Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sábado, 11 de fevereiro de 2017

EXPLODE A VIOLÊNCIA EM PERNAMBUCO

Por Adelson do Vale

A violência explode não só nos grandes centros urbanos e nas capitais, como hoje chega com força em todo interior pernambucano.  Até parece um cenário de guerra urbana esse que estamos vivendo.

As emissoras de rádio e TV, assim como jornais e blogs noticiam todos os dias roubos de veículos, assaltos a estabelecimentos comerciais, explosões de caixas eletrônicos e até arrastões,  o que deixa a população assustada e porque não dizer em pânico.

Isso não só vem acontecendo nas zona urbanas, mas também a violência chega à  zona rural, onde pequenos criadores já contabilizam prejuízos com  animais roubados.  A polícia não tem culpa de tudo isso, ela está cumprindo seu papel, trabalhando em ritmo acelerado.

Mas a falta de  equipamentos adequados, viaturas, melhores salários e déficit do efetivo tornam muito difícil o trabalho dos policiais.

Tudo isso que vem acontecendo é que o sistema em geral está falido. Segurança Pública, Sistema Único de Saúde (SUS) e Previdência Social, por exemplo,  são as áreas criticas, mais reclamadas pela população. Pernambuco hoje se configura no mapa como um dos Estados mais violentos do país, perdendo para São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Parlamentares estão cobrando ação do Governo e apontam a falta de políticas públicas. Muito antes da crise econômica ter arrebentado com o país, a economia está falida conforme afirmam os economistas,  por falta de mais investimentos que possam gerar mais empregos e impostos, ainda há muitas incertezas que rumo esse país vai tomar a partir de 2018.


Enquanto isso, a violência vem ganhando a cada dia as manchetes dos jornais, uma triste realidade, em que a população já não sabe mais o que fazer, tendo de conviver com o medo e a insegurança.

Um comentário:

  1. Os policiais hoje estão se politizando.Estão enfrentando e mostrando para toda a sociedade que eles também querem aumentos salariais.

    Estourou a greve no Estado do Espírito Santo.As polícias pararam,protestaram,suas famílias foram para as ruas e praças protestar.

    Naquele meio todo tudo ocorreu,mortes e mais mortes,saques e mais saques e o comércio foi obrigado a fechar as portas.Foi um caos.

    E os políticos em geral de todos partidos apenas zombando da nossa cara.Vereadores em cidade pequenas tiveram R$ 5.320,00 de aumentos e nas médias e grandes R$ 8.900,00 e R$ 11.000,00.Os prefeitos em cidade pequenas R$ 14.000,00 e nas grandes 13.000,00 de aumentos.0s deputados estaduais e federais nadando em mordomias com salários de R$ 25.000,00 e R$ 33.700,00.

    E os policiais do Espírito Santo e do Brasil quase inteiro com 4 anos sem aumento ganhando em média R$ 2.900,00 para defender os pobres desempregados que se vendem aos políticos nas vésperas das eleições.

    ResponderExcluir