Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

quinta-feira, 25 de maio de 2017

TEMER MANDA O EXÉRCITO VOLTAR PRA CASA

Após receber críticas da oposição, de integrantes do Poder Judiciário e até de parlamentares aliados, o presidente Michel Temer recusou mais uma vez após tomar uma decisão.

O peemedebista desde que assumiu o governo já por diversas vezes anunciou ou assinou alguma coisa num dia para logo depois voltar atrás.

Desta vez o peemedebista revogou o decreto de convocação do Exército para garantir a segurança nas ruas de Brasília. O ato assinado garantia as forças armadas na capital federal uma semana, mas agora já estão de volta aos quartéis.

Temer recuou depois de uma conversa com Raul Jungmann e outros ministros mais próximos, tendo justificado a retirada das tropas porque não estão acontecendo mais atos de depredação e violência.

A verdade é que mesmo setores do Exército discordaram publicamente do presidente ter recorrido à força.  Para não piorar a relação com os militares e a sociedade em geral, preferiu desmanchar o que tinha feito ontem.

DIRETAS – Nesta quinta o deputado federal pernambucano, Tadeu Alencar, em sintonia com o posicionamento da Executiva Nacional do PSB, divulgou um vídeo nas redes sociais defendendo o afastamento do Presidente da República do cargo.

Tadeu deu o seu apoio à Proposta de Emenda Constitucional (PEC)  do deputado Miro Teixeira (REDE/RJ), permitindo a antecipação das eleições diretas no Brasil.


Para o deputado socialista,  é preciso devolver ao povo brasileiro a oportunidade de, num momento excepcional, escolher o futuro presidente. "Um governo de transição, de diálogo com a sociedade, para que cheguemos em 2018 e possamos fazer um grande debate sobre o futuro do Brasil", afirmou.

*Foto: Fernando Bezerra JR (EFE). Publicada no jornal El País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário