Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 29 de julho de 2016

MULHERES ENTRAM COM FORÇA NA POLÍTICA


As mulheres estão aumentando sua participação na política no Agreste Meridional e outras regiões de Pernambuco. Temos candidatas a prefeita, vice-prefeita e vereadoras em diversos municípios.
Em Capoeiras Neide Reino (PSB) disputa a reeleição,  o mesmo acontecendo em São Bento do Una,  com Débora Almeida. No primeiro município Batata escolheu como vice a ex-conselheira tutelar “Edna de Ivo”, como é mais conhecida na cidade. Na terra dos Valença o candidato da oposição, Washington Cadete (PTB), terá como companheira de chapa a vereadora Fátima Queiroz.
Aqui em Garanhuns Rosa Quidute não é mais a vice de Izaías Régis, mas em compensação temos uma mulher – a advogada Claudomira Andrade – disputando a eleição majoritária.
No município de Jupi, que já é governado por uma mulher, Celina Brito, a candidata do grupo governista é sua sobrinha Edjânia. O representante da oposição, empresário Marcos Patriota, tem na sua chapa a ex-primeira dama Rivanda Freire, viúva do ex-prefeito Betinho.
Pertinho, em Caetés, a vereadora Cláudia está cotada para ser a vice de Benedito (PSB). Temos também uma mulher na política de Iati: Ana de Torquato, filha do ex-prefeito do município (por dois mandatos) João Torquato, é a vice de Assis do Posto, talvez o único candidato na região do partido Rede da Sustentabilidade.
Rossine Blesmany (PSD), que disputa a reeleição em Lajedo, terá na vice a vereadora Leda Machado. 

No Recife continua a expectativa de que a deputada estadual Priscila Krause (DEM), casada com o garanhuense Jorge Branco, filho do Dr. José Tinoco, seja candidata à prefeitura para tentar desbancar Geraldo Júlio (PSB) do poder.
Dilma Rousseff pode não ter se dado bem como a primeira presidenta do Brasil, mas nem por isso as mulheres estão fugindo à luta e quem sabe no futuro teremos uma maior representação feminina nos poderes Executivo e Legislativo.
Atualmente menos de 10% do Congresso Nacional é formado por mulheres, num país em que há muitos anos elas são maioria.
Fotos: 1) Priscila Krause (Recife), Rivanda (Jupi), Ana de João Torquato (Iati) e Leda (Lajedo).

7 comentários:

  1. Deveriam fazer bem mais do que nascer sem um apêndice entre as pernas para merecer, se quer, ser candidatas! A última que foi eleita por esse critério na presidência da república no Brasil deixou o país a maravilha que está!

    "OS CARGOS ELETIVOS REQUEREM INDIVÍDUOS QUE SEJAM COMPETENTES PARA OCUPA-LOS E NÃO MULHERES, OU HOMENS, OU O DOTÔ FULANO, OU O ZÉ MANÉ QUE DEU UMA DENTADURA OU O QUE QUER QUE SEJA!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou lhe responder de uma forma totalmente diferente do que você qualificou as mulheres querendo atingi-las e principalmente a presidente Dilma Rousseff.

      Saiba você que o Brasil seria muito melhor governado se tivesse a grande maioria das mulheres nos administrando.Respeite a Dilma,pois eu mesmo tendo votado contra ela em 2014,hoje estou com ela para o que der e vier.

      Os homens deste país no total de 180 deles em dezembro de 2010 praticaram o MAIOR ESTELIONATÁRIO DO BRASIL.Consulte o GOOGLE e veja quem foram os deputados federais que aprovaram os salários deles de R$ 16.509,12 para R$ 26.723,23.Simplesmente foram 61,86% quando a inflação fora de apenas 20% em 4 anos.

      Todos alegaram que estavam praticando a falsa isonomia salarial entres os 3 poderes executivo,legislativo e judiciário.Em 2014 elevaram para R$ 33.763,00.Em 2016 eles já aprovaram os salários deles para R$ 39.293,00.

      Enquanto que a Presidente Dilma reduziu o salário dela para R$ 27.841,23.Orgulhe-se sem vergonha se ser feliz que numa mulher não bate nem com uma flor, a mulher se dá carinho e se dá amor.A Dilma no meio desses picaretas e achacadores,corruptos e psicopatas (eduardo cunha) é uma santa mulher.Infelizmente temos várias mulheres covardes dentro do SENADO FEDERAL que vão votar contra ela e contra a democracia brasileira.E uma delas é a Marta Suplicy que viu o seu ex-marido apanhando da polícia em São Paulo em defesa dos pobres...

      Excluir
    2. Os homens do Brasil pensam sim nos pobres do Brasil.As elites do Brasil pensam nos pobres.Passaram a vida toda dizendo que o Lula e a Dilma criaram bolsas esmolas.O Vice presidente Michel Temer o temeroso aplaude os deputados federais darem aumentos para as elites da justiça de R$ 33.763.00 para R$ 39.293,00 e são aplaudidos pelo vice.Depois para ficar de bem com a foto dá aumento das bolsas esmolas de 9% para 12,5%.É muita hipocrisia desse golpista,traidor e falso,picareta e que tem 22 processos nas costas como presidente por 15 anos do PMDB.

      Excluir
    3. A vai se lascar com seu vitimismo idiota! Esse teu discurso está MORTO nimguém ninguém, com um cérebro funcional cai nesse papo mais no Brasil. Então vai arrumando outro discurso que esse daí já era!

      Eu não estou reivindicando, nem homens, nem mulheres, nm travestis, nem sapatonas, mas você com seu discurso idiota está claramente propondo que mulher no governo é garantia de competência e honestidade, ou seja você tem MUITA MERDA NO LUGAR DO CÉREBRO! Como se não existisse mulher escrota, picareta e bandida no mundo!

      Então eu não vou perder meu tempo discutindo com débil mental que não tem nem a coragem de mostrar o nome só para ficar defecando esse tipo de diarreia mental aqui!

      Excluir
  2. Parabenizo o blog Roberto Almeida pela bela postagem. Fico muito feliz em ver nossa classe sendo valorizada. Mulheres na política dão certo - Sim!
    A prova é São Bento do Una, que é gerido por uma mulher, Débora Almeida, e tem a gestão mais transparente do Interior Estado de Pernambuco, ficando no Estado apenas atrás de Recife - a Capital - prova de honestidade e de uma gestão aberta ao povo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Débora Almeida antes de ser uma mulher é UM SER HUMANO ALTAMENTE COMPETENTE E CAPACITADO, se tem uma população que foi altamente feliz na escolha de sua prefeita foi o povo de São Bento do Una ao eleger a procuradora da república como prefeita, com conhecimento de leis e de gestão pública.

      Os São Bentenses estão de parabéns, pois muito dificilmente passarão pela vergonha de ver uma gestora inelegível não só por casos de corrupção, mas por simples erros primários de contabilidade pública, coisa de gente que nem sabe ler o que assina como vemos aos montes por aí!

      EU DUVIDO QUE ELA SEJA ENQUADRADA EM QUALQUER TIPO DE ESQUEMA DE CORRUPÇÃO EM SUA VIDA, POR QUE ISSO É COISA DE GENTE MEDIOCRE QUE ALÉM DE SER CORRUPTA É INCOMPETENTE

      Excluir
  3. Quando eu vi algumas mulheres deputadas e senadores debochando da cara da Presidente Dilma me deu nojo.

    Afastaram uma mulher do poder por quê? Ela roubou,mentiu,traiu,conspirou,cometeu pedaladas,emitiu créditos suplementares sem autorização deles,mas afinal o que essa categoria chamada de Deputados Federais e Senadores fazem primeiro sem autorização dos presidentes?

    Veja,Globo,Estadão,Folha de São Paulo,IstoE, jornais impressos e alguns blogs em geral,não dizem a verdade.

    Quem aprovou e aprova todos os salários dos prefeitos e vice,vereadores,governadores e vices,presidentes e vices,ministros e juizes e por tabela dos diretores,secretários,chefes,procuradores,desembargadores, servidores da justiça são os DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES.

    Essa gente não quer saber se o Brasil tá quebrado segundo o golpista vice-presidente e o corrupto Eduardo Cunha que conseguiu aprovar uma PAUTA BOMBA que se a MULHER DILMA não veta 25 desses projetos de leis dos 36 aprovados por Deputados Federais e Senadores,o Brasil hoje seria a Grécia e a Turquia,estaria quebrado.

    Vejamos que contradição do vice presidente e dos seus 367 deputados federais e dos 55 senadores que apearam momentaneamente do poder uma MULHER HONESTA,dizem que o Brasil quebrou e dentro de meia hora eles aprovaram os salários de todos citados acima ANTECIPADAMENTE para R$ 39.293,00.

    A pauta bomba geraria uma despesa em 3 anos de mais de R$ 300 bilhões.São esses homens que querem o bem do Brasil? Tirar do poder uma mulher que abdicou de tudo para reajustar alguns preços da gasolina que passou 12 anos e subiu apenas R$ 0,88 e o botijão de gás em 13 anos 11% e retornou o IPI que passou 6 anos sem subir de 0% para 7% para poder equilibrar as contas públicas.

    Para pressionar o Planalto, a ADPF, associação dos delegados federais, anunciou que a categoria entrara em “estado indicativo de greve”, com a convocação de duas manifestações durante a Olimpíada; uma para esta sexta-feira (29) em todos os Estados e outra na terça-feira (2) nos principais aeroportos do país; o interino Michel Temer cedeu e acertou reajuste de cerca de cerca de 35% a 40%; pelo acordo firmado, o salário de um delegado da categoria especial passaria de R$ 22.805,00 para R$ 30.936,91; já a remuneração de um que está na base hierárquica da corporação saltaria de R$ 16.830,85 para R$ 23.692,74.

    ResponderExcluir