Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 6 de setembro de 2016

CORDEL CRITICA QUEM FAZ NEGÓCIO COM O VOTO

A professora Aguida Belo, natural de Capoeiras, mas que trabalha numa escola no Castainho, em Garanhuns, escreveu um cordel retratando o momento político atual, com a realização da eleição de prefeitos. Embora ela tenha se inspirado em sua terra natal, os versos refletem a realidade da maioria dos municípios brasileiros, uma vez que o eleitor continua fazendo negócio com seu voto, em vez de eleger os mais sérios e capacitados. O eleitorado reclama muito da classe política, mas ele é o maior responsável por um bocado de deputados sem vergonha, como temos hoje no Congresso Nacional.

O CORDEL

Não VENDO meu VOTO! 
Eu TROCO...
Em uma cidade limpa,
Bonita, arborizada
Sem buraco em calçamento
De preferência asfaltada
Eu quero é dirigir
Pilotar a minha moto
Por isso aviso logo
Não vendo meu VOTO eu TROCO.
Troco pelas ruas claras 
Todas bem iluminadas
Que os meninos possam brincar 
Toda hora nas calçadas
Que tenha segurança 
Pro medo não ser meu foco 
Por isso quero avisar
Não vendo meu VOTO eu TROCO
Troco numa cidade
Que ofereça educação
Que o ensino seja dado 
Pra formar um cidadão
Que o aluno tenha valor
No lugar dele me coloco
Aí vou logo dizendo
Não vendo meu VOTO eu TROCO
Troco por um lugar
Aonde o homem do campo tenha valor
Que ele possa trabalhar, estudar e escolher
Que tenha semente, água e terra
Pra o pequeno agricultor
Só quero essas coisinhas
Nada demais pelo meu voto 
Pode afirmar por aí
Que eu não vendo meu VOTO eu TROCO...

*Crítica a minha cidade, Capoeiras,  em tempos de eleição.


Aguida Belo

8 comentários:

  1. MUITO CRIATIVA NESSE CORDEL, DA PRÓXIMA VEZ TENTA CRIAR UM ARTIGO COM ESSE TEMA PARA GARANHUNS, QUE ESTÁ PRECISANDO!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, como já disseram retrata bem a situação de nosso pais,que possamos ser cidadãos conscientes do nosso papel, e pensar sempre no bem comum. PARABÉNS!!!!

    ResponderExcluir
  3. Uma pessoa inteligente não vende seu voto!
    Uma pessoa inteligente não aceita o retrocesso em seu município, onde quando o candidato atual do partido Democratas deixou seus servidores municipal passar fome, com salário atrasado por mais de 90 dias.
    Digo mais, não vejo político qualificado em nossa Capoeiras para assumir a prefeitura e nos representar, ainda assim, a atual prefeita é menos ruim que o candidato citado acima.
    Sinto muitíssimo pela minha querida cidade, onde os políticos que por ela passaram e pretendem passar só pensam em seu próprio bolso.
    #LutopelapolíticadeCapoeiras.

    ResponderExcluir
  4. Quem me dera,hoje da política pouco se espera.
    Temos o poder em nossas mãos e é com ele que eu posso renovar os desejos da população.
    Parabéns!!!!
    Um grande abraço, Professora Águida Belo.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Águida!!! Ficou excelente. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Ficou excelente Águida. Parabéns. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Professora você está de parabéns é fácil jogar pedra mais o pior é que troca o vender seu voto pelo um copo de cachaça pela uma promessa de emprego e outros coisas mais 99% dos políticos são ladrões e corruptos e 80% do povo é besta que acredita neles

    ResponderExcluir
  8. PROFESSORA, ÁGUIDA BELO.A minha ÁGDA é diferente.Eu cheguei para ela e lhe disse,minha filha vai ser candidata em meu lugar.Você tem 18 anos e eu tenho 58 anos,portanto, mais velho que ela 40 anos.E foi em 1976 com 17 anos que fui chamado para ser locutor do primeiro prefeito eleito de Lagoa do Ouro.

    Ela me respondeu assim: "painho,os jovens hoje me dão cantadas,imagine eu sendo candidata a vereadora?

    Cheguei para o meu irmão mais novo e lhe disse,cara vai tu ser o candidato a vereador? Desde 1996 que eu convido o mesmo para ser candidato a vereador.Ele responde para mim,somente seria candidato se tivesse uns R$ 50.000,00 para gastar.

    Cheguei para o meu filho mais velho e lhe disse em 2012 e 2016, cara vai tu ser o candidato a vereador? Ele me responde,painho para ser político o cara tem que ter muito dinheiro ou então tem que ser um cara bem safado e mentiroso.

    Moral da história, eu sou candidato a vereador pela nona vez,quando fui vitorioso diretamente em 2 delas e tirei um 3º mandato e perdei 6 eleições,tudo porque não usei os três artifícios que se usam desde 1970 neste Brasil,dinheiro,medo e mentira.O que mudou de 1970 até hoje? NADA,NADA E NADA.

    Os jovens de hoje não pensam,não param para analisar a importância do voto.A CNBB escreveu cartas e mais cartas dizendo assim: " o voto não tem preço tem consequências desagradáveis para todo mundo".

    Que o diga todos os que foram envolvidos direta ou indiretamente com todas as operações da polícia federal desde 2005.

    Fui Professor de 4.800 alunos (as) e fui o vereador que mais apresentou Projetos de Leis,trabalhei entregando 227 banheiros na zona rural,cadastrei 78 cisternas na zona rural e entreguei 95 Kit de tração animal.Coordenei 12 associações comunitárias digitando todos os estatutos.Mesmo assim não fui reconhecido por tudo o que fiz por amor a Lagoa do Ouro.

    ResponderExcluir