Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 2 de maio de 2017

O PROFISSIONALISMO DE KIARA E DE JACQUELINE MENEZES


Kiara Ribeiro teve razão em reclamar de ter ficado de fora do vídeo produzido sobre a recente edição  do Festival Viva Dominguinhos, principalmente porque outros artistas da cidade não foram esquecidos e ela sim.

A garanhuense é uma excelente cantora, tanto quando interpreta um clássico como “Disparada”, de Geraldo Vandré e Théo Barros, ou faz uma homenagem a Dominguinhos,  fazendo releitura de uma de suas músicas ou mesmo ousando com os versos de “Caminhoneiro”, tão conhecidos nas vozes de Roberto Carlos e de Adriana Calcanhoto.

Mas conheço o profissionalismo e a decência da jornalista Jacqueline Menezes, Secretaria de Comunicação do Município, com quem conversei um pouco hoje sobre esse episódio envolvendo a Kiara.

Jacqueline seria (é) incapaz de discriminar qualquer artista de Garanhuns, ainda mais a Kiara Ribeiro, a quem várias vezes fez elogios na prefeitura ou em outros locais.

Tanto a jornalista é profissional e tem bom caráter, que logo após a queixa justa da cantora procurou se desculpar pelo erro da Secretaria de Comunicação.

Jacqueline e a pessoa que editou o vídeo trabalharam exaustivamente durante o Viva Dominguinhos, produziram o trabalho sobre o evento no limite da capacidade física e cometeram um erro, que pode não ter sido o primeiro nem o último, pois nós seres humanos não somos perfeitos e estamos sempre sujeitos ao lapso, a falha ou ao engano.

Importante é que a Secretaria de Comunicação, através da titular da pasta, reconheceu o erro e resolveu corrigi-lo, incluindo Kiara no vídeo sobre o Viva Dominguinhos.

Garanhuns tem bons profissionais em todas as áreas, tem muita gente boa. E se existem duas pessoas que honram esta cidade são a cantora Kiara Ribeiro e a jornalista Jacqueline Menezes.

As duas são necessárias ao município.  Porque ambas têm o talento e a capacidade profissional de poucos.

*Foto reproduzida do Blog de Kleber Cisneiros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bienal

Bienal