quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO FAZ CONTRATO ESTRANHO

Fundação Joaquim Nabuco, com sede no Recife, contratou um jornalista, de nome Múcio Aguiar Barbosa, para fazer pesquisa e relatório sobre “Devoções Católicas Populares do Nordeste”.

Profissionais de imprensa da capital estranham que a Fundação, que é um órgão de pesquisa, tenha feito esse contrato com o jornalista. Acreditam que há pessoas na própria instituição que poderiam fazer o trabalho.

Valor do contrato é considerado um escândalo: R$ 189 mil.

Presidente da Fundação Joaquim Nabuco, Antônio Campos, que recentemente foi notícia em todo Estado por conta da briga política com o sobrinho, deputado federal João Campos, precisa esclarecer direitinho esse negócio.

Para ninguém pensar que se trata de algum malfeito.

*Na ilustração o extrato do contrato feito pela Fundação com o jornalista. Quase 200 mil reais dá para resolver a vida de um bocado de gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário