trabalhadores que querem brincar e se divertir não tem preço.As empresas ganham,as indústrias faturam,as polícias civis e militares são chamadas para garantirem a ordem e a segurança,os hotéis superlotam de turistas,as bandas são contratadas com os músicos e cantores(as),as frotas de ônibus são contratadas para levar e trazer os foliões,os bares faturam,as famílias se divertem e assim o país para para assistir as festas carnavalescas bem com os meios de comunicações de massa fazem as coberturas em tempo recorde.

    No ano passado foram mais de 9 bilhões circulando no Brasil.0s governos municipais e estaduais que não gostam de carnaval não deveriam ter sido eleito pelo povo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 0 maior exemplo do carnaval é o RIO DE JANEIRO com a Marquês do Sapucai.Lá se brincam o maior carnaval do mundo.0s empresários investem na indústria do turismo.Quem for contra o carnaval não permanece na política.Simples assim. Isto é cultura!

      Excluir