GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

A MULTIPLICAÇÃO DOS PEIXES

Reza a Bíblia que, certa vez, ao cair da tarde, os discípulos aproximaram-se de  Jesus  e disseram: tudo o que temos aqui são cinco pães e dois peixes e o que faremos para alimentar toda  essa multidão?!?!?!  Tragam-nos aqui para mim, disse ele.  E ordenou que a multidão se assentasse na grama. Tomando os cinco pães e os dois peixes e, olhando para o céu, deu graças e partiu os pães. Em seguida, deu-os aos discípulos, e estes à multidão. Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram.  Os que comeram foram cerca de cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças... POIS BEM!!! O vereador ALCIINDO DE SÃO PEDRO não tem os mesmos poderes de Jesus Cristo, mas sonha com  a  multiplicação dos peixes na barragem da Cajarana, no município de Garanhuns. VAMOS AOS FATOS:

O vereador Alcindo Correia, que é Presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação de Leis, acertadamente  e em boa hora, entrou com um requerimento ao chefe do poder executivo, através  da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente do Município de Garanhuns, bem como do Instituto Agronômico de Pernambuco(IPA), para que sejam elaborados estudos no sentido de REPOVOAR DE ALEVINOS a Barragem da Cajarana, localizada no Distrito de São Pedro, Distrito este, que o Edil garanhuense  é o seu legítimo representante de toda àquela comunidade. Aliás, tem-se conhecimento que o Deputado Estadual Claudiano Martins já tomou a frente, prontificando-se a envidar todos os esforços necessários para que o propósito do vereador Alcindo seja  concretizado.   
    
Depois de 90 dias de chuvas intensivas em toda região, é  de grande valia, tornando-se excessivamente importante uma ação de peixamento, haja vista que  tem uma importância muito grande para àqueles  ribeirinhos da barragem da Cajarana,  porque os peixes vão representar uma fonte de alimento fundamental. Representa também um complemento na renda das pessoas que vivem nessas comunidades. É sabido que, o peixamento de barragens, como seria o caso da Cajarana,  tem grande importância como processo evolutivo e organizacional e serve de estímulo para novas alternativas, mais produtivas, como a AQUICULTURA semi-intensiva, combinada com a pesca e tem como objetivo o povoamento, o repovoamento e a estocagem de caixas d'águas nos quintais das casas para criatórios, fornecendo um alimento saudável para populações de baixa renda, atenuando os efeitos daqueles períodos de  grandes estiagem que havia cinco ou seis anos que atormentava os ruralistas da região do Agreste Meridional.

A tomada de posição do vereador Alcindo  é tão edificante e saudável, que deveria se tornar muito mais abrangente e servir de exemplo para que os seus pares o seguisse e houvesse mais pedidos de propostas dessa natureza nos diversos mananciais do nosso município, principalmente nas barragens do CAJUEIRO, INHUMAS e MUNDAÚ. Pois, Hoje, estamos com 100% da capacidade de armazenamento e um grande volume de água que vai perdurar por 4 ou 5 anos vindouros. Então, conclui-se que,  esse peixamento, além de ser importante para a sobrevivência da barragem, é uma fonte de alimentação para as famílias viverem da pesca como complemento de renda, além de ser um importante ponto de lazer na região para aqueles que se encontram ou moram próximos dessas fontes duráveis conhecidas como mananciais, como também beneficiar os que são adeptos do esporte amador da pescaria de anzol dominicalmente.

Portanto, o oportuno requerimento requisitado pelo nobre vereador, tornou-se bastante apropriado e merecedor de aplausos  pela conveniência vantajosa, donde, beneficiará todo um conjunto ou aglomerado de famílias carentes que moram nos arredores da Barragem da Cajarana e, consequentemente,  sofrem de escassez de alimentos básicos e profunda carência nutricional. Que outras atitudes de abrangência social como esta, ora apresentada, seja uma rotina no exercício legislativo do vereador Alcindo Correia. (Texto: Altamir Pinheiro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário