Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

segunda-feira, 16 de maio de 2016

MALAFAIA APLAUDE FIM DO MINISTÉRIO DA CULTURA

O polêmico pastor Silas Malafaia, conhecido por suas posições conservadoras, aplaudiu a iniciativa do presidente Michel Temer de extinguir o Ministério da Cultura. Segundo o deputado e líder religioso, o setor servia de “ninho dos esquerdopatas, que estão reclamando porque acabaram algumas mamatas".

Ao contrário do pastor, o ex-deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT), criticou a extinção do Ministério da Cultura e entregou o cargo de presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), ligada ao ministério da Educação, comandado por Mendonça Filho.

Paulo Rubem justificou sua saída alegando que o governo de Michel Temer é ilegítimo, pois o gestor não foi escolhido pela população brasileira para governar o país.

*Foto reproduzida do Diario de Pernambuco.

9 comentários:

  1. Essa fundarj é outea porcaria que deveria ser extinta. Só serve como cabide de emprego de petralhas!

    ResponderExcluir
  2. Conheço várias produções, inclusive várias vídeos aulas sobre história, produzidos pela FUNDARJ.

    ResponderExcluir
  3. Eu to torcendo para que Temer corte centenas de cargos e fundações que so serve para sustentar vagabundo e nao fazem nada...

    ResponderExcluir
  4. Esse Salas e um aloprado, cheira enxofre.

    ResponderExcluir
  5. Isso é um palhaço explorador da fé alheia

    ResponderExcluir
  6. Aqueles que acham que à mudança de governo foi bom, deixem pra tirar suas conclusões mais tarde! !!!

    ResponderExcluir
  7. Aguardem pra ver o resultado da mudança! !!

    ResponderExcluir
  8. Aqueles que acham que à mudança de governo foi bom, deixem pra tirar suas conclusões mais tarde! !!!

    ResponderExcluir
  9. Este homem é um falso profeta. Como diferenciar um falso profeta?
    Observando suas ações. Arrogância, espírito de perseguição, vaidade, riqueza, e outras características identificadas neste homem mostram que ele é um falso profeta. Não tire suas conclusões agora, só observe o mesmo.

    ResponderExcluir