ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

domingo, 24 de dezembro de 2017

MARCO CALADO TEM SUA PRESTAÇÃO DE CONTAS REJEITADA PELOS VEREADORES ÀS VÉSPERAS DO NATAL

O prédio da Câmara com segurança policial

ANGELIM - Na quinta-feira, dia 21,  os vereadores de Angelim voltaram a se reunir. 

Desta feita, em segunda sessão extraordinária,  já que na primeira convocação não houve quórum para apreciação das contas do ex-prefeito Marco Calado, rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. (TCE)

Com a falta do vereador Jaime Caldas da Silva Júnior, o presidente do Poder Legislativo angelinense, Maurílio Cavalcanti,  pôs a matéria em votação com a presença de oito parlamentares.

E o resultado foi de quatro votos a favor,  pela rejeição das contas,  e quatro contra o parecer do TCE.

O ex-prefeito necessitava de seis votos favoráveis, quantidade quase que impossível para se reverter o caso. 

Com o resultado obtido, Marco Calado fica inelegível por oito anos.  Contra esta decisão dos vereadores de Angelim na prática não cabe mais recursos.

A sessão extraordinária transcorreu em clima democrático e o ex-gestor apresentou sua defesa por escrito, lida em plenário por deferência do presidente da Casa Legislativa. 

Na justificativa de voto o vereador Asa Preta declarou que em todo parecer do Tribunal vota contra, pois segundo ele, o TCE sempre é contra vereadores e prefeitos.

Os vereadores Oliveira e Robério, foram os mais ovacionados pelos assistentes que entenderam ser seus argumentos convincentes em acompanhar o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco.

O auditório da Câmara estava lotado e com segurança reforçada pela Polícia Militar. 

Assim, a votação transcorreu em clima de ordem e decência. No final houve muita vibração do público com queima de fogos, abraços e desejos de um feliz natal por parte de militantes situacionistas. 

O processo do Tribunal de Contas, acatado pelos vereadores, apresentou 14 itens com irregularidades cometidas pelo ex-prefeito de Angelim.

A Câmara de Vereadores enviará toda peça do processo de votação, entregando em mãos no TCE.

2 comentários:

  1. Não quero de forma alguma entrar no mérito sobre as prestações de contas aprovadas ou rejeitadas pelo plenário das Câmaras Municipais em todo o Brasil.

    Algumas perguntas inIcio fazendo a alguns administradores públicos do Brasil.Por que tantas prestações de contas são reprovadas?

    0 que leva um prefeito ter 22 prestações de contas reprovadas pelos Tribunais de contas dos Estados?

    De quem é ou são os culpados por estas reprovações? 0s Prefeitos,os secretários,os vereadores,os contadores,os servidores ou os assessores jurídicos?

    Será que os culpados sãos os Conselheiros dos Tribunais de contas dos Estados que não gostam dos prefeitos e vereadores?

    Por que se cometem tantos erros assim? Os secretários de administração e finanças prestam as contas de forma errada? Faltam notas fiscais,faltam empenhos,faltam licitações,faltam projetos de leis,Leis? O que estar errado? Por que tantos erros?

    Finalmente,em 1989 eu fui vereador pela primeira vez em Lagoa do Ouro.Naquele ano chegaram as prestações de contas do ex-prefeito Joaquim Ferreira do Nascimento para serem aprovadas ou rejeitadas.Por unanimidade o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco mandou aprovar as prestações de contas do ex-prefeito.

    0 único vereador da oposição era eu.0 ex-prefeito e o prefeito atual da época brigaram.E por 6 meses as prestações ficaram engavetas.Mas o TCE do estado cobrando que a Câmara Municipal aprovasse ou rejeitasse o parecer dos conselheiros do TCE/PE.

    0 ex-prefeito chegou para mim e me perguntou se eu votava a favor dele.Eu lhe respondi que se estiveren corretas.E ele me disse todas as minhas prestações de contas estão corretas.Somente tomei conhecimento do parecer do TCE no dia da votação final.

    Mandei chamar o contador o Professor José Leitão Félix.Pedi que ele apontasse uma falha e uma corrupção nas prestações de contas para eu poder balizar o meu voto.Ele fez suas explanações dizendo que teria feitos as prestações corretamente e que os vereadores teriam o poder de aprovar ou não as prestações de contas. Era um medo da besta fera e o contador com a voz tremula e roca e assim no final eu tirei minhas próprias conclusões.

    Sendo eu o único vereador de oposição e tendo sido ameaçado por quase todos quando me chamaram de doido,besta,boca preta,metido a sabido,tá nervoso tome chá,falso,comunista,subversivo e outras coisas mais iria dar um voto contrariando justamente 6 vereadores que em 1988 eram todos do lado do ex-prefeito e naquele ano de 1989 estavam contra ele? 0 ano de 1988 foi o ano que mais o ex-prefeito trabalhou.

    Terminada a explanação do Professor Contador eu emiti o meu voto a favor do Parecer dos Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado que por unanimidade mandaram que a Câmara aprovassem as prestações de contas do ex-prefeito Joaquim Ferreira do Nascimento.

    Ao chegar na rua um puxa saco do prefeito Natanael Alves da Silva me parou e começou a me interrogar assim: "como é que você foi perseguido,ameaçado,humilhado pelo ex-prefeito e agora você votou a favor das prestações de contas dele"?

    Simplesmente,eu disse ao puxa saco,eu votei a favor da lei.Por unanimidade os conselheiros recomendaram que as prestações de contas do ex-prefeito estavam todas corretas.

    Foi o voto mais consciente que eu aprovei em toda minha vida na qualidade de ex-vereador por Lagoa do Ouro.Naquele ano eu estudava na Universida Católica de Pernambuco em Recife.Por isso que eu perdi em Lagoa do Ouro 7 eleições das 9 que disputei para vereador.

    PROFESSOR ZECA BARBOSA-LAGOA DO OURO-PE. EX-VEREADOR E HOJE MILITANTE POLÍTICO DO PSB DO GOVERNADOR PAULO CÂMARA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naquele ano a votação no final foi assim: 6 x 3.Seis vereadores estavam ao lado do ex-prefeito e do prefeito contra nós do grupo do ex-candidato a Prefeito o Médico Veterinário Arisalay Queiroz Monteiro quando perdemos a eleição por apenas 87 votos.Pense no cara que recebeu tantas ameças que fui eu.Todos eles aplaudiam quando o ex-prefeito me chamava de raspou de caçarola tudo porque morei na casa dos Estudantes em Recife e em 1987 a casa quase fecha e eu sai na televisão cozinhando preparando comidas para mim e 8 colegas meus estudantes sonhadores em ser profissionais do conhecimento humano.

      Excluir