Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

quarta-feira, 29 de junho de 2016

LEITOR DENUNCIA COMPESA POR CRIME AMBIENTAL

Por Adelson do Vale

Uma lagoa de esgoto sanitário, que fica localizada próxima a Vila Lacerdópolis e Vila do Quartel, transbordou há cerca de 20 dias, causando dano ambiental aos proprietários da Chácara  Recanto dos Netos, no Loteamento Vilagem em Garanhuns. O prejuízo financeiro está sendo calculado, pelo menos um plantio de repolho entre outras hortaliças e todas as águas da propriedade, estão poluídas, uma nascente, um pequeno açude e um barreiro estão com águas impropria para consumo humano e uso na irrigação.

A lagoa foi construída pela Compesa, que faz monitoramento constante na tentativa de evitar danos ambientais e prejuízos financeiros aos moradores daquela localidade, muito embora não é a primeira vez que acidentes dessa natureza acontece, e tem causado preocupações por parte de proprietários dos  sítios e chácaras que ficam localizadas próximas da lagoa.

Os moradores se queixam que o problema, vem acontecendo, por falta de manutenção, pois as caixas de esgotos que recebe o material levando os mesmos, para a lagoa ficam obstruídas, por falta de manutenção que segundo eles, os funcionários da Compesa, deve ter esses cuidados diariamente, e principalmente nessa época do ano quando as  chuvas contribuem ainda mais,  para o agravamento do problema.

 Uma queixa foi registrada na Vigilância Sanitária Municipal, tendo a mesma visitado a localidade onde se encontra a lagoa, outra queixa foi registrada na CPRH, para que sejam tomadas as devidas providencias. Todas as vezes quando isso acontece, a Compesa reconhecendo a gravidade do problema, paga uma indenização aos moradores que foram prejudicados, mas nesses casos, não há valor financeiro que pague por um impacto ambiental nessas proporções, e ainda  uma propriedade que produz hortaliças e frutas, para a sobrevivência das famílias que lá residem.


Pois a chácara Recanto dos Netos, só pode voltar a produzir alimentos, quando as análises de solo e das águas que foram poluídas, voltarem a normalidade, sem causar nenhum risco a saúde dos moradores e do consumidor que compra esses produtos nas feiras livres e mercadinhos da região. Para os técnicos especializados no assunto, já que essa estação de tratamento de esgotos continua sem solução definitiva, melhor que seja transferida para outra região e mesmo assim que ofereça segurança ao meio ambiente.

*Foto meramente ilustrativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário