Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

terça-feira, 15 de novembro de 2016

O JORNALISMO BRASILEIRO NA ERA TEMER

Por Igor Silva, do site Jornalistas Livres 

Muito interessante o “Brasil do Temer” que foi apresentado no Roda Viva, na TV Cultura, desta segunda-feira (14). Lembrando que são seis meses e um dia a frente do executivo – o ministério foi nomeado dia 13 de maio de 2016, há 6 meses.
Há seis meses, o dólar estava 3,52, hoje está 3,40.
Há seis meses, o desemprego estava batendo 11%, hoje está em 12%. A bolsa pouco mudou também.
São seis meses e nenhum indicador mudou de forma considerável. A única coisa que de fato mudou é que não se lê mais a palavra “crise” nas capas da mídia tradicional. A famosa crise deixou de aparecer, ficou tímida e não faz mais atuação, nem mesmo uma pontinha.
A grande mídia e os jornalões resolveram ouvir o conselho de Temer: não fale em crise, trabalhe.
No Roda Viva desta segunda, por exemplo, não foi citada a palavra “crise” nenhuma vez.
No primeiro bloco, Michel Temer respondeu à jornalista Catanhêde dizendo que ele se preocupa, sim, com a saúde e com a educação. Que votou em tempo recorde diversos projetos de lei, como há muito não se votava.
No segundo, teve orgulho de dizer que não se fala mais em CPMF. Que agora, em seu governo, está gastando só o que arrecada e que não é preciso criar mais nenhum tributo.
Ainda no segundo bloco, disse que “admite, mas lamenta” as ocupações nas escolas. E que no seu tempo não era assim. Aproveitou para dizer que fazer a reforma do ensino médio via MP foi uma boa ideia, pois “incendiou o país” e “acendeu o debate“. Belo motivo para editar uma MP de um assunto tão importante!
O programa permaneceu assim durante os próximos blocos, mas nada, absolutamente nada, superou a última pergunta de Noblat, no último bloco, nos últimos minutos de programa:
“Temer, como você conheceu a Marcela?”
Um jornalista que, em tese, se diz sério, em momento delicado de nossa democracia, pergunta como o presidente conheceu a sua atual esposa.
Poderia ser feita pelo Leão Lobo ou pela Ana Maria Braga, mas foi feita por Ricardo Noblat.

O cenário reflete o serviço que o programa da TV Cultura parece ter cumprido ao presidente: marketing. Isso porque poucos momentos após a entrevista, Temer agradeceu ao jornalista Wilian Corrêa, também diretor de jornalismo do canal, pelo espaço de “propaganda” cedido.

5 comentários:

  1. 0 hábito da leitura é muito importante. Fazer cálculos e memorizar números diversos também é bom para ativar a mente humana. O mal de Alzheimer e combate ou tarde ou ameniza com a ativação da memória. É feito o boi, quando ele corre uma vaquejada fica todo quebrando,mas depois o boi engorda muito.É um exercício forçado,JAMAIS DEVERIAM ACABAR COM AS VAQUEJADAS,Senhores doutores da LEI.!

    ResponderExcluir
  2. O PRESIDENTE MICHEL TEMER,cometeu um erro grosseiro na política,não teve a humildade e hombridade de respeitar os COMPANHEIROS(as) que os elegeram por 2 vezes vice -presidente e o programa de governo do PT,assim que assumiu a Presidência,mesmo contra a vontade de 54 milhões de eleitores que votaram nele e na Dilma do PT.

    Chegou a dizer que faria muito melhor que a Dilma e o Lula,mas até agora,Presidente,é um fracasso atrás do outro.

    Não herdou a habilidade do Lula que aproveitou muito gente do PSDB e deu apoio a todos os governadores e prefeitos mesmo sendo contra ao seu governo e ao PT.Apenas usaram a sigla PT do Lula para elegerem e se reelegerem,inclusive,LULÉCIO E DILMASIA lá pras bandas das Minas Gerais.

    Este é um dos motivos pela qual hoje o Lula destampa em primeiro lugar nas pesquisas para presidente em 2018.Conforme disse o Presidente Michel Temer,prendam o Lula para virem o que acontecerá com este país?

    ResponderExcluir
  3. Todo o brasileiro que não faça parte da gangue dos petralhas e que não seja coiteiro nem puxa-saco do Seboso de Caetés e da vaca terrorista da Dilma, sabe muito bem que, o vice-presidente da ANTA TONTA, foi respaldado constitucionalmente pelo CONGRESSO NACIONAL, como o nosso presidente efetivo do Brasil de fato e de direito e ponto final!!! Agora, que ele anda com uns "PANTINS" de cabra de "pêia", isso sim!!! Pois não é que o mordomo de vampiro anda preocupado com a prisão do LULA que vem por aí?!?!?! Talvez, quem sabe, a preocupação do marido da primeira dama mais bonita do mundo, com a possível prisão de Lula, é com o "Fora Temer". DEIXE DE SER FROUXO PRESIDENTE ZÉ BOSTINHA!!! Afinal de contas, você prefere o "Fora Temer" de meia dúzia de sindicalistas pelegos ou o "Fora Temer" dos milhões de cidadãos que foram às ruas para exigir a punição de Lula e da Anta Tonta?!?!?! Que feio um presidente dúbio, escorregadio, medroso... Com mimimi de menino acovardado... Se posicione, sujeito?!?!?! Tá precisando de ajuda para socar o LULA no cimento frio da prisão?!?!?! CHAME O MORO!!! Ou então convoque os brasileiros honestos e sensatos para ir, mais uma vez, para Avenida Paulista, Internet e para as ruas e pedir cadeia para o Seboso e sua família bandida...

    P.S1.: - A ESQUERDA PETRALHA E OS COMUNAS NO BRASIL, HOJE, FELIZMENTE, MAS FELIZMENTE MESMO, SÃO PARA OS IGNORANTES... OS COITEIROS CONIVENTES E CÚMPLICES DOS PETRALHAS, AINDA SE PASSAM PARA DEFENDER UMA GANGUE DESTA. ISSO É O QUE MINHA AVÓ CHAMAVA DE GASTAR VELA COM DEFUNTO RUIM...

    P.S2.: - ALIÁS, O LULA ANDA MUITO BEM AVALIADO NAS PESQUISAS, PRINCIPALMENTE, QUANDO SEUS CONCORRENTES SÃO PICARETAS DO NAIPE DO AÉCIO, SERRA OU "XÁ DE XUXÚ", GOVERNADOR DE SÃO PAULO... A PESQUISA CORRETA SERIA ÀQUELA QUE FOSSE FEITA NO PRESÍDIO... AÍ, SIM!!!

    ResponderExcluir
  4. Do jornalista José Nêumanne Pinto, colunista do Estadão: “No Roda Viva da TV Cultura, transmitido à véspera do Dia da República, o presidente Michel Temer teve desempenho abaixo da crítica. Em primeiro lugar, acovardou-se ao insinuar que o ex Luiz Inácio Lula da Silva, que responde a três processos em varas diferentes das Justiças federal e estadual, por obstrução à Justiça e suspeitas de corrupção, não deveria ser preso. Pois a prisão, uma “mera hipótese”, provocaria problemas institucionais, coagindo a PF, o MPF e o Judiciário de uma forma que não lhe compete. E também assumiu o lado da banda podre que o apoia no Congresso e se prepara para votar leis que dificultarão o combate à corrupção. Entrou, então, no rol dos suspeitos”.

    ResponderExcluir
  5. O presidente Michel Temer foi sincero ao admitir à TV Cultura que eventual prisão do ex-presidente Lula pode criar um clima de “instabilidade política” no país, que não será bom para ninguém.

    ResponderExcluir