SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quarta-feira, 20 de abril de 2016

QUEM DERRUBOU DILMA?


Por Altamir Pinheiro

Caiu por quê?! Por que caiu?! Quem a derrubou, hein?! A INTERNET, claro!!! As redes sociais, ora bolas!!! A propósito, em que pese ter sido um beneficiário emérito da chamada grande imprensa, o metalúrgico Lula, hoje, o eterno ministro da Casa Civil SUB JUDICE, pecou por excesso de arrogância nesses últimos dez anos, por chacoalhar e meter a ripa na imprensa sem dó nem piedade nessa mesma imprensa que tanto lhe estendeu à mão. Magoado, ou até quem sabe, se achando o rei da cocada preta, o ex-presidente desdenhou e muito dos meios de comunicação sem medir as consequências nem muito menos se dar conta que estava tascando a mão em um buliçoso vespeiro chamado imprensa. Alega-se isso em razão de, em países que seu povo convive em saudável estado democrático de direito, a tal imprensa é considerada como o “QUARTO PODER” da República e revoguem-se as disposições em contrário.

Se já não bastasse a imprensa, outros itens primordiais também contribuíram para apressar à queda da presidente. Entre tantos, houve um destaque maior do bolsa família, programa pago indevidamente(sem lastros)  pelos bancos estatais,  PIVOR DAS PEDALADAS FISCAIS e peça jurídica vital que abrira as porteiras para Miguel Reale Jr., Hélio Bicudo e Janaína Paschoal, que protocolaram um pedido de impeachment na câmara dos deputados. Justamente aquele mecanismo que teve participação efetiva elegendo-a em duas oportunidades, principalmente àqueles eleitores beneficiários localizados no Semiárido nordestino, Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais e os eleitores de classes menos favorecidas, geralmente, moradores das periferias dos grandes centros populacionais.

Desde quando fora eleita pela primeira vez, em 2010, a presidente Dilma Vana Rousseff sempre se comportou, bovinamente, como carta fora do baralho pelos caciques do PT e dos partidos que faziam parte de um ajuntamento político em torno daquele aglomerado de siglas. Dilma foi apenas instrumento de permanência de poder lá no planalto. A preocupação do PT nunca foi com Dilma, mas com um projeto de governo, um projeto de poder. Todas as atenções do BUNKER do PT sempre estiveram voltadas para o Lula e jamais para a presidente eleita. Na reta final do impeachment, Dilma, isolada, parecia mais um ônibus quebrado da JOTUDE, só tinha desembarque. E haja passageiros do PP, PR, PSD, e PRB, que desembarcavam daquela lata velha da JUTUDE.

Em se tratando, ainda, de imprensa, o tempo é senhor da razão. Senão vejamos: no voto do então deputado mineiro Nilmário Miranda do PT, em 1992, no impeachment de Collor de Mello, sua declaração de voto naquela oportunidade foi esta: “PELOS JORNALISTAS BRASILEIROS QUE AJUDARAM  A CONSTRUIR ESSE MOMENTO, VOTO SIM”. Agora, esse mesmo Nilmário, que hoje é secretário de direitos humanos em Minas Gerais, no FACEBOOK, chama de “MASSACRE MIDIÁTICO” a cobertura da imprensa sobre o impeachment de Dilma.

Tácito, filósofo romano pregava já há dois mil anos que, “QUANTO MAIOR O NÚMERO DE LEIS, MAIS CORRUPTO O ESTADO”. Esta doutrina ora citada tem tudo a ver com a quantidade mínima de artigos constantes na Constituição Federal dos Estados Unidos: apenas 7(sete) e lá se vão 230 anos de promulgada(a mais antiga do mundo em vigor). Portanto, mesmo tendo sido a presidente Dilma autora de uma lei ANTICORRUPÇÃO, donde, fora criado e estabelecido uma grande quantidade de artigos, alíneas, parágrafos e incisos. Deduz-se que ela tenha caído justamente na sua própria teia de aranha, não por um impeachment de caso político; como também por um impeachment de fato jurídico propriamente dito; porém, a queda acachapante e avassaladora da presidente Dilma tenha sido movida por uma questão ética. Por isso, particularmente, não abro mão em afirmar por entender que, Dona Dilma, caiu, em razão de ter havido um processo 3 X 1(três em um). Ou seja, houve um ATO político; um FATO jurídico; além de uma QUESTÃO moral!!!

Diante de toda essa bagaceira, Inocentemente ou por excesso de otimismo, Lula  indicou uma pessoa totalmente despreparada  que sequer consegue falar, quanto mais pensar, para comandar um país de dimensões continentais e uma das maiores economias do mundo, aí deu no que deu... A tragédia atingiu proporções tamanha que, um animal político do naipe do Lula que se tornou sem sombras de dúvidas, o Pelé do PT, teve sua biografia manchada e  jogada na lama. Tendo como única  responsável, mesmo que indiretamente por tudo isso, não se  tem outra criatura a apontar a não ser a presidente Dilma Rousseff.


Referindo-se a nação petista, ninguém declarou ainda, talvez por pena, mas o principal derrotado com o resultado acachapante do impeachment na câmara  e o avanço que vem sofrendo  no senado essa pessoa  é Lula. Que o PT queira aceitar ou não, o impeachment de Dilma é considerado a maior derrota de Lula. Na verdade, o maior líder de esquerda surgido na América Latina nos últimos 30 anos, sofreu a derrota mais humilhante de toda sua carreira e deve ser enterrado junto com Dilma e todos os caciques que respondem processos ou estão presos em razão da operação lava jato. A criatura ora  impichada, com sua arrogância e intolerância(mesmo nada tendo a perder), leva junto seu criador, que agora vai voltar para os braços do Juiz Sérgio  Moro. Tudo isso podemos chamar de  crônica de uma queda anunciada, donde, Lula caiu do pedestal. E o pior: tombou sozinho...

17 comentários:

  1. O jornalista Roberto Almeida já disse aqui neste mesmo espaço. Quando esse cara quer escrever, mata a pau!

    ResponderExcluir
  2. Eu acompanho o blog de Roberto a mais de 5 anos e sempre gostei dos comentario de altamir pinheiro. A muito tempo que ele diz que a Dilma vai cair e o Lula vai se lascar. Acertou na veia ta de parabens. Os perdedores que se conforme e aceite que doe menos.

    ResponderExcluir
  3. Fim da era petista. Até que fim. Que os anjos diga amem.

    ResponderExcluir

  4. AS PEDALADAS E OS CRÉDITOS EMITIDOS FORAM SIM REPROVADOS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO,MAS A CÂMARA FEDERAL E O SENADO FEDERAL NÃO REJEITARAM EM VOTAÇÕES PELOS DEPUTADOS E SENADORES.

    PORTANTO, NÃO HÁ NO MOMENTO CRIME DE RESPONSABILIDADE.E QUAL FOI o CRIME QUE ELA COMETEU SE FHC PAGOU TODAS AS SUAS PEDALADAS E SEUS CRÉDITOS, 16 GOVERNADORES TAMBÉM PRATICARAM PEDALADAS E CRÉDITOS E LULA NOS 8 ANOS TAMBÉM.

    FOI MUITO FEIO UM VICE PRESIDENTE DA REPÚBLICA DAR UM GOLPE NUMA MULHER QUE LHE TRATOU MUITO BEM LHE DANDO TOTAL E INTEIRA FIDELIDADE JAMAIS VISTo ENTRE UM CHEFE DE ESTADO.

    SUA EXCELÊNCIA,MICHEL TEMER,CUSPISTE NO PRATO QUE COMESTE,PUSESTE DE MOLHO PARA TODO O MUNDO QUE VICE NÃO SERVE PARA NADA A NÃO SER TRAIR OS SEUS CHEFES OU CHEFAS.

    AGORA SIM,CANDIDATOS A PREFEITOS E GOVERNADORES E PRESIDENTE DA REPÚBLICA SOMENTE DEVERÃO COLOCAR COM0 VICE SUAS ESPOSAS,SOBRINHOS E SEUS IRMÃO E FILHOS PORQUE DIFICILMENTE TRAEM E SÃO TRAÍDOS.

    DEVERIAS TER ABERTO O JOGO ASSIM DIANTE DO LULA E DA DILMA: VOCÊS ME APOIAM A PRESIDENTE EM 2018? CASO NÃO, SUA EXCELÊNCIA DEVERIA TER DITO A NAÇÃO BRASILEIRA QUE,NÃO TENDO VEZ EU ESTOU ME DESPEDINDO DO GOVERNO E ASSIM NINGUÉM LHE CHAMARIA DE TRAIDOR E GOLPISTA.

    O NORDESTE NÃO TE PERDOARÁ JAMAIS E MUITO MENOS AS MULHERES E OS HOMENS DE BEM DO BRASIL! O PIOR DOS DEFEITOS DE UM HOMEM É A INGRATIDÃO QUE DESPREZA HOJE QUEM LHE DEU AMOR E CARINHO!

    PROFESSOR -ZECA BARBOSA -LAGOA DO OURO-PE.

    ResponderExcluir
  5. RESPONDENDO AO Anônimo 20 de abril de 2016 11:22,

    NÃO SE TRATA DE MATAR A PAU, ISSO OU AQUILO!!! TALVEZ, ANÔNIMO, ESTÁ FALTANDO EM VOCÊ UMA PERCEPÇÃO MAIS AGUÇADA OU SER MAIS INTELIGENTE E PERSPICAZ PARA DISTINGUIR OU SE APERCEBER QUE: MUITOS DOS MEUS COMENTÁRIOS TÊM UM SENTIDO PROVOCATIVO. O ENDEREÇO DELES É ÚNICO E EXCLUSIVO PARA OS PETRALHAS MORTADELAS QUE SÃO FERRADOS NAS "BOCHECHAS" FEITO GADO COM O NUMERAL 367... TCHAU QUERIDA!!!

    ResponderExcluir
  6. ..........AS PEDALADAS E OS CRÉDITOS EMITIDOS FORAM SIM REPROVADOS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO... Esse professor aloprado está mentindo descaradamente e propositalmente aos leitores do blog de Roberto Almeida... Vou corrigir a mentira desavergonhada e deslavada do professor mortadela. As pedaladas não foram REPROVADAS, como diz o professor Rolando Lero de Lagoa do Ouro, muito pelo contrário: as pedaladas foram APROVADAS pelo TCU pelo placar de 9 X 0. Isso mesmo 9 X 0, por unanimidade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OPERAÇÃO LAVA JATO.

      Como funcionava o esquema

      1 - PROPINAS

      Segundo o Ministério Público Federal, diretores e funcionários da Petrobras cobravam propina de empreiteiras e outros fornecedores para facilitar seus negócios com a estatal.

      2 - CONTRATOS SUPERFATURADOS

      Os contratos dessas empresas com a Petrobras eram superfaturados para permitir o desvio de dinheiro dos cofres da estatal para os benefíciários do esquema.

      3 - OPERADORES

      Parte do dinheiro recebido pelos fornecedores da Petrobras foi desviada para lobistas, doleiros e outros operadores encarregados de repassá-lo a políticos e funcionários públicos.

      4 - PARTIDOS POLÍTICOS.

      Segundo o Ministério Público, o esquema beneficiava os partidos políticos responsáveis pela indicação dos diretores da Petrobras que colaboravam com o esquema na estatal.

      Graças a Deus e a Jesus Cristo,quem vai nos governar são Michel Temer e Eduardo Cunha ambos do PMDB que é um partido honesto e não nenhum dos seus políticos envolvidos nela.Agora vai um fim essa operação vazajato.

      Excluir
    2. Todas as pedaladas e os créditos suplementares foram aprovados pelo Tribunal de Contas da União nos governos FHC e Lula.

      Todas as pedaladas e os créditos suplementares foram reprovados pelo Tribunal de Contas da União no governo da Dilma.

      Os Conselheiros enviam seus pareceres para que as Câmaras Municipais ou Federal,Senado e Assembleias Legislativas aprovem ou rejeitem tais pareceres.

      Quando eu em 1989 voltei a favor do parecer das prestações de contas pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco e que por unanimidade aprovaram as prestações, o fiz com conhecimento de causa e efeito, mesmo tendo sido muito criticado pelo ex-prefeito de Lagoa do Ouro Joaquim Ferreira do Nascimento. Isto sem receber nenhum picolé e mesmo sendo oposição ao ex-prefeito por 12 anos.

      Excluir
  7. RODRIGO TENÓRIO - CAPOEIRAS20 de abril de 2016 20:54

    ATENÇÃO AINDA NÃO É O FIM ERA PETISTA, E VEJA COMO QUEREM ENTRAR NO PODER TOMANDO APUSO, POIS PELA VONTADE DO POVO ESTÃO LONGE DE ENTRAR NO PODER, E VEJAM 2018 SE APROXIMA, E HOJE LULA ESTÁ E PRIMEIRO LUGAR NAS PESQUISAS PARA O PRÓXIMO PLEITO PRESIDENCIAL. SE LIGA AI PESSOAL.

    ResponderExcluir
  8. POR NÃO TER FICADO COM CÓPIA OU RASCUNHO, NO MEU COMENTÁRIO ANTERIOR DEVO TER CONFUNDIDO AS PALAVRAS APROVADO COM JULGADO. MESMO ASSIM, HÁ INDÍCIOS DE FALCATRUAS. AS TAIS PEDALADAS AINDA NÃO FORAM ANALISADAS PELO SENADO, EM RAZÃO DO QUERIDINHO DO PLANALTO, RENAN CALHEIROS, O ESCONDEDOR DE FALCATRUAS DO PT, NUNCA TEVE INTERESSE DE COLOCÁ-LAS EM PAUTA, HAJA VISTA SABER OU TER CERTEZA QUE TERIA O MESMO DESTINO DO TCU: FALCATRUA(PEDALADAS) PURA!!!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns ao Altamir Pinheiro. Texto que expõe o que houve com esse partido que conseguiu trazer tudo de pior para o Brasil. Fez muita coisa boa, não podemos negar, mas tudo de ruim também trouxe, agora será enterrado e jogado na fossa, lugar de onde nunca deveria ter saído.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os piores erros do PT foi baixar os juros de 25% a.m.para menos de 14,25%a.m.Foi ter elevado a polícia federal de 7.000 para 15.000 homens efetivos.

      Foi ter se juntado aos maiores corruptos do Sarney,Collor,Maluf,Michel Temer,Eduardo Cunha.Todos esses com os seus partidos,PMDB,PTB,PP deram o golpe.Lula errou demais quando se abraçou com Collor em Palmeira dos indios-AL,quando deixou Maluf beijar suas mãos em São Paulo,quando se abraçou e beijou Sarney no Maranhão e quando não apoiou o PMDB do Cunha e Michel Temer e Eduardo para serem seus substitutos em 2018.O feitiço se virou contra o feiticeiro,a criatura se voltou contra o criador e quem com ferro fere termina se ferindo também.Poucos reconhecem os seus próprios erros.

      Excluir
  10. CAPITULO: I -IMPEACHMENT

    Ninguém segura golpe em marcha com discurso
    20 de Abril de 2016


    Quem ganha, governa; quem perde, vai para a oposição.

    Ninguém segura um golpe em marcha com discurso.

    Tudo bem, aconteceu uma vez. Brizola segurou o golpe contra a posse do Jango na vice-presidência depois que Jânio renunciou, em 1961 falando sem parar pelas ondas da rádio Guaíba.

    Mas naquele tempo não havia Rede Globo. E hoje não há Brizola.

    Três anos depois não deu para segurar mais, entretanto. Nem para ele, nem para o presidente Jango que abandonou, em silêncio, a capital da República para tentar resistir ao golpe em Porto Alegre, onde verificou que Inês era morta.

    Getúlio, que era o todo poderoso Getúlio, o maior líder político do Brasil de todos os tempos, depois de calejado em 15 anos no poder – poder absoluto – só evitou o golpe em 1954 dando um tiro no peito.

    Não é fácil, portanto, senão impossível a presidente Dilma resistir ao golpe com discursos ou com denúncias de que seus adversários são conspiradores. Ela tem toda a razão, diga-se, mas não vejo como ela vai evitar o golpe dessa maneira.

    Será que com seus discursos Temer e Cunha vão colocar a mão na consciência e mudar de ideia? “Puxa, ela tem razão, nós somos canalhas, traidores e vamos ocupar o poder de forma ilegítima; vamos desistir dessa aventura”! Somente num stand-up do “Seinfeld” isso seria possível.

    Também não vejo algum sentido nessa proposta “salvadora” que a líder evangélico-bissexta Marina Silva resolveu espalhar aos quatro ventos e que foi adotada por alguns senadores de cujo alto QI não se pode duvidar.

    Mas como levar a sério uma proposta de eleições para presidente em outubro desse ano que precisa ser aprovada no Senado e na Câmara, sendo que estamos praticamente em maio e a votação do impeachment no Senado está marcada para daqui a duas semanas?

    Entra na cabeça de alguém que Eduardo Cunha, que costuma receber o espírito do Tranca-Pauta dia sim, outro também, vai colocar em votação uma proposta que vai impedir que ele assuma o poder em sociedade com o Temer e assim se livrar da Lava Jato, ganhar dois anos de mandato e depois partir para um doce exílio na Suíça?

    De novo, só se Seinfeld interpretasse o pensamento do Cunha: “Ah, sim os senadores têm razão: vamos votar essa proposta de eleições em outubro, pois se eu e o Temer assumirmos vamos passar vergonha no Brasil e no mundo e vamos piorar ainda mais o nosso país e vamos deixar que outros ganhem, pois numa eleição direta a gente não ganha mesmo, as pessoas não gostam da gente tanto assim”.

    Se não bastasse isso, haveria tempo hábil para escolher candidatos, fazer convenções e campanha a essa altura sem que isso parecesse casuísmo?

    Ora, ora, ora. Já sabíamos que a oposição a Dilma é formada por pernas de pau, cabeças de bagre, oportunistas, hipócritas, despreparados, ridículos, corruptos, canalhas, traidores do povo etc, mas era de se esperar que o lado de cá não baixasse o nível ao patamar deles.

    O fato é o seguinte: impeachment, golpe ou conspiração, seja o nome que for, os vilões ganharam no voto. “Ah, mas eles marcaram gol de mão, cometeram pênalti que o juíz não marcou, fizeram cêra, foram truculentos, não mereceram ganhar”. Tudo isso é verdade. Mas fizeram os gols. Alguém já viu um jogo de futebol ser anulado depois de proclamado o resultado? Nem aqui nem na China.

    ResponderExcluir
  11. CAPÍTULO: II -IMPEACHMENT .


    O PT teve votos nas ruas em 2014, mas não teve na Câmara em 2016. Ponto. Reclamar do juiz não adianta mais.

    O governo terá votos no Senado? Tudo indica que não, pois apesar de os senadores não serem tão inconsequentes quanto os deputados – duvido que vão aparecer cobertos com bandeiras de alguma cor, ou mostrar cartazes para as câmeras ou dedicar seus votos a Deus – os partidos são os mesmos da Câmara, os mesmos que um dia estiveram no governo e o traíram na Câmara. Se o traíram na Câmara, é mais coerente acreditar que vão trair também no Senado. Afinal, como todos sabem, “trair e coçar é só começar”.

    Nos próximos dias vamos ouvir aquelas velhas bravatas: “No Senado, não”! “A luta apenas começou”! “Daqui pra frente tudo vai ser diferente”!

    Palavras, palavras. Ou alguém pretende colocar o Exército na rua? Ou pegar em armas? Certeza que não.

    A essa altura ninguém mais convence ninguém com argumentos. “Ah, mas a presidente é honrada e não cometeu crime de responsabilidade”. Claro que não cometeu. Mas, se o outro lado, que tem mais votos, diz que cometeu, fica a palavra de um lado contra outro. Eles são políticos. E políticos nunca vão fazer um julgamento jurídico, pois não são juristas. Por mais que a constituição garanta que o impeachment é um troço jurídico-político.

    Juristas têm por objetivo fazer justiça. Políticos, no entanto, têm por objetivo chegar ao poder.

    Mas... e o STF não vai fazer nada? Não vai, não. O STF está lá para fazer cumprir a constituição. E a própria constituição diz que “crime de responsabilidade” justifica impeachment, sem definir muito bem o que é crime de responsabilidade. Se a própria constituição não define, isso quer dizer que cada um interpreta como quiser. E ninguém estará descumprindo a constituição qualquer que seja a sua interpretação.

    Ademais, cá entre nós: todo golpe, como vimos em 1937 e depois em 1964 tem o seu conjunto de leis para justificar qualquer coisa; e, se tem lei, “é legal”.

    Não adianta querer “salvar a nação” do Temer ou do Cunha. Eles são de um partido que nunca chegou à presidência no voto. Se não aproveitarem a oportunidade agora, a próxima talvez só no próximo século.

    Não digo que é para jogar a toalha agora, isso não. Vamos à votação no Senado. Jogo é jogo. Mas, se o resultado for o mesmo da Câmara, Temer e Cunha devem assumir. Por seis escassos meses que seja. Se forem tão inábeis a ponto de pensar que o governo poderá durar dois anos e não apenas seis meses – quem garante que a presidente não volta? – problema deles. Serão enxovalhados e apedrejados da mesma forma que fazem hoje com a presidente Dilma.

    O que o PT poderá fazer será atrapalhar esse governo mequetrefe do mesmo modo que Cunha atrapalhou o de Dilma. Não deixá-lo governar. Se esse “governo” vier com medidas impopulares, será paralisado por greves etc etc. Mas, se o impeachment passar no Senado, eles têm que assumir. Nem que seja para mostrar que são incompetentes e incapazes de tirar o país da recessão e da instabilidade política. É melhor que eles passem por esse vexame do que algum presidente que for eleito graças a essa emenda totalmente sem sentido que a Marina e alguns senadores querem vender como a solução mágica, numa espécie de ação de telemarketing.

    Depois, se Cunha e Temer não caírem fora depois de seis meses, vão cair depois de dois anos. E não vão se reeleger, nem que a vaca tussa. E irão definitivamente para onde já deveriam estar: a lata de lixo da história.

    Alex Solnik é jornalista. Já atuou em publicações como Jornal da Tarde, Istoé, Senhor, Careta, Interview e Manchete. É autor de treze livros, dentre os quais "Porque não deu certo", "O Cofre do Adhemar", "A guerra do apagão", "O domador de sonhos" e "Dragonfly" (lançamento setembro 2016).

    ResponderExcluir
  12. Quem derrubou Dilma? Por que caiu? Caiu por quê?

    Finalmente,o Altamir Pinheiro,escreveu sem ódio e sem medo de ser feliz.

    Quem derrubou a Presidente Dilma foram os traidores, os conspiradores e os golpistas.Somente qualifico assim porque o palácio do Jaburu em Brasília foi o palco das concentrações da sexta-feira para o domingo foram lá.

    Toda a unanimidade é burra.Foi assim com Sarney, com o FHC e com Lula e terminou com a Dilma.PMDB-PSB-PR-PP-PSD-PROS-PR-PRB-PSC-PV e PTN eram todos PT e Dilma com o Lula.

    O eleitorado brasileiro e as lideranças da maioria das cidades do Brasil eram todas LULA-DILMA E PT.Hoje todos se revoltaram contra eles mesmos.Foram nós contra nós mesmos.Traição e golpe é a cara do povo brasileiro.Tudo em nome de DEUS!

    ResponderExcluir
  13. Nenhum administrador público hoje está isento ou blindado contra o grau de corrupção existente nas três esferas de governo,municipal,estadual e federal.

    Nenhum poderá se galgar e bater no peito ou sou honesto,eu sou limpo,eu honro o meu nome,porque tudo ou tudo o que se faz envolve milhões e bilhões e quem ganha todo esse dinheiro são os empresários e empreiteiras.

    É o público sendo ganho pelo privado,é o conluio entre os que ganham licitações e os que doam milhões e bilhões aos partidos e aos políticos.

    Outro erro do PT, da Dilma e do Lula foi aprovar a ação direta de inconstitucionalidade proposta pela OAB e depois a própria OAB estava apoiando do GOLPE.Foi ser contra o engavetamento do GILMAR MENTIRA que disse que o presidente da OAB era petista e que os juízes da suprema corte federal apoiou a Adin.

    O maior pecado e erro que a Dilma cometeu foi em vetar a proposta de emenda a constituição que legalizava todas as doações aos partidos e que 220 deputados federais aprovaram todas as doações.

    Portanto, o PT que foi contra,a Dilma que foi contra deveriam ter seguido o caminha correto que é ser a favor a que empresas e empreiteiras,lobistas e doleiros continuem nos roubando porque em nome DE DEUS o superior aqui na terra somente valha o ladrão.Viva Cunha,viva Michel Temer vocês são homens honestos e o Brasil precisa é de vocês!Parabéns pelo golpe nesta pátria de bananeiras!

    ResponderExcluir