Garanhuns

Garanhuns
Fique em dia com Garanhuns

GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
Presença do Governo no Agreste Meridional

sexta-feira, 22 de abril de 2016

GIVALDO CALADO NÃO GANHA, MAS FAZ ESTRAGO!!!

Por Altamir Pinheiro

É do conhecimento de todos que, o de bem com a vida como também o otimista empresário GIVALDO CALADO, já pertenceu a inúmeros partidos. Hoje, faz parte de uma agremiação política denominada de Partido Progressista (PP). Aliás, o nome vem a calhar!!! Afinal, o positivista e confiante empresário garanhuense é feito o Rei Midas: pois, onde o cara põe à mão, o troço, seja lá o que for, vira ouro!!! É um progressista nato, tem visão futurista ao enxergar o desenvolvimento sustentável a milhares de anos-luz de distância.  

Só que, mesmo assim, ainda acho que Givaldo Calado filiou-se ao partido errado. Explico: por ser um auspicioso e futurista congênito, a filiação partidária à qual ele deveria ter se filiado sem pestanejar deveria ter sido o PFG (Partido Futurista de Garanhuns). Até parece que o enigmático ex-presidente norte-americano John Kennedy cunhou uma frase deslumbrando o horizonte do dono do Garanhuns Palace Hotel, quando afirmou na década de 60, que: “ÀS VEZES É PRECISO PARAR E OLHAR PARA LONGE, PARA PODERMOS ENXERGAR O QUE ESTÁ DIANTE DE NÓS”.  Estra frase se encaixa muito bem na personalidade e no pensamento do competente empreendedor Givaldo Calado, por ser um futurista natural, originário, possuir um faro de cão, olhar de lupa e luz de avião...

Se a eleição fosse hoje seria humanamente impossível com o favoritíssimo de Izaías Régis, o atual prefeito perder o pleito vindouro para a desconhecida, distante e sumida oposição garanhuense (oposição copa do mundo). O atual gestor da Suíça Pernambucana é aquele tipo de prefeito que toda cidade gostaria de tê-lo na administração do seu município. Izaías é um político de visão larga, astuto, “futucador”, pidão,  é um sujeito agradável e ainda por cima tarado pela cidade que comanda, apaixonado e dedicado  pelo que faz, como também  vibrante e cobrador junto ao seu secretariado, além de andar a pé, sozinho, indo ao encontro do cidadão comum nas calçadas e estabelecimento que convive no dia-a-dia nas ruas da cidade, abraça gato e cachorro, pobre e rico, toma cafezinho com a negrada, dá belas risadas, gaitadas estonteantes e berra as quatro cantos do nosso município,  que, quando chegar  ao seu oitavo ano de governo se converterá no melhor prefeito do interior de Pernambuco e o maior da história de Garanhuns de todos os tempos.

Juntando-se todos os componentes que fazem a oposição de Garanhuns (que é feito pé de cobra), eleitoralmente falando, em termos ou quantidade de votos que todos eles, juntos, dizem possuir: cabem dentro de um fusquinha... Para se ter uma ideia, o presidente do DEMOCRATAS, Damásio, sozinho, tem muito mais votos do que se juntar essa ruma de pré-candidatos: Nivaldo, Ivan, Givaldo, Claudomira, não sei mais quem lá, não sei quem lá, não sei quem lá... Porém, mudando de um polo para outro, mas seguindo no mesmo eixo imaginário que me leva as estradas de São Pedro, Miracica e Iratama, cortando pelo Castainho e chegando à sede, Garanhuns, não se há de negar que, no campo da ética e da moralidade e o devido procedimento de todos eles pelo zelo com a coisa pública, até onde se conhece, tem uma meia dúzia entre mulheres e homens daquela frente oposicionista que merece todo o respeito, confiança e admiração de todos nós eleitores. Até onde se sabe são fichas limpas e na própria aparência, um por um, demonstram ser. Até porque, em política, toda e qualquer candidatura deveria se comportar como a mulher de César: não basta ser honesta, deve PARECER honesta também...

Voltando-se ao trator 4 X 4 (com tração nas quatro rodas), eleitoralmente falando,  o demolidor Izaías, candidato à reeleição está  solto na buraqueira, deixaram o cara disparar na catingueira, tá cantando de galo e se a oposição não tomar gosto ou abrir dos olhos, a eleição de Garanhuns vai parecer mais um pleito com candidatura única... Só que, venhamos e convenhamos à patota que defende a candidatura do favorito Izaías Régis, em tom de gaiatice e menosprezo, jocosamente, bradam aos quatro ventos que eles  não têm adversários, sequer reconhecem a candidatura do comunista competente e altamente politizado Paulo Camelo, o prefeiturável que detesta e por isso bate forte  na legião estrangeira.

Em que pese o prefeito ter tomado uma posição firme e sem titubear ao optar pela NÃO realização do FESTIVAL DE JAZZ, por falta de verba, até aí faz de conta que concordamos com o senhor prefeito. Agora, o mal disso tudo é uma cidade, politicamente falando, que mostra não ter adversário à altura para enfrentá-lo nas eleições vindouras, Izaías Régis está defecando na cabeça de todos. Democraticamente ou eleitoralmente, isto é preocupante. Do jeito que todos os candidatos, geralmente, têm seus capatazes e jagunços, como também seus coiteiros e lacaios, Izaías também tem ou os seus... Vejo muitos deles, vangloriarem-se da atitude do nosso prefeito no que diz respeito ao cancelamento do FESTIVAL DE JAZZ e, fazem isso alegremente, divulgam isso com argumentos chulos e desmerecedores, inclusive com chacotas, paspalhices e gracejos.  Crendo ou se achando eles serem a vanguarda da intelectualidade, o suprassumo do pensamento, os representantes da mentalidade independente. Coitados!!! São apenas uns macaquinhos...

Particularmente, o medo que faz dessa oposição INVISÍVEL e que se pela de medo da rua e de gente também, é a vaidade que cada um deles carregam em seus bolsos de suas respectivas algibeiras...  Têm deles que, não tem no cu o que um mosquito faça um lanche, porém, a prepotência e arrogância são tamanhas que parecem mais a Dilma Rousseff IMPICHADA.  Sabemos muito bem que pensar dá trabalho. E não é opcional. Cérebro vazio é a vítima preferida dos discursos sectários. Por falha da criação, a cabeça não possui válvula excretora. Assim, o excremento ideológico vai transformando as cabeças ocas em enormes fossas, se já não bastasse à vaidade de cada um...  Se eu pertencesse a tal frente a minha chapa já estaria fechada, o martelo já teria sido batido: Tratava-se de Givaldo Calado(PP) na cabeça e a atual vice-prefeita (PSB) seria a companheira de chapa do empresário. De um lado teríamos uma mulher, mais uma vez, na vice, quando ela iria explicar aos seus eleitores porque o casamento que ela sacramentou com o senhor Izaías não deu certo. Porque ela se divorciou tão cedo do seu amado Izaías, que pregava em praça pública que era o companheiro dos seus sonhos. O povo quer saber dos pormenores desse divórcio litigioso que voou caco pra tudo quanto é lado!!!

Pois bem!!! Hoje, já um sessentão, com uma experiência contrabalanceada e bastante harmonizada, nunca na história desta cidade, um político esteve tão preparado para segurar nas rédeas da gestão pública e se tornar prefeito de Garanhuns, como o futurista Givaldo Calado. Caso venha a sê-lo, espera-se que não cometa erros infantis de outras campanhas e não pratique política dentro de um laboratório permanecendo sempre dentro de um tubo de ensaio tentando criar fórmulas ou fantasias teóricas quando na prática a teoria é outra. O Jogo é duro; a bocada é quente; porém, o tutano mais saboroso está dentro do osso mais duro. A peleja é difícil, mas não impossível. Apesar de, pessoalmente, achar que: Givaldo Calado NÃO ganha, mas arranha, faz um calo de sangue...

UM ESCLARECIMENTO QUE SE FAZ NECESSÁRIO: -  Se eu fosse o Izaías Régis, candidato à reeleição a prefeito de Garanhuns,  já tinha batido o martelo e o meu candidato a vice-prefeito seria o excêntrico, futurista e moderno empresário de Garanhuns, Givaldo Calado.


ESTE ARTIGO É DE RESPONSABILIDADE ÚNICA E EXCLUSIVA DE QUEM O ASSINA.

5 comentários:

  1. Esse cara, Altamir, é um genio, falou, cara!

    ResponderExcluir
  2. O melhor prefeito de todos os tempos de Garanhuns será e sempre foi AMILCAR DA MOTA VALENÇA. Embora que cada um que administrou a cidade deixou legados. Mas o prefeito Amilcar tinha visão de águia, projetou Garanhuns para os tempos futuros, algo que muitos dos seus sucessores estão longe de superá-lo.
    Podemos citar como exemplo o o antigo Colégio Pe. Agobar Valença, Ao ser construido ocupou um excelente espaço da cidade, com uma grande estrutura, que apesar de ter sido desativado aos poucos, há décadas deu espaço a uma FACULDADE, com possibilidades de expansão, tamanha visão do homem.

    Atualmente nós temos em andamento a construção de um novo colégio municipal Pe. Agobar, no estacionamento do centro administrativo municipal. E por ironia vejamos a diferença de projeto, uma construção simples, com apenas dois pisos, com tamanho bem menor, e com certeza não substituirá o antigo, pois não estará projetado para receber uma grande quantidade de estudantes daqui a 50 anos. Um excelente terreno, numa área nobre sendo novamente desperdiçado com um projeto simples, que poderia ter recebido um investimento grande com um prédio de 3 ou 5 andares para receber pelo menos quatro mil alunos em um único estabelecimento de ensino. Ou seja, Isso sim seria projetar para o futuro o crescimento da cidade.
    São bobagens como essa que vemos que a cidade não oferece desenvolvimento.
    Se estivesse vivo, o prefeito Amilca já teria construído um NOVO CENTRO ADMINISTRATIVO, com uma estrutura de capital, pois capacidade pra isso ele tinha de sobra. Não ficariam alugando prédios caríssimos podendo investir em um patrimônio próprio da prefeitura.

    Ana Maria

    ResponderExcluir
  3. Essa oposição de m... tava merecendo levar um puxão de orelha e a vice atual ta devendo uma explicação ao povo o motivo verdadeiro e não inventado do seu rompimento com o prefeito.

    ResponderExcluir
  4. Givaldo estraga mesmo sem ter voto

    ResponderExcluir
  5. Seria o fim, Givaldo ser prefeito em Garanhuns.
    Verborrágico ao extremo, burguês de carteirinha, sem visão social, etc.
    Garanhuns não merece isso.

    ResponderExcluir