Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

sábado, 14 de janeiro de 2017

MILITARES E AMIGOS LAMENTAM MORTE DO CAPITÃO GIL

Policiais militares e civis, vereadores, médicos, presidentes de sindicatos e moradores de diversas cidades do Agreste Meridional lamentaram a morte do capitão Gilson Cerqueira Nogueira (Capitão Gil), que aconteceu ontem em Garanhuns, após uma cirurgia. A informação é que o militar, ainda jovem, teria tido um infarto.

Oficial formado na Academia de Polícia Militar do Paudalho e com 18 anos de efetivo serviço na Polícia Militar, o Capitão Gil se destacou no desempenho das suas funções em diversas unidades da PM, com passagens por Garanhuns, São Bento do Una, Bom Conselho e Belo Jardim.

Oficial jovem, casado e pai de três filhos, deixa saudades para toda a família policial militar, além de parentes e amigos, que enlutados choram juntos a morte de alguém muito querido e que em vida, na missão de bem servir à sociedade Pernambucana, escreveu seu nome na causa da Segurança Pública”, registrou o Presidente do Corpo de Bombeiros de Pernambuco,  coronel Josué Limeira Silva.

O prefeito de Lajedo e o delegado licenciado Rossine Blesmany disse que Gilson era um dos policiais mais corajosos, honestos e atuantes que ele conheceu durante a sua minha carreira Policial. “Foi uma perda imensa para a Policia Militar de Pernambuco e para a população da região”, lamentou o gestor.

Em nome das delegacias de São João, Angelim e Canhotinho, o delegado Marcos Omena lamentou a perda prematura do amigo,   que  segundo ele era um  excelente profissional.  “Homem de fibra e garra que soube muito bem representar os valores policiais e, acima de tudo,  da amizade. Que Deus conforte a todos”, frisou Omena.

Policial militar e médico, Dr. Ulisses Pereira escreveu numa rede social: “Registro meu pesar pela morte súbita do amigo e companheiro no oficialato, o Capitão Gilson.  Corajoso, honrado e distinto, sempre se colocando à minha disposição e serviço aqui e nas cidades da região onde me desloco em eventos sociais, sua partida é perda incalculável para a família, para a segurança pública e para o Agreste Pernambucano”, enfatizou o médico.

O vereador de Garanhuns e policial militar Gil PM fez questão de expressar seus sentimentos com a morte inesperada do capitão. “ Fiquei muito triste ao receber a notícia do falecimento do meu amigo Capitão Gilson, estou sem palavras nesse momento, só peço que Deus dê o devido conforto à família e amigos, e que ele descanse em paz. O que fazer diante da morte de um ente querido? O que dizer diante de uma situação de perda irreparável? Não há nada que traga mais dor do que a morte de alguém que amamos. Sentir que uma pessoa que faz parte de nossa vida foi levada de nós, é como ter uma parte do corpo amputada”, assinalou o parlamentar garanhuense.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bom Conselho, Givaldo Cavalcante, divulgou uma nota lamentando a morte do militar.

Quero expressar meus profundos sentimentos pela triste perda do nosso Capitão Gil. Os meus mais sentidos pêsames para toda sua família. Que estas palavras possam servir de algum conforto a todos vocês em hora tão terrível. Saibam que o meu pensamento está com todos vocês e da mesma forma a minha total disponibilidade. Tenham muita força! Quem partiu foi muito amado e para sempre será lembrado por quem ficou e por ele sentirá eternas saudades. Por estar viajando, lamento não estar presente neste momento, mas definitivamente sinto no coração a dor da perda deste grande homem, cidadão, militar, esposo e pai que foi o Capitão Gil”, escreveu o sindicalista.
O corpo do Capital Gil está sendo sepultado neste final de tarde, no cemitério Santa Marta, na cidade de Bom Conselho.

2 comentários:

  1. É uma das profissões de maior risco é a polícia seja MILITAR OU CIVIL.

    Os ladrões e os criminosos vem dando muito trabalho as polícias.Essa gente desafia as autoridades civis e militares.

    Muitos políticos casa e batizam em nome das polícias também.Muitos gostam de jogar as polícias contra o povo que votou contra eles.É ai onde entra a competência das policias em não se deixar se levar por autoridades tiranas.

    Mas no geral ser policial é uma missão árdua e pesada,que requer hoje muita competência e habilidade para conviver no mundo do crime, das mentiras,das bravatas,dos conchavos,dos que praticam todo e quaisquer tipos de VIOLÊNCIA.

    A violência já foi,é e continuará sendo o pior de uma administração pública seja ela qual for.Não existe vencidos e vencedores porque ela aparece no lar,na sociedade,em grupos diversos,nas Escolas e nos Campos de futebol, nas festas e nos movimentos sociais onde quer que você e eu estejamos pode surgir violência.

    Violências que são propagadas pelos meios de comunicações,pelos políticos corruptos e ladrões,pelos que passam fome e estão desempregados,pelos cultos e letrados que roubam e assaltam em nome dos flagelados,dos que tem fome e tem sede... enfim, ela está em todos os lugares civilizados ou não.Mas tudo por falta de EDUCAÇÃO E RELIGIÃO, TRABALHO E OPORTUNIDADES.

    Quero aqui aproveitar esse espaço democrático para prestar as minhas sinceras homenagens póstumas a cidadão Militar que deu sua vida em prol da VIDA, da PAZ, do AMOR e do PACTO pela não agressão e a nenhum tipo de VIOLÊNCIA entre todos os cristãos.

    Uma pena que para se por ordem na casa os policiais muita das vezes tenham que usar do seu poderio bélico para mostrar aos delinquentes e mal feitores que existe a LEI para ser cumprida e respeitada!

    Que Deus lhe dê o descanso eterno!Amém!

    ResponderExcluir
  2. ..........Os ladrões e os criminosos vem dando muito trabalho as polícias... SE O LULA LESSE ESSE COMENTÁRIO DAVA CERTINHO PRA RADIOLA DESSE ANÔNIMO...

    ResponderExcluir