Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

domingo, 31 de julho de 2016

WAGNER MARQUES E CLARICE LISPECTOR

r    
Givaldo Calado de Freitas*

Não, amigo. Não! O Wagner é daqui. Das terras de Simoa. Que um dia resolvemos homenagear atendendo a tantos pedidos da sociedade civil organizada da nossa cidade. Não, amigo. Não! No que pese Clarice ser internacional. No que pese ser a nossa maior contista, romancista... Enfim, a nossa maior... Mas Wagner é daqui. E pronto. E promete ser a nossa Lispector de calça, no porvir. E estamos conversando. Quem sabe até ele será o nosso Machado.

Ah! Sei lá. Sei lá. Preciso ordenar melhor minha cabeça. Focá-la num objetivo. Objetivo ainda não definido. De vida? Sei lá. Sei lá. Até quando? Até quando? Cobro-me. É terrível... Amigo.

Enquanto decorre... E escorre... Recebo cobranças e cobranças de amigos e amigas como você. O que dizer? O que dizer? Valho-me do Senhor. E, resignado, deixo tudo em suas mãos.

Deus me fez assim. Aos meus, tudo. Todas as honras. Todas as glórias.

Prosa é conferir em "Isso Que Escorre". Que li num fôlego só.
E por ter feito isso, sobrou-me tempo para conferi-lo. Devagar. Devagarinho. A tempo de avaliar a dor de Cássia e a tristeza de Murilo na peleja em que se meteram. Sobretudo, quando o amor deles "escorria" no que se chamava tempo. O "inconfessável tempo". E seus atos.

Penso que Wagner conseguiu contar em seus maravilhosos contos - quinze? - muito do que a grande Clarice Lispector não contou em seus "Todos os Contos". E a todos digo isso. Como o fiz nesse FIG. A Karina. A Aristóteles. E a tantos presentes. Aposto nesse “menino”. Conheço-o!


*  Figura pública. Advogado de Empresas e Empresário.

Um comentário:

  1. Já agradeci, em outra oportunidade, ao Dr. Givaldo pela leitura atenciosa e o afeto. Mas o faço mais uma vez! É um homem muito distinto e afeito a leitura. Acho que eu não mereço tanto.

    Roberto, espero em breve lhe dar um exemplar do livro. Nestes dias estarei indo à Cohab II. Darei um jeito de ir à sua residência, para fazê-lo.

    abraço.

    ResponderExcluir