Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

terça-feira, 28 de junho de 2016

RADIALISTA EDUARDO PEIXOTO DENUNCIA DESONESTIDADE DE PROFISSIONAL DO DETRAN

Uma denúncia grave chegou ao conhecimento do público de Garanhuns e região através do radialista Eduardo Peixoto, atualmente na Rádio e Tv Jornal, que usou seu facebook para falar do abuso de poder e falta de honestidade de um funcionário do Detran. Como dessa vez a arbitrariedade não foi cometida contra um simples anônimo, talvez as autoridades do Estado tomem as providências para que fatos como esse não se repitam. 

Outro dia um morador de uma cidade da região estava em frente ao seu comércio, em cima da caçamba de sua pick up Saveiro, que estava estacionada, descarregando mercadorias, quando um carro preto com letras laranjas do Detran passou por ele. Para sua desagradável surpresa, chegou dias depois em seu endereço uma multa por ele não estar usando cinto de segurança. Isso mesmo. O cidadão estava em cima de um carro parado, e foi multado por falta de cinto. Dessa vez os agentes do Detran fizeram muito pior, como denuncia no texto abaixo o radialista Eduardo Peixoto: 


"Amigos, amigas, não costumo falar de alguma bronca na esfera pessoal nas redes sociais. Apenas coloco fotos ou informações de interesse público, mas o que aconteceu é muito grave.

No dia 26 de maio, feriado de Corpus Christ estava no meu trabalho quando recebi uma ligação da minha esposa para pegar ela e meus filhos. Às 8 da manhã em meu intervalo fui até a residência e ao retornar me deparei com a viatura do DETRAN na contra mão e estacionando em local proibido, ao ver a cena resolvi voltar para alertar que estavam errados. 

Minha esposa Julia Moreno falou para eu não ir com medo de que algo acontecesse, mesmo assim fui. Ao chegar na padaria do meu amigo Ronaldo chamei um dos três agentes e falei que eles estavam errados. Ele disse que estava na viatura e que podia fazer o que fosse eu informei que eles não estavam em ocorrência e ele disse que sim mesmo comendo pão e tomando café, deu as costas.

Saí triste liguei para a diretora da quinta GERES Doutora Catarina que me atendeu muito bem e me passou telefone de algumas pessoas do DETRAN onde liguei para contar o fato.

O que mais me deixou revoltado foi que nesta segunda 27 de junho chega uma notificação de suspensão da minha carteira de habilitação , multa de RS 1.915,00 informando que eu estava na mesma hora e local do fato dando cavalo de pau e cantando pneus na praça do relógio.

O agente desonesto, além de não ser educado ainda anotou minha placa e inventou uma das piores multas dadas a um ser humano. Já falei com umas 5 pessoas do DETRAN e se for preciso falarei com outras mil para ficar cara a cara com esse agente pois tendo essa oportunidade irei falar a seguinte frase.... DEUS TE ABENÇOE.

Falo esse fato para não dar uma de coitado, apenas para alertar e dizer que devemos lutar por nossos direitos e o fato de ser radialista do programa de grande audiência na região eu preso por honestidade.....não aceitando regalias de nada pq não somos melhores que ninguém justamente para cobrar o correto é tentar melhores dias para todos nós. Agradeço a compreensão a todos vocês e podem ter certeza que apesar desses péssimos exemplos não desistirei. Obrigado a todos." 

*Foto 1: Eduardo Peixoto, 2: viatura do Detran numa ultrapassagem proibida (blog de Carlos Eugênio), 3: boleto da referida multa.

6 comentários:

  1. O Artigo 175 do CTB não fala em dar cavalo de pau, mas sim em cantar pneu. Se ele se estressou com os caras e saiu arrancando então, já era.

    Isso é só mais um exemplo do que eu falo todo dia aqui e em outros lugares, o estado rascunho de ditadura, criminalizando qualquer bobagem que nós possamos fazer!

    Quem defende a esquerda, o estatismo, não pode reclamar desse tipo de coisa, pois isso aí é ESTATISMO NA PRÁTICA!!!

    ResponderExcluir
  2. Note pra lasca nesse cara processe ele esses agentes querem ser o dono de tudo esses idiotas..

    ResponderExcluir
  3. O Detran, após verificar os fatos e ouvir testemunhas e se possível imagens, constatando o abuso de autoridade, poderia dar um bom exemplo é transferir esse babaca para o ponto mais distante de Garanhuns possível, talvez Araripina ou Petrolina, e mostrar que ninguém está acima da lei.

    ResponderExcluir
  4. Eu penso que esse agente do DETRAN deveria responder um processo administrativo para exoneração. O individuo se utiliza da função para atingir qualquer um que questione sua conduta. Tem mais é que se lascar.

    ResponderExcluir
  5. O povo aqui gosta de falar merda sem saber o que está dizendo...


    1 - não sabem se a multa foi correta ou não...

    2 - não sabem de nada sobre processos administrativos...

    3 - não sabem que jornalista não merece confiança nenhuma ainda mais quando está querendo usar sua profissão para se safar de uma multa.

    ResponderExcluir
  6. Eu estava fora de Garanhuns quando este fato, noticiado pelo meu irmão, Júnior Almeida, aconteceu. Acredito em cada palavra de Eduardo Peixoto, sei do seu profissionalismo e tenho certeza de que ele não iria usar a profissão para se livrar de uma multa. Todos nós estamos acostumados com o abuso dessas pretensas autoridades. Há pouco tempo mesmo, um guarda municipal multou meu filho, que estava em meu carro, por "estacionamento em fila dupla". Na verdade ele não estacionou o veículo. Parou perto do ponto de táxi de Ferreira Costa para que sua esposa, com um bebê de colo pudesse descer e rapidamente saiu do local, sem nem ao menos tirar a mão da direção. Gostaria de ter feito como Eduardo e se pudesse levaria ao conhecimento público o nome do sujeito que abusou do poder. Um funcionário público que age assim é tão safado quanto Eduardo Cunha.

    ResponderExcluir