Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

BATATA CRITICA POSIÇÃO DE NEIDE SOBRE ESTUPRO

O ex-deputado Carlos Batata (DEM) estranhou que a prefeita Neide Reino (PSB) tenha jogado toda a responsabilidade do estupro que aconteceu no PSF de Capoeiras para as autoridades estaduais, quando o Posto de Saúde é do município e no seu entender a Prefeitura também deve fazer a sua parte com relação à segurança.

Ele admite que o Governo do Estado tem sua parcela de culpa com relação a determinadas coisas que estão acontecendo no Agreste Meridional como um todo, incluindo o município de Capoeiras, mas defende que os gestores também deem sua contribuição no combate à criminalidade.

A seu ver o fato de Capoeiras não ter sequer uma Guarda Municipal, como acontece em Garanhuns, Caetés e Lajedo, contribui com a insegurança da população, chegando ao ponto de bandidos terem invadido uma casa de familiares da prefeita e depois ter ocorrido o estupro no PSF Gildo Marques, com repercussão na imprensa regional, nacional e até do exterior.

Segundo Carlos Batata, Capoeiras passa por esse vexame porque no comando do município está alguém sem a necessária autoridade para o cargo que ocupa e quando surge um problema desses em vez de assumir suas responsabilidades joga a culpa nos outros.

Para exemplificar o descaso com a segurança, por parte da gestora, o ex-deputado informa que o município ficou um tempo sem delegado e o problema só foi resolvido porque ele e Alberto Feitosa conseguiram junto ao Governo do Estado a nomeação de um policial para o cargo.

Mesmo assim, lamenta, os funcionários da delegacia – incluindo o escrivão – “têm de ir almoçar todo dia em Caetés, porque a prefeitura de Capoeiras não dá ao efetivo o devido apoio”.


Para o ex-parlamentar federal, o município precisa ter no comando pessoas responsáveis, articuladas, que consigam mais apoio do governador e dos deputados votados na cidade, além de uma guarda municipal equipada, além de um gestor com autoridade suficiente para se impor e dar o exemplo à população. “O que não pode é Capoeiras estar nas manchetes do Brasil e do mundo por conta de um estupro ocorrido dentro de um posto de saúde da prefeitura”, frisou.

11 comentários:

  1. O coitada da médica saiu de um país onde o povo é estuprado cotidianamente para ganhar apenas 20% do que teria direito, pois o resto vai para os COMUNISTAS DEMONIACOS DO GOVERNO CUBANO. E chega aqui para ver se consegue uma vida um pouco menos sofrida do que a que tinha sob o julgo da ditadura Castrista e é estuprada por um FILHO-DA-PUTA desses! Na minha opinião a única pena cabível para um desgraçado desses era um disparo calibre .12 para explodir a cabeça e não prestar nem pra entero!

    ResponderExcluir
  2. José Fernandes Costa4 de agosto de 2016 23:27

    Essa Batata Azeda NUNCA leu um jornal, ao menos... Querer botar a culpa da violência no Agreste ou nos quatro cantos do estado, num prefeito ou numa prefeita... Ou ele (Batata) está querendo ser prefeito... Ou é mais analfabeto do que eu imaginava. /.

    ResponderExcluir
  3. A diferença entre uma mulher decidida e um homem falastrão e oportunista é que a mulher decidida está sempre pronta para o que der e vier, além de defender sua gente. Já o homem oportunista e falastrão está sempre pegando BIGU nas intempéries da vida cotidiana de uma gestora decidida. E O PIOR: tem ex-político que costuma se enganar e ao invés de passar filtro solar na cara, prefere optar pelo óleo de peroba...

    Tem gente, principalmente os ex-políticos, quase sempre vive o que a psicanálise poderia definir como fase de negação ou da enganação. Não admite falar em mea-culpa, mas acusa tudo que os outros ou as outras fazem. O que não é possível é o agente que ACUSA ser também aquele que JULGA, apelando à opinião pública e jogando para a plateia.

    Cada um faça a análise que quiser no que diz respeito ao acontecido na tragédia sexual e criminal de Capoeiras. Tenho a minha e me atenho à objetividade dos fatos. Até porque não se deve prender-se a opiniões vagas ou dar créditos à volta daquele que ainda não foi e parece que não vai... Aconselha-se ou pede-se que se volte à astrologia, pois, não é que acertava muito mais naquele tempo!!! Agora, é preciso que se diga com todas as letras que há ex-político quando volta à política fica meio perdidão. Costuma trocar os pés pelas mãos e falar muita abobrinha e, consequentemente, o eleitor passa a não compreendê-lo. Aos olhos de todos nós, há ex-político que se apresenta mais ou menos feito bosta de burro: nem é redonda nem quadrada...

    Voltando-se ao estupro ocorrido em Capoeiras, pode-se afirmar que gestora que se preza e seu povo sente firmeza de verdade nela é quando se tem opinião própria, é decidida e não se deixa levar pela opinião ou conselhos alheios de figuras que, costumeiramente, tem por hábito ou rotina, confundir filtro solar com óleo de peroba...

    P.S.: - OLHA A POSTURA, CANDIDATO!!! DIRIA UM ORTOPEDISTA OU FISIOTERAPEUTA...

    ResponderExcluir
  4. Eu não estou transferindo a culpa pra prefeita mas ela não deicha deter sua parcela de culpa também acho que todos os órgãos públicos deveria ter vigilância câmera e um ou dois homens senão pode arma de fogo mas com cassetete e bem treinados em defesa pessoal bastava isso para ter sido evitado o ocorrido .

    E altamir você de ser muito bem pago né

    deixe de ser tão BAabao

    ResponderExcluir
  5. Bom nesse caso acho que a prefeita não tem nada á ver com essa Historia ,infelizmente todas as cidades estão sujeitas a um fato desse,quem deveria sim ter culpa é o governo do estado que não disponibiliza POLICIAMENTO E SEGURANÇA a todos os cidadão ,infelizmente isso aconteceu nesse municipio ,mais poderia ser em qualquer um .o que pode ser feito a parti desse fato isolado é que o governo municipal coloque um guarda municipal em cada pósto, já que o governo estadual não deve colocar um policial em cada posto ( que seria o mais correto ) como já e feito nas escolas .mais como o nosso governador esta cortando custos de áreas que não poderia tirar como são na segurança e saúde ,temos a cada dia mais insegurança ,veja o exemplo de GARANHUNS que durante o FIG 2016 os shows tiveram que acabar em horarios mais cedo por conta que não teria como disponibilizar os policiai por maios tempo por que não tem efetivo pra cobrir os outros municipios que fazem parte do destacamento do batalhao 71bi de GARANHUNS.ou seja culpa alguma tem o gestor da cidade mencionada na materia . e sim culpa tem os governos FEDERAIS e o ESTADUAL .

    Grato : João Assis ,aposentado ,Garanhuns-PE

    ResponderExcluir
  6. RESPONDENDO AO Anônimo 5 de agosto de 2016 08:59

    Por questão de segurança e higiene deixarei de responder o cidadão acima... Se é que você me entende!!!

    ResponderExcluir
  7. Mais uma vez que também não é surpresa vindo de quem vem,uma pessoa que esta atirando pra todo lado no intuito de atingir a prefeita. Inclusive num momento desse de extrema delicadeza ele vem inventar e digo novamente "inventar culpa" ao invés de procurar se solidarizar com a medica e com todo município que esta estarrecido com o acontecido ele vem fazer politica com o fato um lamentável desse.
    Agora fica a pergunta sera que esse é o melhor pra Capoeiras?
    Acho que NÃO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo Batata querendo tirar proveito da situação o fato é que a segurança em Capoeiras piorou demais depois da eleição de Neide Reino e o estupro foi um fato a mais no rol da violência que assusta cidade e todos os sítios com um prefeito de moral isso nunca teria acontecido em nossa querida capoeiras

      Excluir
    2. Muito engraçadinha a atitude e a mentalidade de todos, parece que a culpa dos crimes nunca parece ser do criminoso! Das conversas de bares até a suprema corte, o papo furado é sempre o mesmo, a culpa é da sociedade, é do político adversário, é da justiça, é da polícia, é de todos exceto do criminoso!

      Eu quero ver quando é que vão resolver o problema da criminalidade nessa porra de país escroto, esquecendo o criminoso, e pondo a culpa no pronome "ELES"?

      Excluir
  8. Olha você falando sem ter conhecimento ou se fazendo que não tem, se o sr acompanha os noticiários da nossa região e do estado deveria saber que o aumento da violência foi em todo estado e não só no município.
    E a segurança do município fica cargo do governo do estado. Por isso digo que o comentário é só e apenas político com intuito de denegrir a imagem da prefeita.

    ResponderExcluir

  9. Ontem em Caetes um rapaz foi atingido por um tiro de 12 em uma tentativa de assando e perdeu parta da pélvis . Será que é culpa do prefeito ?
    Governador tome as providências , Capoeiras , Caetes e região pedem socorro

    Maria Suzana - Caetés

    ResponderExcluir