Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

O GOVERNADOR E A PRIVATIZAÇÃO DA CHESF

Por Luciano Siqueira*

A história recente registra tentativas recorrentes de privatização da CHESF - sempre com argumentos precários, segundo os quais o Estado seria inepto para gerir tamanho complexo energético.

Ridículo argumento, que colide frontalmente com a evidência dos fatos.

É o que se repete agora, quando o governo Temer reedita tentativa frustrada no governo FHC. Na remodelagem do setor energético ora apresentada pelo Ministério de Minas e Energia, a transferência do controle acionário do sistema Eletrobrás à iniciativa privada envolve a Companhia Hidroelétrica do São Francisco. Vale dizer: um contundente ataque aos interesses nacionais e do Nordeste em particular.

Resistir é preciso. Na Câmara dos Deputados, por iniciativa da deputada Luciana Santos (PCdoB-PE), é articulada uma frente parlamentar com esse propósito.

Engenheiros e especialistas na matéria têm se pronunciado criticamente sobre o assunto.

Num instante como esse, vale lembrar o governador Miguel Arraes, que em seu tempo compreendeu como poucos a dimensão do cargo - que mais do que obrigações administrativas, implica liderança política.

No governo Fernando Henrique Cardoso, em carta aberta ao presidente da República (cujo rascunho tive o privilégio de conhecer em conversa com o governador), Arraes se pronunciou contrário à tentativa de privatização da Companhia, assinalando que tal intento significava, na prática "privatizar o Rio São Francisco" - um bem público inalienável.

A CHESF não existe sem o rio – dizia ele -, pois de suas águas produz energia. O que equivale a dizer não se pode vender a empresa sem dar, como peso morto, o rio.

Semelhante argumento Arraes brandiu, em outra oportunidade, em artigo publicado na Folha de S. Paulo, citando o engenheiro João Paulo Maranhão Aguiar: "por que privatizar um sistema se ele foi construído em 50 anos de investimentos maciços do povo brasileiro, gera energia boa e barata, comparada ao custo internacional, e dá lucro? Por que países como os EUA e Canadá mantêm estatizados seus sistemas hidrelétricos, havendo até casos de reversão de operadoras privadas para o setor público?” 

Na ocasião - vale destacar como ensinamento às novas gerações -, o governador de Pernambuco fazia ouvir sua palavra segura e firme na defesa da Região e, mais, ainda, na afirmação da absoluta necessidade de controle estatal desse setor estratégico a um projeto nacional de desenvolvimento.


Agora, tanto quanto antes, cabe a todos os que não arriaram suas bandeiras de luta nem cederam às pressões imediatistas de um poder efêmero e nocivo, nem se permitem envolver na atual agenda regressiva de direitos e solapadora das salvaguardas soberanas de nossa economia, somarem esforços na resistência.

*Luciano Siqueira é médico, foi deputado estadual e atualmente é vice-prefeito do Recife. Filiado ao PC do B.

7 comentários:


  1. Propositalmente, tem gente que faz questão de SIMPLIFICAR uma situação primordial, mas tão complexa como é o caso de privatização e/ou concessão, isso é o que podemos chamar de ESTELIONATO INTELECTUAL!!!

    P.S1. : - Caso a ideia do vampirão prospere, Lula não sairá mais candidato a Presidência da República, em razão de perder a boquinha dos 23 mil cargos comissionados para serem distribuídos a putada petralha, os coiteiros de terroristas e os comunas ‘’INCARNADOS’’, haja vista que foi de água abaixo a estatização, donde, o vampirão vai dar fim ao ESTADO pesadão e paizão...


    P.S2. : - A putada petralha que foi crítica da privatização das TELES, recentemente fez vistas grossas para o que falou o palanqueiro Lula em sua caravana de bandidos que roda o Nordeste ao afirmar em Alagoas o seguinte: ‘’AS ZELITES’’ têm ódio ao ver uma empregada doméstica com um Smartphone no ouvido. Para se ter ideia do que o Seboso de Caetés falou, o Brasil tem uma população de 205 milhões de habitantes e, paralelamente, já possui 240 milhões de aparelhos Celulares e Smartphones... GRAÇAS A QUEM, HEIN?!?!?!


    P.S3. : - Já pensou se a BR 232 Caruaru/Recife estivesse na mão da iniciativa privada se encontrava numa situação de penúria daquela?!?!?!


    P.S4. : - Por que será que o desenvolvido estado de São Paulo é possuidor das melhores rodovias do mundo?!?!?!


    P.S5. : - Têm imbecis que abrem a boca para bostejar e bater no peito o seguinte: O PETRÓLEO E NOSSO!!! Ao chegar na bomba de gasolina dá uma poupa do caralho em razão de um litro custar 4 paus...

    ResponderExcluir


  2. Qualquer ‘’MININO BUCHUDO’’ desde que não seja dos ‘’INCARNADO’’ sabe muito bem que, precisamos desesperadamente de investimentos em infraestrutura. Sem isso o país permanece prisioneiro de si mesmo. Sem isso, quando a economia começar a melhorar para valer não teremos energia para rodar nossas fábricas, nem transporte para escoar a produção, nem aeroportos para permitir o crescimento do turismo, nem telecomunicações para suportar novos negócios... O falido Estado brasileiro(que o PT acabou de quebrá-lo, abrindo-o em bandas...), há muito perdeu a capacidade de investimento. Praticamente tudo que arrecada vai para custeio da GIGANTESCA MÁQUINA PÚBLICA(que já chegou a ter 39 ministérios), e para gastos sociais constitucionalmente "CARIMBADOS", como Previdência, Saúde e Educação e, inconstitucionalmente para os bolsos dos mensaleiros e a turma da lava jato que por 13 anos assaltaram a Petrobras, faliram os Correios, assaltaram os fundos de pensões e fuçaram no Banco do Brasil, BNDES e Caixa Econômica Federal...


    P.S. : - Já que os dois ladrões descarados (o Seboso e a Vaca) em 13 anos inchou as estatais com quase 40 ministérios, o vampirão(vice deles!!!) vai colocar em prática a fórmula para DESTRAVAR este ‘’fudido’’ Brasil que os petralhas arrombaram abrindo-o em bandas!!! Enquanto isso, o vice deles, acabou com parte da farra dos mais de 17 mil sindicatos que só trazem atrasos; reformou parte da legislação trabalhista; reformou o ensino médio; e agora começa uma série de privatizações. AVANTE, VAMPIRO!!!

    ResponderExcluir
  3. Neste bendito pacote, O MORDOMO DE VAMPIRO(vice deles!!!) pretende acabar com a mamata e a cachorrada dos contratos de aluguéis superfaturados com a UNIÃO. O objetivo é zerar as despesas com aluguel de imóveis para órgãos públicos. Quer dizer, o VAMPIRÃO vai acabar com essa pouca vergonha que é a farra de aluguéis e economizar quase 2 bilhões de reais do contribuinte ao ano.

    As medidas anunciadas pelo MORDOMO como a limitação dos aprovados em concurso publico ao teto de 5 mil reais, compõem um conjunto de iniciativas que pode significar uma economia de mais de 50 bilhões ao ano e vai garantir um boa margem no orçamento para governos no futuro. AVANTE VAMPIRO!!!


    P.S. : - quando falamos em termos de governos futuros, que fique bem claro que tudo isso e com EXCEÇÃO da putada petralha. Se eles voltarem ao poder, tudo volta a estaca zero, porque eles vão inchar o país de novo com carguinhos comissionados para 23 mil mortadelas!!!


    ResponderExcluir
  4. Quem ler este artigo, se não ficar atento pensa que está nos idos de LENIN e STALIN onde a percepção da realidade está ofuscada pela ideologia. Ideologia marxista(materialismo dialético) ou quem sabe, cubana ou da Coréia do Norte. Privatização é a diminuição do tamanho do estado para que ele se dedique às suas funções primordiais, ou seja, educação, saúde, segurança e vergonha na cara para não roubar. Dispensamos que os incompetentes peguem nossas mãos e nos guiem. Temos nossas decisões e elas estão sendo direcionadas para tentar salvar o país daqueles que cometeram sua ruína em apenas 13 anos.


    P.S. : - O que NÃO deve ser privatizado são os INQUÉRITOS e PROCESSOS do Lula. Aí, nem pensar!!!


    ResponderExcluir
  5. MAMÕES QUEREM GARANTIR AS TETINHAS GORDAS NO GOVERNO!!

    ResponderExcluir
  6. Eu fui o maior crítico das privatizações feitas de 1994 a 2002 por FHC,PSDB e PFL que quase vendiam o Brasil todo quando venderam mais de R$ 70 bilhões do patrimônio do povo brasileiro e no final de 2002 durante o período eleitoral FHC chamou o Lula,Ciro Gomes,Antônio Garotinho e José Serra e disse assim: "o Brasil quebrou e temos que tomar emprestado ao FMI US$ 30 bilhões.Mensalmente estávamos pagando R$ 950.000.000,00 (novecentos e cinquenta milhões de juros).Quando o Lula assumiu em 2003 devolveu os US$ 30 bilhões ao FMI e pagou a dívida externa do Brasil para com o Club de Paris.

    Por ter votado no PSDB em 1994 e 1998 e final ver um doutor em sociologia anunciar um rombo daquele de 2002 me deu uma vontade de quebrar a televisão com FHC e tudo.Naquele ano foi que o Lula cresceu e se tornou presidente do Brasil.

    Eu fui um defensor do Plano Real do FHC com PSDB e PFL.Mas quando descobri que fomos roubados e lesados,pois uma mesa que custava apenas Cr$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil cruzeiros) passou a valer em Real apenas R$ 150,00.Mas quando eu fiz as contas e dividi os Cr$ por 2.750,00 o preço real era de apenas R$ 54,54.

    Quando eu visitei uma casa comercial em Garanhuns e o preço de um guarda roupa custava Cr$ 1.200.000,00 e após o Real ficou valendo apenas R$ 800,00.Quando dividi por Cr$ 2.750,00 o preço Real era de apenas R$ 436,36.

    Em 2002 o risco país era de 2.400 pontos.As reservas cambiais US$ 57 bilhões.As exportações eram de US$ 65 bilhões.0 Dólar disparado a R$ 3,90.

    Quando a Celpe foi privatizada no governo do Dr. Miguel Arraes e Eduardo Campos eu mesmo protestei.0 próprio Jarbas Vasconcelos protestou.Mas quando o dinheiro era para ser liberado para o Miguel Arraes terminar as ELETRIFICAÇÕES prometidas,o que fez Mendonça Filho com Marco Maciel e FHC bloquearam mais de 1 bilhão de Reais e assim Dr. Miguel Arraes não foi reeleito em 1998 .Mas quando o Jarbas Vasconcelos ganhou logo em seguida em 1999 o dinheiro da Celpe foi liberado para o Jarbas Vasconcelos que estava ao lado de FHC.

    Engraçado o governo eletrifica toda a zona rural e dá de presente para a Celpe ganhar dinheiro.E o caixa do governo fica sem dinheiro.

    Na época em que estava ao todo vapor as privatizações no segundo governo de FHC em 1999 eu escrevi um artigo para o Jornal do Comercio de Recife fazendo os seguintes questionamentos.

    Por que FHC não privatiza todas as 5.570 preituras,os 27 governos estaduais e o governo federal vendo tudo aos gringos,aos norte americanos e feichas as portas e mandam as EMPRESAS PRIVADAS E EMPREITEIRAS governarem o país sem concorrências,sem licitações e sem dar satisfações a ninguém?

    Os defensores das privatizações que são empresários que mandaram neste país elegendo e reelegendo suas bancadas com dinheiro ganho com as licitações públicas e que nunca puderam e nem podem FINANCIAR PARTIDOS E POLÍTICOS são os que se envolveram com todas as CORRUPÇÕES brabas do Brasil tudo em nome da GOVERNABILIDADE E DA UNANIMIDADE conforme fez o PMDB e hoje está fazendo MICHEL TEMER com EDUARDO CUNHA vendendo tudo o que o Brasil tem.

    ResponderExcluir
  7. PASMEM!!! Uma das razões que a putada petralha juntamente com os ’’INCARNADOS’’ comunas são contra as privatizações é em face de, quando voltarem ao poder(?), arrumar uma boquinha para os MÉDICOS ESCRAVOS CUBANOS no Ministério da Saúde. Pois, os escravos cubanos de jaleco branco querem virar funcionários públicos no Brasil sem validar diplomas nem muito menos submeterem-se a concurso.

    P.S. : - Atualmente, o Ministério da Saúde contabiliza um total de 145 ações ajuizadas por escravos pleiteando a contratação direta. Tudo isso em razão de, o ministério paga 10 mil reais a cada médico, mas os ESCRAVOS CUBANOS só botam no pé do cipa 1.800, 8.200,00 reais toma o destino da ILHA PRISÃO...


    ResponderExcluir