Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sábado, 21 de julho de 2018

DORIVAL CAYMMI É HOMENAGEADO HOJE NO FESTIVAL


Na programação do Festival de Inverno, neste sábado, uma apresentação muito especial passa quase desapercebida dos moradores da cidade e turistas.

É que muita gente se preocupa muito com o palco principal, na Praça Mestre Dominguinhos, outros se ligam no palco pop, no Parque Euclides Dourado, alguns pensam nos palcos da Cultura Popular ou de música instrumental, no centro da cidade e Pau Pombo, respectivamente.

É na Catedral de Santo Antônio, porém, que acontece hoje um dos grandes momentos deste FIG.

Na igreja matriz de Garanhuns, às 16h de hoje, será realizado o show “10 anos sem Dorival Caymmi”, uma homenagem ao grande cantor e compositor baiano.

Danilo Caymmi, filho de Dorival, será uma das estrelas da apresentação, cantando alguns dos muitos sucessos do pai e tocando flauta. Será acompanhado por músicos de gabarito como Flávio Mendes (violão), Itamar Assiere (piano), Paulo Vicente (bateria) e Jefferson Lescowich (baixo), com participação especial de Carmen Monacha.

Dorival Caymmi, pra quem não sabe, compôs alguns clássicos da música popular brasileira, como Só Louco, Vatapá, Peguei Um Ita no Norte, Festa de Rua, Rainha do Mar, Nem Eu, Pescaria, O Vento e muitos outros, gravados por artistas do porte de Gal Costa, Gilberto Gil,  Caetano Veloso e a filha Nana Caymmi, para ficar só nos baianos.

A catedral, como todos os anos, está com uma ótima programação. Na quinta-feira passou por lá o músico Wagner Tiso, parceiro de Milton Nascimento em vários momentos da carreira do cantor mineiro.

Nesta sexta foi a vez da Orquestra de Câmara de Pernambuco, que diante de um público significativo e educado executou clássicos como “O Fantasma da Ópera”, de Andrew Lloyd Webber, e a abertura de “Orfeu no Inferno”, de Jacques Offenbach.

A programação na Catedral de Santo Antônio inclui ainda o projeto Virtuosi na Serra, também com música erudita e no sábado, 28, encerra a parte organizada pelo Conservatório com apresentação de Francis Hime (grande parceiro de Chico Buarque), sua esposa Olívia Hime acompanhados da Orquestra de Câmara de Pernambuco.

Música boa, todo mundo sentado, sem levar chuva ou sofrer com o frio e que não se entende bem o porquê é esquecida pela mídia e escapa dos criticismo inútil dos que adoram polemizar com o Festival.

Nenhum comentário:

Postar um comentário