Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

COMPESA FAZ ESCLARECIMENTOS SOBRE CANHOTINHO

Em relação às reclamações do Prefeito de Canhotinho, Felipe Porto, veiculadas neste Blog, a Compesa  se sente na obrigação de esclarecer a verdade dos fatos:

1. Com relação à afirmação de que o Governo do Estado tenha recebido um aporte de R$ 4 milhões do Ministério das Cidades, para obras em Canhotinho, infelizmente não é verdadeira.

2. O contexto real que o prefeito parece não perceber é o da grave crise hídrica no Nordeste e em especial no Estado de Pernambuco, que prejudicou o abastecimento no Agreste com seis  anos consecutivos de seca;

3. Além disso, a crise econômica pela qual passa o Brasil não permitiu acelerar a obra estruturadora mais importante para o Estado, que é a Adutora do Agreste;

4. Mesmo nesse contexto negativo, o governador Paulo Câmara determinou um investimento maciço em obras estruturadoras e emergenciais de abastecimento de água para ajudar os municípios que estão em situação de colapso e pré-colapso;

5. A cidade de Canhotinho, situada no Agreste, é uma das cidades prejudicadas pela falta de chuvas, mesma situação de quase 60 cidades que também estão em colapso ou pré-colapso;

6. Mesmo com o cenário financeiro adverso, o governador Paulo Câmara autorizou a busca de soluções para Canhotinho e outras Cidades na mesma situação, como realizado em Bezerros, São Bento do Una, Belo Jardim e outras cidades que tiveram ou terão obras para enfrentar esse momento difícil.

7. Enquanto essas soluções não se viabilizarem, a Compesa  atenderá a população do município por meio de carros-pipa, como nos demais municípios.

8. Por fim, estranhamos a forma da cobrança, pois não devemos fazer disputa política utilizando algo tão grave como a questão da seca que aflige Pernambuco. O Governo do Estado e a Compesa não diferenciam os moradores deste ou daquele município, são todos pernambucanos e, como tais, têm a nossa total prioridade.


COMPESA

Um comentário:

  1. É bom lembrar que a água que estamos recebendo da COMPESA, em carros pipa, não é tratada. Ou seja, não recebe aditivo químico para combater germes e parasitas presentes na água e na estrutura do pipa. Logo, não devemos nada financeiramente a COMPESA. Ao Governo do Estado resta-nos agradecer pela assistência, que nada mais é que OBRIGAÇÃO DO ESTADO.

    ResponderExcluir