Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sábado, 15 de outubro de 2016

NÁUTICO VENCE CEARÁ DIANTE DE 25 MIL TORCEDORES

Mais de 25 mil torcedores compareceram à Arena Pernambuco, hoje à noite, para “empurrar” o time do Náutico na partida contra o Ceará.

Os alvirrubros fizeram a sua parte, dentro de campo os jogadores se esforçaram, mas tiveram pela frente um adversário muito organizado taticamente e que praticamente não deixou o Timbu criar chances de gol.

No segundo tempo, percebendo que as coisas estavam difíceis, o experiente técnico Givanildo Oliveira partiu para o “tudo ou nada”. 

Colocou três atacantes em campo – Rony, Yuri e Jefferson Nen – e ficou exposto aos contra-ataques.

E o Ceará deu trabalho tanto no primeiro quanto no segundo tempo. 

Rodolfo, que substituiu o titular Júlio César, fez três grandes defesas, salvando o Náutico de ter a sua meta vazada.

Mas o Givanildo além de competente ainda tem sorte e foi do banco de reservas que saiu a vitória do time pernambucano, aos 48 minutos (foram cinco minutos de acréscimo) do segundo tempo.

Jefferson,  que entrou na segunda etapa,  lançou Yuri Mamute, que também saíra do banco. Este tentou arrancar pela direita e foi derrubado por um defensor do Ceará.

Marco Antônio cobrou a falta com maestria e o zagueiro reserva Igor, substituto de Adalberto, que está machucado, cabeceou com perfeição para estufar as redes do clube cearense.

Foi a sexta vitória seguida do Timbu. Depois que Givanildo Oliveira assumiu o comando da equipe o Náutico está invicto há 8 jogos e em cinco deles, inclusive nos três últimos, não tomou nenhum gol.

O time pernambucano está no 3º lugar na competição, lutando bravamente para chegar à série A do Brasileirão. 

No jogo de hoje o Ceará até que chutou mais, porém o Náutico, mesmo com dificuldades,  teve maior volume de jogo. 

No segundo tempo o Timbu buscou a vitória a qualquer custo, fez dois gols  - anulados porque os atacantes estavam impedidos - e no fim prevaleceu a “estrela” de Giva, craque do Santa Cruz e da Seleção Brasileira no passado. 

Hoje, com os cabelos totalmente brancos e a fisionomia fechada, Givanildo Oliveira é chamado de “Rei do Acesso”, por ser o treinador que mais levou clubes da série B para a série A do Campeonato Brasileiro.

Os torcedores do Náutico têm sofrido muito desde 2004 - o clube não conquista um campeonato desde esta época -,  mas nos últimos seis jogos os apaixonados alvirrubros foram levados ao delírio e foi bonito, neste sábado, ver a Arena Pernambuco com 25.200 torcedores vestidos de vermelho e branco sorrindo como crianças.

*Foto: Blog do Torcedor

Nenhum comentário:

Postar um comentário