SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sexta-feira, 19 de julho de 2019

CONSERVATÓRIO PERNAMBUCANO DE MÚSICA NO FIG


   Da Assessoria do CPM

Orquestra de Câmara de Pernambuco, Antônio Nóbrega, SaGRAMA e Ayrton Montarroyos são alguns dos artistas que se apresentam na Igreja de Santo Antônio


O Conservatório Pernambucano de Música reservou uma programação especial para o polo localizado na Catedral de Santo Antônio, dentro do 29º Festival de Inverno de Garanhuns, neste final de semana. Shows como “Um mergulho no nada”, de Ayrton Montarroyos, na sexta-feira (18), Antônio Nóbrega e grupo SaGRAMA, no sábado (19); e o concerto “Musicais”, com a Orquestra de Câmara de Pernambuco e a Liberi Cia Artística, no domingo (21), fazem parte do programa gratuito, que segue até o próximo sábado (28).


Esta é uma oportunidade para o público conhecer a história da música brasileira, através de artistas jovens e veteranos. Buscamos a melhor música brasileira, seja erudita ou popular, lembrando compositores e intérpretes injustamente relegados ao esquecimento, mas fundamentais para a compreensão do que é a verdadeira arte musical do Brasil. Neste ano, o FIG homenageia Jackson do Pandeiro, e nós pedimos licença para estender as homenagens para Villa-Lobos, pelos 60 anos de sua morte, Chico Buarque de Hollanda, pelos seus 75 anos, e para o caruaruense Luiz Vieira, que completa 90 anos este ano, destaca a gerente geral do Conservatório, Roseane Hazin.



SEXTA-FEIRA (19)

Na sexta-feira, a partir das 16h, a Orquestra de Câmara de Pernambuco prestará homenagem aos 60 anos da morte de Heitor Villa-Lobos e apresentará árias de ópera, com a soprano Carmen Monarcha e regência do maestro José Renato Accioly. O concerto é dividido em duas partes. A primeira homenageará as composições mais famosas de Heitor Villa-Lobos. Árias de ópera de Gioachino Rossini, Giacomo Puccini e Georges Bizet estão no repertório da segunda etapa da apresentação.


Vamos homenagear o compositor de maior projeção de música de concerto que o Brasil já teve. Vamos tocar peças muito conhecidas dele, como “Trenzinho caipirinha”, e “Bachianas brasileiras” nº 2, 4 e 5, explica o regente José Renato Accioly.


A Orquestra de Câmara de Pernambuco investe em um repertório eclético, realizando concertos que vão do erudito ao popular. As parcerias também são uma prática do grupo, que já fez concertos com o violinista austríaco David Frühwirth, os pianistas Elyanna Caldas e Fábio Martino, Quinteto Violado, Guinga e muitos outros.


Soprano brasileira de personalidade artística marcante, Carmen ganhou fama internacional como solista de André Rieu & Johann Strauss Orquestra. Este ano ela participa como artista convidada da turnê Bela Primavera do tenor brasileiro Thiago Arancam, promovendo o estilo crossover por várias capitais brasileiras.


Às 21h é a vez do cantor recifense Airton Montarroyos lançar “Um Mergulho no Nada”, seu segundo disco, gravado com Edmilson Capelupi (violão de sete cordas).  O álbum foi gravado ao vivo em ensaio e na apresentação de show feito em abril de 2018 no Teatro Itália, na cidade de São Paulo (SP), com produção de Thiago Marques Luiz.  Nesta apresentação, Ayrton Montarroyos será acompanhado pelo violão de sete cordas de Vinicius Sarmento, outro jovem talento pernambucano, sobrinho do grande Bozó 7 Cordas, que já dividiu o palco com artistas como Dominguinhos, Yamandú Costa, Henrique Annes, Tibério Azul, Lula Queiroga e Luiza Possi, entre outros.



SÁBADO (20)
O ponto alto da programação de sábado é o concerto do SaGRAMA com o artista Antônio Nóbrega. A apresentação, às 16h, mescla composições do grupo e do músico, como “Banana machucada”, “Batata doce” e “Presepada”, do SaGRAMA; e “Poeta não cala”, “O rei e o palhaço” e “Chegança”, de Antônio. O grupo tem nove discos gravados e vendidos dentro e fora do país. O grupo, que gravou a trilha sonora original do filme O Auto da Compadecida do escritor Ariano Suassuna e direção geral de Guel Arraes, ainda assinou também trilhas sonoras originais para teatro dos países Holanda e Portugal.


Nascido em Recife, Antônio Nóbrega integrou o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música, entre eles Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Madeira Que Cupim Não Rói, e Pernambuco Falando para o Mundo. Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural.


No mesmo dia, às 21h, Chico Buarque de Hollanda é homenageado pelos seus 75 anos no show “Buarqueanas”, do saxofonista e flautista Alexandre Caldi, acompanhado pelo quarteto de cordas Encore. Alexandre selecionou canções que Chico Buarque fez sozinho e se inspirou a criar arranjos livres e ousados que corroboram a força e a beleza das melodias de Chico, mesmo sem as letras. Da sofisticada “Joana Francesa” e da debussyniana “A Ostra e o Vento” à carnavalesca marcha-rancho “Noite dos Mascarados”, este concerto é uma viagem musical pelo lirismo do grande compositor.



Formado por Carlos Santos (1º violino), Rafaela Fonsêca (2º violino), Laila Campelo (viola) e Fabiano Menezes (violoncelo), o Quarteto Encore vem conquistando o seu espaço no cenário musical de Pernambuco, tendo como principais características a sonoridade refinada e a versatilidade do repertório, que varia do clássico ao popular.



DOMINGO (21)

O domingo será marcado pelas trilhas sonoras famosas dos musicais cinematográficos. A Orquestra de Câmara de Pernambuco, junto com o Coro de Câmara do Conservatório Pernambucano de Música e o grupo Liberi apresentam o espetáculo “Musicais”. Temas como o do filme “O rei leão”, “Mamma Mia”, “Os miseráveis” e “A Bela e a Fera” fazem parte do repertório cantado pelos solistas Gleyce Melo, Madson de Paula e Mônica Muniz.


Estrela do primeiro time da música popular brasileira, Leila Pinheiro é intérprete, compositora e pianista. Com 38 anos de carreira, a artista apresenta seus maiores sucessos no formato voz e violão, a partir das 21h. Ela gravou 19 CDs e três DVDs, interpretando o cancioneiro brasileiro clássico por seus grandes criadores - os que vieram vindo e os que vêm chegando. Leila Pinheiro é sinônimo da melhor música brasileira: clássica, moderna, eterna.



SEGUNDA (22)

A intérprete Sheyla Costa e o grupo Matéria Prima apresentarão “Na pele de Elis, na segunda-feira (22), a partir das 16h. Sheyla arranca suspiros da platéia que se sente próxima de Elis pela semelhança física do timbre de voz da artista, revivendo a música popular brasileira das décadas de 60, 70 e início dos anos 80. O repertório conta com uma hora e quarenta de espetáculo.


Elis Regina é minha maior referência como intérprete, mulher e cidadã. Seu repertório conta com músicas que retratam situações que perduram, e acho que a juventude precisa resgatar essa essência de Elis para ter uma abertura maior da mente. Estou muito feliz e emocionada em poder trazer toda essa bagagem para o público, declara.


Às 21h, o barítono Leonardo Neiva, consagrado no mundo da ópera e dos musicais, irá mostrar sua versatilidade cantando clássicos do jazz, pop, rock, MPB, musicais e lírico para comemorar os 20 anos de sua carreira no Brasil e no exterior. O show terá 18 músicas em seu repertório. Ele será acompanhado pelo violonista, guitarrista e produtor musical Leo Mancini, indicado em quatro categorias ao Grammy Latino pelo seu trabalho Acoustic Hits.


Convidado freqüente das mais importantes orquestras e teatros do país, Leonardo vem se destacando nos últimos anos como o mais importante barítono brasileiro de sua geração. Foi um dos protagonistas do musical Les Misérables no Brasil e no México e, em 2018, protagonizou o icônico e mais famoso personagem dos musicais, o Fantasma da Ópera.


Após ter sido indicado ao Grammy Latino em quatro categorias com seu álbum Acoustic Hits 2 (Sony Music), Leo Mancini ganhou destaque com sua música autoral “Love Reaction” que teve mais de 250 mil execuções somete no Spotify. O músico está em processo de gravação de seu novo trabalho autoral.




SERVIÇO
Conservatório Pernambucano de Música no 29º FIG – De quinta-feira (18) a sábado (27), a partir das 16h, na Igreja de Santo Antônio (Av. Santo Antônio, 05, centro – Garanhuns). Evento aberto ao público.


PROGRAMAÇÃO


DIA 19 – SEXTA-FEIRA
16h – ORQUESTRA DE CÂMARA DE PERNAMBUCO
       Solista: CARMEN MONARCHA (Soprano)
       Regência: José Renato Accioly
       HOMENAGEM A VILLA-LOBOS E ÁRIAS DE ÓPERAS

21h – AYRTON MONTARROYOS
       Violão 7 cordas: Vinícius Sarmento
       SHOW “UM MERGULHO NO NADA”


DIA  20 – SÁBADO
16h – SaGRAMA e ANTONIO NÓBREGA

21h – ALEXANDRE CALDI e QUARTETO ENCORE
      SHOW “BUARQUEANAS”


DIA 21 – DOMINGO
16h – ORQUESTRA DE CÂMARA DE PERNAMBUCO, CORO DE CÂMARA DO CONSERVATÓRIO                     
       PERNAMBUCANO DE MÚSICA E LIBERI CIA ARTÍSTICA
Participações: Gleyce Melo, Madson de Paula e Monica Muniz
       SHOW “MUSICAIS”
Regência: José Renato Accioly
21h – LEILA PINHEIRO – VOZ E PIANO


DIA 22 – SEGUNDA-FEIRA
16h – SHEYLA COSTA – NA PELE DE ELIS
       ORQUESTRA MATÉRIA PRIMA

21h – LEONARDO NEIVA (Canto) e LEO MANCINI (Violão/Guitarra)
       SHOW “ACÚSTICO”


DIA 26 – SEXTA-FEIRA
21h – DUO SIQUEIRA LIMA (Violões)


DIA 27 – SÁBADO
16h – BOCA LIVRE
       SHOW “VIOLA DE BEM QUERER”

21h – JOÃO BOSCO
       SHOW “MANO QUE ZUERA.”



*Fotos: Assessoria do CPM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário