Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 29 de novembro de 2016

FAMÍLIA NÃO CONFIRMA ENCONTRO DE MARIA CÍCERA


Apesar das semelhanças entre uma mulher encontrada entre Capoeiras e Caetés, e Maria Cícera, desaparecida há 15 anos, procurada ansiosamente pelos pais, a família não reconheceu que as duas eram a mesma pessoa. Desde ontem moradores das duas cidades estavam convencidas de terem encontrado Cícera, sumida desde 2001. Familiares foram chamados e hoje, quando viram a "andarilha", chegaram a conclusão não se tratar da parente amada. A busca continua, com a ajuda das ferramentas da internet.

Saiba mais dessa história no relato de Júnior Almeida:

Que a internet hoje é uma maravilhosa ferramenta na vida de todos, isto não é mais novidade. Existem no mundo virtual inúmeros sites para facilitar a vida das pessoas. Bancos, lojas, igrejas, rádios, tevês e tudo mais que existe no mundo real. As redes sociais tendo como maior exemplo o Twitter, Facebook e WhatsApp são um capítulo à parte nesse mundo virtual,  porém muito real. Hoje em dia se uma pessoa não tiver cota em alguma rede social, para alguns vai ser considerado um sujeito meio estranho.

As redes sociais têm sim muita força. A prova disso é que nas recentes eleições municipais, até mesmo nas cidades menores, candidatos e eleitores aproveitaram a força das redes em busca do voto, com produções profissionais realizadas para que os candidatos se saíssem bem em vídeos, áudios e textos na net.

Outra prova do poder das mídias sociais é o recente episódio do impeachment da presidente Dilma Roussef, onde as redes foram invadidas por grupos patrocinados pela oposição ao PT com o objetivo de desqualificar tudo que o Partido dos Trabalhadores fizesse, disseminando mentiras e teorias absurdas sobre o então governo petista, Lula, Dilma e todas as pessoas ligadas a eles, levando pessoas a se acharem politizadas, repetindo nas redes essas teorias, sem ter o cuidado de checar ser verdade ou mito.

Todos os dias, correntes de orações, piadas, pornografia, fotos de supostos estupradores, assassinos em série, sequestradores e tudo mais que se possa imaginar, são repassadas milhares de vezes no mundo virtual. Também brincadeiras de mau gosto e mais e mais mentiras irresponsáveis são postadas na net com a maior naturalidade.

No ano passado, um episódio ficou bastante conhecido no Brasil, quando uma mulher morreu ao ser linchada pela população enfurecida no litoral paulista. Motivo: sua foto foi espalhada no Facebook como sendo uma suposta praticante de magia negra e que procurava pegar criancinhas para seus sacrifícios do mal. Era mentira. A mulher tombou sem vida inocentemente por conta de uma mentira criminosa que foi postada inicialmente não se sabe por quem.

Mas como nem tudo é ruim no mundo virtual, muitos usam a internet para fazer o bem, espalhando verdades e correntes positivas. Vez por outra as redes sociais nos revelam belas e emocionantes histórias, como essa que nos chegou no final da tarde de ontem (28). Esta semana (dia 26) nós e mais alguns blogs da região, como o Blog Capoeiras, dentre outros, noticiaram a procura por familiares de uma mulher com problemas mentais que desapareceu em Garanhuns em 2001 (veja aqui).



Amplamente compartilhada no Facebook a postagem aparentemente surtiu efeito, e foi encontrada uma mulher desaparecida com semelhanças com Maria Cícera. Esta vivia como andarilha entre Caetés, Capoeiras e Garanhuns. Andava sempre acompanhada de um homem, aparentemente também com alguns distúrbios mentais, morador de Caetés. 

Na noite de ontem entramos em contato com familiares da mulher procurada, que moram na divisa de Capoeiras com Jucati, e eles estavam muito emocionados com a notícia, pois mesmo antes de encontrar a parente que não viam há 15 anos, várias pessoas telefonaram pra eles e comentaram nas postagens do face, dando a certeza que seria Maria Cícera a andarilha que apareceu na região de Capoeiras há algum tempo.

Infelizmente os parentes de Cícera, que estavam cheios de esperança, não reconheceram na mulher encontrada a parente que buscavam. As evidências eram que depois de 15 anos finalmente os pais iriam rever a filha desaparecida há tanto tempo, mas o sonho está pelo menos adiado.

4 comentários:

  1. falei onten,aqui sobre uma andarilha que vive no centro de garanhuns,muito parecida com a mulher da foto que esta de preto.antonio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por a informação, vou verificar, Mais se voltar a vê-la se possível tire uma foto e me mande através do wahts.

      Excluir
  2. ok janaina farei isto com muita precisao e prazer,também vi um número de telefone seu que salvei para poder ajudar melhor que deus abençoe que seja quem voçes procuram.antonio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde já agradeço! Vc não sabe o tamanho da felicidade que nos dará se for a pessoa.

      Excluir