Governo Municipal

Governo Municipal
Juntos por uma Grande Cidade

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

domingo, 21 de maio de 2017

PRISCILA BUSCA SOLUÇÕES PARA CRISE DA BACIA LEITEIRA

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) se reuniu esta semana com o vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry (PMDB), para apresentar ao governo estadual as demandas do movimento “A Força do Leite”, composto por produtores da bacia leiteira do Agreste. Acompanhada de representantes do grupo, Priscila solicitou a intermediação do Executivo estadual na busca de soluções emergenciais para o setor. Municípios da região têm na economia do leite significativa fatia da produção local e se sustentam, desde o início da seca atual (iniciada em 2012), com grande dificuldade. O maior desafio é o fornecimento de água e alimento para o gado.

Entre as pautas colocadas pelo movimento, considerou-se prioritária a atuação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico em três vertentes: a descentralização e regularização da oferta do milho pelo governo federal através da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) – novos postos em Garanhuns, Itaíba, São Bento do Una e Limoeiro, por exemplo -; um programa emergencial para o abastecimento de água na região atingida pela seca, além da aceleração das obras da Adutora do Agreste e, por fim, uma atuação junto ao setor sucroalcooleiro para disponibilizar aos produtores da cadeia econômica do leite 45 mil toneladas de bagaço de cana-de-açúcar para compra. O bagaço é rico em nutrientes e compõe o chamado “volumoso” da alimentação do rebanho.

Num manifesto assinado pelo movimento – composto por um grupo largamente representativo da cadeia produtiva do leite, entre eles produtores, representantes das principais indústrias de beneficiamento do leite, laticinistas artesanais, distribuidores de produtos agropecuários, comerciantes, associações, cooperativas, etc -, ressalta-se a importância da bacia leiteira, que agrega em torno de 400 mil pessoas e atualmente produz 50% do montante oferecido ao mercado em 2011 (ou cerca de 500 milhões de litros de leite por ano).


Para a deputada Priscila Krause, a reunião foi produtiva. “Eu pedi essa audiência com o vice-governador, como secretário, muito mais para dar possibilidade dos produtores se colocarem, para ouvirmos uma pauta extensa, justa e, mais importante, decisiva para a retomada da economia no interior de Pernambuco. Foi uma etapa importante de um processo que terá continuidade”, explicou. No próximo dia 26 de maio, uma audiência pública será realizada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa em Garanhuns, por solicitação dos deputados Eduíno Brito (PP) e Júlio Cavalcanti (PTB). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário