Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 27 de abril de 2017

GARANHUNS ESTÁ EM PAZ, CARUARU VIVE UMA GUERRA

Caruaru  esta semana vive um verdadeiro pesadelo. Em menos de 24 horas seis pessoas foram assassinadas no município (mas de 90 crimes de morte de janeiro até aqui), assaltos acontecem a todo momento no centro e nos bairros, professores estão em estado de greve e os mototaxistas, em protesto contra os que trabalham de forma clandestina, bloquearam as mais importantes avenidas da cidade, ontem pela manhã e à tarde.

Imagino que não está dando nem para a prefeitas Raquel Lyra (PSDB) respirar, com tanta bronca aparecendo de uma só vez e logo no começo do governo.

Alguns problemas, como os da área de segurança, têm mais a ver com o Governo do Estado, mas as questões dos professores e dos mototaxistas são exclusivamente da alçada municipal.

Como o governo está apenas começando, Raquel, que demonstrou competência quando foi deputada e secretária estadual, ainda pode dar a volta por cima, é claro.

Mas que o início está difícil, disso não tenho dúvida. Ainda mais quando está na lembrança a linda campanha feita pela caruaruense, que derrotou “de virada” o ex-prefeito Tony Geral.

A insegurança em Pernambuco não é privilégio de Caruaru. Mas desde o ano passado que a violência por lá está demais, tanto que o município foi destaque negativo até na imprensa do Sudeste por conta do alto número de homicídios.
Se não conseguirem reverter a situação, em vez de capital do Agreste ou Terra de Vitalino ou José Condé, começará a ser chamada de “capital do crime”.

Alguns leitores devem estar lembrados que durante um tempo Garanhuns foi chamada, num trocadilho infame, de “cidade do crime maravilhoso”.


Garanhuns hoje, porém, é um paraíso quando comparada a Caruaru. Aqui vivemos uma relativa paz e lá é como se estivessem em guerra.

*Na foto do G1 o protesto dos mototaxistas em Caruaru, nesta última quarta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bienal

Bienal