Natal de Garanhuns

Natal de Garanhuns
A Magia do Natal

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

domingo, 22 de maio de 2016

MICHEL ZAIDAN REVELA QUEM INDICOU O DEPUTADO MENDONÇA FILHO PARA O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO


Por Michel Zaidan Filho*

Permaneci esse tempo todo intrigado com o modo como foi indicado o deputado pernambucano José Mendonça Filho (o "Mendoncinha") para o Ministério da Educação.

No início, pensei que fosse uma retribuição pelo seu ingente trabalho conspiratório contra a Presidente da República, mesmo desmerecendo com isso a importância da Educação, nesse ministério de "homens, brancos e ricos", como disse a nossa Presidenta.

Conheço o deputado pernambucano há vários anos, mas nunca tinha visto nele nenhuma vocação especial para tratar de políticas públicas para a Educação. "Mendoncinha" é natural de Belo Jardim (PE) e filho de um ex-deputado do PFL, José Mendo Bezerra. É casado com a filha do genro do coronel Chico Heráclito, de Limoeiro, e senador biônico, Marcos Vinícius Vilaça, que apesar de posar de literato e intelectual, nunca se referiu ao genro, de maneira intelectualmente elogiosa.

Há pouco, descobri através de uma das minhas leitoras que ele tinha sido professor dela. E ótimo professor! Fiquei matutando que disciplina o colega de Belo Jardim teria lecionado. Depois descobri que ele tinha sido presidente de uma Associação de Avicultores. Daí passei a achar que ele tivesse conhecimentos de galináceos e seus correlatos.

O colega foi duas vezes à Pós-graduação de Ciência Política, a meu convite. Mas foi "puxado" pelo seu tio, o saudoso empresário Edson Moura Mororó, de quem me considerei amigo até o dia de sua morte. Foi Dr. Edson quem rebocou o sobrinho (como faria com o ex-senador Marco Maciel) a atender o meu convite. Em nenhuma das vezes, o deputado do DEM (e conspirador) demonstrou dotes oratórios, intelectuais ou mesmo políticos; chegou a mostrar nervosismo e derramar uma xícara de café. Depois disso, Mendoncinha não voltaria a aceitar nenhum convite para ir ao Programa, apesar das promessas...

Qual não foi, então, a minha surpresa quando soube de sua nomeação pelo usurpador interino para Ministro da Educação!  E, por extensão, da Cultura. Fiquei pensando: cultura avícola? Ou quem sabe lupina? -  Agora vem o esclarecimento que foi o empresário dos serviços educacionais, Janguiê Diniz, dono da Faculdade Maurício de Nassau, quem bancou a indicação do nome de José Mendonça Filho para o Ministério da Educação!

Mais ainda, o empresário educacional conseguiu também emplacar o nome do economista Maurício Romão para a Secretaria de regulação e supervisão, do MEC, órgão responsável pela licença e autorização para funcionamento de novos cursos. Vocês imaginem como é colocar uma raposa no galinheiro e avaliem o resultado dessa astuta operação: o dono da faculdade privada interfere diretamente no órgão responsável pela fiscalização do seu negócio!

Não foi à-toa que o ministro interino entrou com uma ação no STF para derrubar as cotas dos estudantes nos cursos superiores públicos e agora se saiu com a ideia extraordinária de autorizar a cobrança de mensalidades nas IESs públicas. Dissipou-se o mistério da indicação do deputado de Belo Jardim: representante de interesses privatistas no Ministério da Educação.

Tal como o da saúde, o deputado Ricardo Barros, quer acabar ou diminuir o SUS, atendendo ao pedido das empresas privadas de Saúde. E o das cidades, o menudo Bruno Araújo, pretende acabar ou diminuir com o programa de habitação popular. E o do Desenvolvimento Social, ansioso em acabar ou diminuir as políticas compensatórias de redistribuição de renda. E o das Relações Exteriores, acabar com a política externa multilateral, sul-sul, do governo LULA, para voltar à subserviência do Brasil aos interesses norte-americanos.

Esse ministério não é só de homens, brancos e ricos. Ele é o ministério da privatização grosseira, brutal, antipopular e antinacional. Perguntaram-me porque tantos pernambucanos estavam nesse ministério do temerário amigo de Eduardo Cunha, o desventuroso. A explicação é uma só: troca-troca, compra e venda, fisiologismo puro. Nunca ficou tão clara e revelada a vocação desses políticos provincianos em vender o apoio - para causas tão deprimentes - em troca de alguma visibilidade, de alguma notabilidade, mesmo às custas de um golpe e da destruição das políticas redistributivas.


Não se preocupam com nada, nem com ninguém. Só com os cargos e os dividendos políticos que ele podem trazer. Lamentável essa crise de representação parlamentar. Ela só contribui para aumentar a descrença do cidadão comum nos políticos e pavimentar a estrada para os aventureiros de toda estirpe.

*Michel Zaidan Filho é garanhuense, professor da Universidade Federal de Pernambuco e Cientista Político.

31 comentários:

  1. Respostas
    1. Quando o PFL de José Jorge de Vasconcelos afirmaram e taxaram o Lula de AÉBRIO,ALCOOLATRA,INCOMPETENTE,o cara comprou uma AVIÃO que ele taxou de AEROLULA o mesmo foi pra China e India as duas mairores populações do mundo com mais de 2,3 bilhões de pessoas e as RESERVAS CAMBIAIS DO BRASIL que eram em 2002 de 57 BILHÕES DE DÓLARES foram hoje para mais de 370 BILHÕES de DólarES,vem o PSDB E PFL com o PMDB e praticam um GOLPE NO BRASIL tomando de assalto um governo POPULAR.Eles pensam que os assaltos aos cofres públicos do Brasil tem origem no PT.Vão quebrar a cara,MENDONÇA FILHO,MICHEL TEMER E EDUARDO CUNHA,os três maiores golpistas do Brasil.

      Excluir
  2. Meu Deus! Que loucura! Esse Michel Zaidan só pode ser um alucinado! Visão reacionária e sectária. Surreal o pensamento dessa criatura. Muito temerário ter pessoas assim numa universidade, um lugar que era pra ser de produção de conhecimento E nnão de devaneios de ordem ideológica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ANÔNIMO DAS 10:54h.

      Não é loucura.A Universidade não é um lugar que era para ser de produção de conhecimento.Ela tem que ser de tudo um pouco.Nunca foi nunca deverá ser de devaneios de ordem ideológica.

      Menos de 15% dos jovens brasileiro entraram nas Universidades até 1994.Em 8 anos FHC do PSDB e MARCO MACIEL DO PFL nenhuma Universidade Federal foi construída.Em 13 anos de PT do Lula e da Dilma foram 19 Universidades Federais.Vem esse Mendonça Filho já fala em privatizar o ensino brasileiro.Burrice e incompetência.

      Até 1999 uma Professora primária ganhava em média R$ 50,00.Em 1999 passou para R$ 210,00.Em 2008 o Lula sancionou piso nacional do magistério e essa mesma professora primária na ativa e aposentada passaram a ganhar R$ 950,00.Hoje o piso é de R$ 2.135,64.Mas,anônimo das 10:54h, o ex-secretário de Educação de Pernambuco, José Jorge de Vasconcelos,ex-deputado e ex-senador e relator do FUNDEF E FUNDEB não escreveu como relator que o piso nacional de salário fosse pago.Ele chegou a dizer que o Brasil não tinha condições de pagar.Que coisa,PFL de Mendonça Filho e cia.

      Pernambuco tem uma tradição de pagar muito mau os salários dos Professores.Esses caras tomaram o governo federal em assaltos com um golpe paraguaio e querem transformar tudo numa gangorra para desmoralizar o Lula e a Dilma do PT. Vão quebrar a cara camboio de corruptos tais são Michel Temer e Eduardo Cunha com toda a cambada que nos vem roubando já faz uns 50 anos de Brasil.

      O Professor está correto e tem conhecimento acadêmico e com conhece as raízes profundas das administrações de Mendonça Filho e Jarbas Vasconcelos quando governaram o Estado por 8 anos acusando Miguel Arraes de Alencar e Eduardo Campos de ladrão e de rei dos precatórios.

      Excluir
    2. Não é loucura mesmo não, hoje exatamente hoje antes de ler essa matéria tive essa informação de uma pessoa que faz parte do MEC, entristecido me disse o respeitado funcionário publico federal " estamos entregue, o que será de nós?". Zaidan teve a coragem !!

      Excluir
  3. Digamos todos nós, os outros. Meu Deus, quantos Mendonças e Brunos, temos neste antro e covil de serpentes, travestidos de homens públicos. Mendonça é exatamente do tamanho que o professor Zaidan descreve. Bruno, conhecido no Câmara Federal pelo codinome de "Carioca", por sempre negar o sotaque nordestino e puxar o "s" como o carioca. A história não os perdoará. Bravo professor Zaidan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre achei esse sotaque dele escroto demais, já que ele é pernambucano. Quer dizer que ele é conhecido por "carioca"? Deve se achar o máximo. uhuhauha

      Excluir
  4. Realmente, apesar de sua vasta cultura esse cidadão se deixa levar pela a fantasia no devaneio da ilusão. Parece entrar em transe ou se transformar em Estado da pessoa que divaga ou se deixa levar pela imaginação, pelas lembranças ou pelos sonhos petistas que tantas decepções nos causou. Que pena professor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheci o Professor Zaidan Filho, de quem fui aluno na minha graduação. Lendo seu texto, vejo que o tempo passou, mas continua sendo a excelência em lucidez no pensamento filosófico, político e cultural.
      O texto de Zaidan nos permite adentrar no lado escuro das negociatas dos bastidores que rondaram o impeachment da Presidenta Dilma, e outros momentos da história política brasileira. Pior: é apenas uma ponta do iceberg o que se revela nesse texto, considerando o tamanho do nosso país.
      Por outro lado, fico me perguntando, qual a razão do anonimato daqueles que querem fazer a critica.
      www.alcinosantos.tumblr.com

      Excluir
  5. PAULO CAMELO, COMENTA: É um professor e intelectual que muito nos honra. Além de ser meu contemporâneo no Colégio XV de Novembro e conterrâneo. Meu amigo Michel, parabéns pelo brilhante artigo. O Ministro das Cidades, o dep. fed. Bruno Araújo, fez um discurso sem saber direito do Programa Minha Casa, Minha Vida. O que dizer do Ministro das Minas e Energia, o dep. fed. Fernando Bezerra Filho. É uma resenha esse nosso Brasil

    ResponderExcluir
  6. Faz todo sentido. Somente isso explica uma nulidade política, um refugo da ditadura e do coronelismo decadente à frente da Educação.

    ResponderExcluir
  7. Loucura e "temerário", é o governo temeroso atual. Com fim da da saúde atual que conhecemos, que se diga de passagem, é ruim. Com o fim da assistência social, o fim de faculdade pública, ensino médio público. Com o fim das alianças entre os países da américa latina. Com um assassino como ministro dos direitos humanos.
    Surreal mesmo é ver todas as atrocidades cometidas por um grupo que não consegue vencer nas urnas e toma o poder baseado em nada com coisa nenhuma.
    Tente rebater o professor com uma retórica melhor. Assistir globo, ler veja e passar o dia vendo bobagens no facebook não te darão o intelecto que pensas que tem.

    ResponderExcluir
  8. Acabou a fonte !!! Simples assim !! Já parou pra pensar nisso ? Sabe de quanto é o rombo nas contas públicas ??

    ResponderExcluir
  9. Acabou a fonte !!! Simples assim !! Já parou pra pensar nisso ? Sabe de quanto é o rombo nas contas públicas ??

    ResponderExcluir
  10. TEM QUE PRIVATIZAR É TUDO!!!

    ESSAS UNIVERSIDADES SÓ SERVEM PARA ESSES PARASITAS FICAREM GANHANDO DINHEIRO PARA CONVERSAR M... O DIA INTEIRA NOS OUVIDOS DOS ALUNOS ATÉ ELES SE CONVERTEREM À RELIGIÃO SATÂNICA ESQUERDISTA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Satanista é vc que não tem argumentos para enfrentar o bom debate.

      Excluir
    2. kkkkkk...satãnistas e esquerdistas são bons argumentos....kkkk

      Excluir
  11. Em diálogos gravados em março, semanas antes da votação na Câmara que desencadeou o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma "mudança" no governo federal resultaria em um pacto para "estancar a sangria" representada pela Operação Lava Jato, que investiga ambos;"Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra. Tem que mudar o governo para estancar essa sangria", diz Jucá; ele fala em construir um pacto nacional "com o Supremo, com tudo"; Machado concorda: "aí parava tudo"; eles disseram ainda que a operação era uma ameaça tanto para PMDB como para o PSDB e que "o único empecilho era o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) "porque o Michel é Eduardo Cunha"; diálogo parece confirmar a tese do escritor Miguel Sousa Tavares de que o impeachment foi uma "assembleia de bandidos, presidida por um bandido, para afastar uma mulher honesta".

    Quando e e nós vimos pela televisão o MALUF dizer,Dilma você é uma mulher HONESTA,voto sim pelo IMPEACHMENT.
    Quando a Mulher do Prefeito de Montes Claros Minas Gerais,dizer no microfone eu voto sim,sim,sim,sim,pela honestidade de meus filhos e meu marido e no outro dia o PREFEITO MARIDO FOI PRESO,isto disse tudo.Foi um GOLPE PARAGUAIO contra nós brasileiros!


    ResponderExcluir
  12. A verdade nua e crua retratado por este texto.

    ResponderExcluir
  13. Por que este fdp que se traveste de anônimo não bota a cara dele? Michael Zaidan seu comentário é o mais lúcido de todos os tempos. Bem escrito, sem paixões, verdadeiro como você. Parabéns amigo.

    ResponderExcluir
  14. Zaidan, como sempre, arguto, informado e sobretudo bem humorado. Valeu, Zaidan!

    ResponderExcluir
  15. José Fernandes Costa24 de maio de 2016 19:03

    Sabedor de que Mendonça Filho (FDP) quer processar o professor Michel Zaidan, apressei-me e vim ler o TEXTO de Michel Zaidan. - Aproveitei e li todos os comentários a respeito!! – 2. Ao ensejo, ASSINO EMBAIXO do TEXTO de Zaidan. – ASSINO E MANDO RECONHECER FIRMA em cartório. – NÃO tiro uma vírgula do que Michel Zaidan escreveu. /.

    ResponderExcluir
  16. O Professor tem direito de puxar sardinha para o seu lado comuna radical!! Não consigo acreditar que o governo Temer irá mudar alguma coisa, mas nada encobre o assistencialismo excessivo sem perspectiva de mudança definitiva e as falcatruas dos desgovernos PeTralhas corruPTos que destruíram o país!! Muita esquerda=corrupção geral, muita direita= anarquia sem existência de governo!!

    ResponderExcluir
  17. O artigo do professor Zaidan é de grande lucidez, pois ele relata o que estava por trás dos interesses dos golpistas, articulados pelo reacionário Cunha e o traidor Temer, que desonram as liberdades democráticas conquistadas com muita luta nos embates contra a ditadura civil-militar de 64. Tanto foi um golpe que o governo foi montado por figuras inexpressivas junto as áreas de atuação dos ministérios, e mais, de pessoas que estão vinculadas a direita que foram derrotadas nas últimas eleições presidenciais, do DEM, PSDB, PSB e outros. Infelizmente junto com esta sanha golpista estão por trás também, a grande mídia reacionária e historicamente golpista e de direita, e boa parte do judiciário, que passa por cima da constituição e da legislação, que está articulada com essas forças políticas e que são conservadores e promovem a leviandade e se utilizam arbitrariamente do "poder" para julgar e condenar sem provas, mas que por trás do seu ato tem o ódio de classe, pois se colocam como representantes das elites do país. Isso não quer dizer que o PT não tenha cometido erros, que prá mim o maior dele foi fazer alianças com esses sertores da direita reacinonária e golpista, deixando de ampliar as políticas de reforma agrária, reforma tributária, reforma urbana, políticas de ampliação dos direitos dos trabalhadores e de defesa de um meio meio ambiente mais preservado, entre outras. Mas o ódio das elites contra o PT e as esquerdas não são por conta de seus erros, mas por conta do que fizeram de positivo para os excluídos e na ampliação das políticas públicas de educação e saúde, com ampliação das universidades federais e os institutos técnicos, além dos programas de assistência técnica para a agricultura familiar, maior integração do Brasil com os países da América Latina, etc. Parabéns professor Zaidan! I

    ResponderExcluir
  18. Muito esclarecedor, importante que todos repliquem essa matéria.

    ResponderExcluir
  19. Matéria muito interessante. Nós educadores que nunca ouvimos falar desse atual ministro da educação, nem mesmo quando morreu em Recife. Mais a verdade é que esse governo e de uma péssima qualidade e por isso de tão baixa qualidade for corruptos e bandidos auxiliares.

    ResponderExcluir
  20. Um TEXTO que ficará para a história do pais.Em 22 de setembro já estamos sentindo para que veio o Mendonça Filho.Ele não será um grande ministro e já começa a botar as barbas de molho.Palavra de Professor.

    ResponderExcluir
  21. Belíssimo artigo do Professor Michel Parabéns, é pena que não será difundido nos meios televisivos.

    ResponderExcluir
  22. As verdades acima estão sendo aos poucos se tornando uma realidade diante dos fatos ocorridos ultimamente.É preciso ter prudência no que faz e no que diz,Ministro Mendonça Filho! Foi o Ministro que teve a triste ideia de criar a REELEIÇÃO do poder executivo sem regra nenhuma o que levou os prefeitos e os demais a colocarem os seus laranjas para governar.

    ResponderExcluir