ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

MARINA SILVA LEVA 'INVERTIDA" NO TWITTER


Por Junior Almeida

A ex-ministra Marina Silva usou sua conta no Twitter para se manifestar sobre as queimadas e grilagem de terras na Amazônia. Dando a entender que não ter nenhuma responsabilidade pela chegada de Bolsonaro ao poder e a conseqüente desordem no “Pulmão do Mundo. Marina postou:


A situação é grave, de descontrole e de escalada da violência na Amazônia. O assassinato do indigenista Maxciel Pereira dos Santos exige investigação urgente e rigorosa pela Justiça. O efeito da sua morte pode ser devastador para as ações na Amazônia.


O pequeno texto de Marina, que faz parte dos quadros do Partido Rede Sustentabilidade, foi o suficiente para a jornalista Hildegard Angel, filha da célebre estilista Zuzu Angel, que empresta seu nome a uma das mais importantes vias do Rio de Janeiro, retrucar. Angel alfinetou a ex-seringueira dizendo:


Tenho muita tristeza de saber que nomes de relevo da política brasileira ou estimularam o Golpe contra Dilma ou se omitiram coniventemente. E a vítima somos o povo, o país, a nossa soberania, a democracia brasileira. O golpe transformou o país num veículo descontrolado e sem rumos.


Marina Silva, que como muitos que ajudaram a golpear a democracia brasileira e ainda não se manifestaram publicamente pedindo desculpas, bem que poderia ter ido dormir sem essa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário