Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sexta-feira, 27 de maio de 2016

OAB DE PERNAMBUCO REPUDIA CASO DE ESTUPRO COLETIVO QUE ACONTECEU NO RIO DE JANEIRO

A  OAB PE, por sua diretoria, conselho e comissões, vem publicamente manifestar seu mais profundo repúdio ao ato de barbárie extrema cometido contra jovem de 16 anos de uma comunidade da zona oeste do Rio de Janeiro.

Além da abjeta violência sexual coletiva, praticada por mais de 30 homens, a jovem foi ainda vítima de humilhação e escárnio públicos pela divulgação de sua imagem e sofrimento na internet e nas redes sociais, atitude que revela a confiança de seus agressores na impunidade,  deixando à mostra que a cultura do estupro, lamentavelmente, ainda é uma cruel realidade no País.

Os dados são alarmantes. O Brasil ocupa a vexatória quinta posição entre os países mais violentos no mundo com as mulheres. A cada 11 minutos, uma mulher é estuprada, segundo os dados mais recentes de 2014, ano em que foram registrados 47.646 estupros no Brasil.

Há exatamente um ano, teve repercussão outro caso de estupro coletivo contra mulheres. Em 27 de maio de 2015, quatro adolescentes do Piauí foram agredidas, estupradas e cruelmente atiradas de um penhasco de aproximadamente sete metros de altura. Uma das jovens violentadas, Danielly Rodrigues, de 17 anos, após ter sido submetida a três cirurgias, faleceu.

É estarrecedor e sob nenhuma hipótese pode ser admitida qualquer tentativa de justificar a brutalidade dos atos pela mínima culpabilização das vítimas.
A OAB-PE, nesse grave momento de comoção social, registra sua solidariedade à vítima e sua família, reiterando seu compromisso de combater diuturnamente o preconceito e a violência  contra a mulher e atuar em auxílio das autoridades competentes, ao tempo em que conclama toda a advocacia, poderes públicos e a sociedade civil para somar esforços nessa luta urgente contra a cultura do estupro.

Ronnie Preuss Duarte
Presidente OAB-PE

Leonardo Accioly
Vice-presidente OAB-PE

Fernando Ribeiro Lins
Secretário-geral OAB-PE

Luciana Brasileiro
Secretária-geral Adjunta OAB-PE

Silvia Nogueira
Tesoureira OAB-PE

Fernanda Maranhão

Comissão da Mulher Advogada OAB-PE

*Foto: veja.com

6 comentários:

  1. A HIPOCRISIA da sociedade!!!

    O Deputado Jair Bolsonaro tem um projeto de lei tramitando na Câmara que agrava as penas de Estupro e condiciona o direito ao Semi-aberto, contanto que o Estuprador condenado realize uma Castração Química para perder o apetite sexual.

    O mesmo deputado tem um projeto de lei que propõe que Estupradores menores de idade percam a menoridade penal automaticamente em caso de estupro e outros crimes hediondos!

    Os dois projetos estão na berlinda ha anos porque o PT e a Esquerda não deixam o projeto andar.

    Depois o próprio PT e a ESQUERDA vem gritar histericamente CONTRA os estupros!

    Aí pergunto: "Como não mandar o PT e a ESQUERDA tomarem naquele canto?"

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. A Globo repete até gravar na cabeça dos BOVINOS DA ESQUERDA.....


    CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO CULTURA DO ESTUPRO

    ResponderExcluir
  4. José Fernandes Costa28 de maio de 2016 01:19

    Para esses maus elementos drogados e cruéis, só pode haver uma pena: - SEREM TORTURADOS ATÉ A MORTE!! - MATAR DEVAGARINHO!! - A CADA SESSÃO DE TORTURA, PRONUNCIA UMA FRASE DELES. - UM POR UMA TÊM DE MORRER LOGO. /.

    ResponderExcluir
  5. OK. E quando é de uma só mulher, sem essa repercussão toda??? As pessoas são hipócritas e nem percebem...

    ResponderExcluir